quinta-feira, 22 de outubro de 2015
POESIA SEMPRE!
Leia na íntegra o poema ‘Seios’ da obra inédita A Casa de Almíscar de autoria do poeta e escritor maranhense Fernando Atallaia

SEIOS

Sei dos teus seios a inclinação, a crescente reentrância e o peso do mundo
A raiva/delícia das pequenas interferências a eles feitas
Sei como sabes que eu sei do leite e do agreste do mamilo direito
Sei dos teus seios como da margem sabe o rio: empunhando.

Apunhalando à beleza a superfície  presa pelos muitos silêncios
Alcova solitária aprisionada pelo não ardor
Sei dos teus seios como o último lugar do guerreiro cansado/fatigado pelo tempo
E lamento.
Lamento tão volumosa torre ser jogada as quartas/últimas intenções.


Sei dos teus seios como uma criança sabe dos líquidos da mãe
Da manjedoura aos acesos úteros recalcitrantes
As vulvas batendo às portas, lamentando.

Sei e como sei que estes seios são duas mãos debruçadas para o sim
Um aperto de calçadas onde passam os homens presos pelas repartições
Seios como praças onde os praças exibem olhares para as blusinhas da Gonçalves

Sei como sei dos dias. Um poeta vislumbrando esse universo tenro de chão em chão, Palpitando
Seios, lamparinas no vão
No vão de toda imaginação.


Fernando Atallaia, São José de Ribamar, Janeiro de 1997

Folha chama Eliziane de ‘Marineira’ e diz que ela pode ter apoio do grupo de Sarney em 2016

A ex senadora Marina Silva participa de evento na câmara dos deputados para apresentar os parlamentares que se filiaram à Rede. Os deputados Alessandro Molon (RJ), Eliziane Gama (MA), Miro Teixeira (RJ), dentre outros, o senador Randolfe Rodrigues (AM) e a ex senadora Heloisa Helena participaram do ato, no salão nobre da câmara dos deputados. 

Derrotado nas eleições estaduais de 2014, o grupo do ex-presidente José Sarney (PMDB) ensaia um possível apoio à candidatura da Rede Sustentabilidade, da ex-senadora Marina Silva, para a Prefeitura de São Luís.

Resultado de imagem para ELIZIANE COM FERNANDO SARNEY
SANGUE SARNEYSISTA Eliziane tem uma 'paquera' antiga com Fernando; apoio do Grupo  vai rolar 
A cúpula do PMDB maranhense confirma que há negociações em andamento com a deputada federal Eliziane Gama (Rede-MA), uma das deputadas mais próximas de Marina –terceira colocada nas últimas duas eleições presidenciais– e considerada uma das favoritas para a disputa na capital maranhense.

Eliziane deve enfrentar nas urnas o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que vai disputar a reeleição com o apoio do governador Flávio Dino (PCdoB). O ex-prefeito João Castelo (PSDB) também é pré-candidato.

Presidente em exercício do PMDB no Maranhão, Remi Ribeiro admite que o partido não tem um nome próprio para a disputa.
Entre os possíveis candidatos são citados o empresário Ricardo Murad, cunhado de Roseana Sarney, e a própria ex-governadora, que atualmente é investigada na Operação Lava Jato e resiste a entrar na disputa.

Nesse cenário, o partido tem negociado com grupos de oposição ao atual prefeito, com a possibilidade de indicar um candidato a vice. E destaca que Eliziane é uma das opções mais viáveis.

Resultado de imagem para flavio dino e roseana
CUMPLICIDADE Flávio sempre conversou com Roseana; se fosse para ganhar as eleições, ele também aceitaria
“Ainda não existe um acordo, mas estamos conversando. O certo é que não vamos apoiar o mesmo candidato que o governador [Flávio Dino]”, afirma Ribeiro.

Presidente licenciado do PMDB maranhense, o senador João Alberto diz que está conversando “com todo mundo” e promete uma definição até abril. Em entrevista à imprensa local, disse que “vê com bons olhos” o nome de Eliziane.

O senador, contudo, afirma que uma possível aliança passará pelo crivo da ex-governadora Roseana e do ex-presidente Sarney.

As informações são do Blog do Gilberto 
Edição da Agência Baluarte 
Pastor é preso após organizar suruba evangélica

No município mineiro de João Monlevade um pastor de 36 anos foi preso após denúncias de que o mesmo estaria promovendo encontros sexuais coletivos entre os fiéis da ‘Igreja do Reavivamento Divino’.

Segundo testemunhas ouvidas na 27ª Delegacia Regional João Monlevade o pastor Gibran Henrique induzia os fiéis a deturpações das leituras bíblicas para que os mesmos se despissem de suas roupas e de sua moral.

Giovana Duarte Sarmento, estudante de 27 anos disse em depoimento que o pastor selecionava as moças e rapazes de beleza mais evidente para os “encontros de aprofundamento”, nestes encontros ele afirmava que para entrar em conexão direta com Deus precisariam tirar as roupas e tomar o sangue de Cristo, que era representado por cálices de Cabernet Sauvignon.


Pastor defende que orgasmos libertam a alma
Depois de dezenas de cálices de vinho o pastor Gibran promovia a chamada ‘comunhão com os irmãos’, que segundo depoimento de Letícia Duila Cabral, radalista de 26 anos, seria uma espécie de abraço coletivo onde todos deveriam sentir integralmente o corpo dos irmãos.

O depoimento mais chocante foi o da enfermeira Melissa Farias, que aos 32 anos viveu momentos de horror que jamais deseja lembrar. Segundo ela o pastor Gibran dizia que quem quer ser amado precisa amar, que era preciso amar ao próximo como a ti mesmo. . Só que o ‘amor’ neste caso seria um eufemismo de sexo. E ela confessou ter sido submetida a sessões de ‘sexo pervertido’ com dois irmãos simultaneamente.

O pastor Gibran se defende argumentando que o Brasil em sua Constituição Federal garante liberdade de culto as religiões, e que a ‘Igreja do Reavivamento Divino’ acredita na libertação da alma por meio de orgasmos. E que mesmo se for preso converterá na prisão muitas almas para o seu senhor.

O município de João Monlevade era uma espécie de Meca da ‘Igreja do Reavivamento Divino’. Com a prisão de seu maior líder a Igreja deve encerrar suas atividades em nosso país. O pastor Gibran pede orações e ajudas financeiras para custear as despesas decorrentes de sua defesa jurídica.


AS INFORMAÇÕES SÃO DO TRAMADO POR MULHERES 

Estudante espancado em São Luís está na UTI em coma induzido

Um estudante de 15 anos foi espancado por outros cinco adolescentes na última terça-feira (20) em São Luís (MA). O caso confirmado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) aconteceu próximo à Unidade de Educação Básica (UEB) Professor Sá Valle, no bairro do Anil, onde o rapaz estuda.
O pai do adolescente, Adalto de Oliveira Portela Filho, relatou que cinco jovens participaram das agressões. “Pegaram a bolsa dele na saída das aulas. Quando ele foi ver, a bolsa estava no meio da rua. Foi quando chegaram dois, depois mais dois, e depois mais um e começaram a bater nele”, disse. Adalto, no entanto, não soube a motivação do espancamento.
Resultado de imagem para Estudante espancado em São Luís está na UTI em coma induzido
Após ser levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Cidade Operária e permanecer por lá por dois dias, o adolescente foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Urgência Emergência Dr. Clementino Moura (‘Socorrão II’)
Após ser levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Cidade Operária e permanecer por lá por dois dias, o adolescente foi encaminhado para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Urgência Emergência Dr. Clementino Moura (‘Socorrão II’), no bairro da Cidade Operária, onde permanece em coma induzido. O estado de saúde, segundo o pai, é considerado grave.
O caso foi comunicado pela mãe do jovem, Djanira Lopes, à Polícia Civil. Adalto, que é separado e mora em uma chácara no município de São José de Ribamar (MA) – Região Metropolitana de São Luís –, tenta transferi-lo para o Hospital Carlos Macieira (HCM), no bairro do Calhau.
O G1 tentou falar com a Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente (DPCA), mas ninguém atendeu às ligações.
As informações são do JP

Deputado Zé Inácio chama atenção das autoridades sobre incêndio na Terra Indígena Arariboia

Na manhã desta terça-feira (20), o presidente da Comissão dos Direitos Humanos e das Minorias, deputado Zé Inácio (PT) fez uso da tribuna para denunciar e ao mesmo tempo chamar atenção das autoridades sobre o incêndio que consome hoje parte da Floresta Amazônica, na Terra Indígena Arariboia, situada entre os municípios de Arame, Grajaú, Santa Luzia, Bom Jesus das Selvas, Amarante e Buriticupu, cerca de 150 km de Imperatriz, no sudoeste do Maranhão. O Incêndio iniciou no dia 21 de setembro.
“Apesar dos esforços de 200 brigadistas do IBAMA, as chamas já devastaram cerca de 35% da área de 413 mil hectares, onde vivem 12 mil indígenas da etnia Guajajara e aproximadamente 80 Awá Guajás”, denunciou o parlamentar.
Zé Inácio (PT) destaca ainda a importância da denuncia feita pelos indígenas. “Não podemos deixar de ouvir os indígenas, quando responsabilizam os madeireiros pelo incêndio nas suas terras, que tem trazido, além de prejuízo ambiental, risco de morte às crianças e adultos indígenas, devido a fumaça e as altas temperaturas”.
Deputado Zé Inácio destaca as constantes ameaças que os funcionários do Ibama estão sofrendo.
Como Presidente da Comissão de Direitos Humanos, Zé Inácio cobra rigor por parte da Polícia Federal que faça uma investigação, não só para apurar a tentativa de homicídio a um funcionário do IBAMA, que ocorreu na semana passada, como também fazer uma repreensão mais firme àqueles que continuam patrocinando o incêndio ilegal na Floresta Amazônica
Agilidade – O deputado Zé Inácio nas suas responsabilidades como presidente da Comissão dos Direitos Humanos e das Minorias fez contato pessoalmente com o secretário de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável, do Ministério do Meio Ambiente Carlos Guedes, para que o Governo Federal, principalmente, através do IBAMA, dê uma atenção maior ao Maranhão no que diz respeito a esse incêndio.  “O secretário Carlos Guedes é um conhecido nosso, foi presidente do INCRA, foi delegado do MDA, à época em que também fui delegado do MDA e hoje tem um cargo importante no Ministério do Meio Ambiente, fiz contato com ele, colocando esta situação do incêndio que consome grande parte da Floresta Amazônica aqui no Maranhão, com a intenção de interceder nesta situação e assim coibir este incêndio”.
Carlos Guedes garantiu reforço para o combate ao incêndio. Está previsto o lançamento aéreo de 2 mil litros de água com retardante, por duas aeronaves cedidas pela Aeronáutica, além da chegada de mais 30 brigadistas.
Como Presidente da Comissão de Direitos Humanos, Zé Inácio cobra rigor por parte da Polícia Federal que faça uma investigação, não só para apurar a tentativa de homicídio a um funcionário do IBAMA, que ocorreu na semana passada, como também fazer uma repreensão mais firme àqueles que continuam patrocinando o incêndio ilegal na Floresta Amazônica.
Matéria enviada pela Assessoria de Imprensa do Deputado

Candidata à presidência da OAB/MA faz dos eventos oficiais palanque eleitoral

É imoral o que acontece na disputa das eleições à presidência da OAB/MA. Os eventos institucionais transformaram-se em palanques para a candidata Valéria Lauande. Em uma década de atuação na OAB/MA, duas inclusive como vice-presidente, a inexpressiva atuação da candidata foi substituída pela presidência antecipada da Ordem. Eliminou-se o cargo de vice-presidente, aquele legitimado para representar o presidente da OAB/MA.
IMG-20151020-WA0040
É assim que a candidata Valéria Lauande vem usufruindo da máquina administrativa da OAB/MA para tentar divulgar intensamente sua candidatura
É assim que a candidata Valéria Lauande vem usufruindo da máquina administrativa da OAB/MA para tentar divulgar intensamente sua candidatura. Foi assim na solenidade de juramento dos novos advogados. Mesmo com atitudes desrespeitosas como essa, com as pessoas, com os profissionais e com o pleito eleitoral, a nobre candidata, após o registro oficial de sua chapa e impedida de se valer de qualquer evento institucional como meio de divulgar sua imagem, aceita participar de palestra sobre a “A Ética e as prerrogativas do advogado” em evento organizado pela Escola Superior de Advocacia da OAB/MA.
Onde está a Ética nobre candidata? Atitudes como essa descabida de qualquer moralismo, utilizando-se da máquina administrativa, desrespeitando qualquer equilíbrio democrático e isonômico abusando do poder político e econômico. Desse jeito é fácil fazer história, mesmo vergonhosa, na OAB/MA. A pergunta é: você, advogado ético, responsável e aplicador da lei, concorda com isso? Será que vamos repetir, na OAB/MA, o mesmo que acontece na política brasileira?
As informações são do Blog do Luís

Assembleia emprega aliados derrotados do presidente da Casa

Os políticos presentes na Assembleia Legislativa do Maranhão não se resumem aos 42 deputados em plenário. Há muitos outros, nos corredores, gabinetes e até nas bases eleitorais. São políticos de carreira, que disputaram pleitos em suas cidades e, após a derrota nas urnas, foram contratados como funcionários do Legislativo estadual. Ao cruzar os nomes de todos os funcionários da Assembleia nos últimos 19 anos com a dos candidatos das eleições municipais e estaduais maranhenses desde 1996, divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o blog encontrou vários nomes que aparecem nas duas listas.
A cidade que mais registra casos de funcionários que viram candidatos ou candidatos que viram funcionários é Caxias
A cidade que mais registra casos de funcionários que viram candidatos ou candidatos que viram funcionários é Caxias
Isso quer dizer que, a cada grupo de 10 servidores do Legislativo, existe cinco ex-mandatário ou aspirante a político. Entre os atuais funcionários, de acordo com o rol divulgado ontem pelo Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa do Maranhão, consta mais de 50 pessoas que já foram candidatas. Considerando apenas os funcionários comissionados da Casa, é possível encontrar uma porcentagem ainda maior de políticos derrotados em eleições.
De acordo com o levantamento, o universo de servidores remunerados pela Assembleia Legislativa do Maranhão era de 1.939 em março de 2015. Destes, 76% (1.476) são de cargos em comissão cuja natureza de ocupação é transitória. Os 24% restantes (463) representam os servidores efetivos e estáveis, sendo que 15 estão à disposição de outro Poder ou foram requisitados com ônus para a “Casa do Povo”.
Presidente da Assembleia do MA agride repórter em festa de R$ 1 milhão da neta
O presidente da AL, Humberto Coutinho só não emprega o papagaio, porque papagaio não reconhece dinheiro
Todos os servidores da Assembleia estão distribuídos em 79 postos de lotação, dentre os quais: 22 setores administrativos e 57 gabinetes parlamentares (44 gabinetes acrescidos de 15 para dar suporte aos parlamentares que também ocupam cargos na Mesa Diretora, lideranças de blocos e partidos). A despeito de serem 42 os deputados, na ocasião da análise, a Assembleia do Estado remunerava toda a estrutura de 2 deputados licenciados.
CABIDE DE EMPREGOSPor lei, qualquer funcionário público tem direito de se candidatar. Precisa apenas se afastar das funções três meses antes do pleito, sem prejuízo ao salário. Esse quadro mostra que a Assembleia Legislativa do Maranhão funciona, muitas vezes, como um cabide de empregos para quem não conquistou o voto do eleitor. Como a maioria é contratada para ocupar um cargo comissionado – cuja definição cabe exclusivamente a cada deputado –, a relação de dependência entre as partes é muito grande.
Pelo cruzamento de dados feito pelo blog, é possível ver que muitas das pessoas contratadas pela Casa – e pagas com dinheiro público – na verdade atuam somente na defesa dos interesses políticos dos deputados. Vereadores e prefeitos derrotados nas urnas são nomeados, pouco tempo depois das eleições frustradas, para servir aos deputados. Esse estratagema aumenta a quantidade de aliados políticos nas bases para além dos vereadores e prefeitos eleitos. Isso sem falar em parentes de políticos e magistrados: são mais de duas dúzias que, impedidos de trabalhar junto com os familiares por força da súmula do Supremo Tribunal Federal (STF) contra o nepotismo, acabaram migrando para os gabinetes dos deputados.
CAXIAS LIDERA CABIDEA cidade que mais registra casos de funcionários que viram candidatos ou candidatos que viram funcionários é Caxias. O presidente da Assembleia, deputado Humberto Coutinho (PDT), emprega na Casa mais de 20 candidatos a vereador derrotados nas urnas em 2012 no município. Os empregados são filiados a partidos que apóiam a administração do prefeito Léo Coutinho (PDT), sobrinho do presidente do Poder Legislativo Estadual. No final do mês de setembro, o blog mostrou que estes fantasmas da Assembleia chegam a acumular até dois cargos públicos.
Confira parte da lista do cabide de emprego do presidente da Assembleia, deputado Humberto Coutinho
Confira parte da lista do cabide de emprego do presidente da Assembleia, deputado Humberto Coutinho
Segundo dados do Sindsalem, 1.939 pessoas fazem parte da Folha de Pagamento da Assembleia maranhense da ordem de R$ 12,7 milhões, sendo que R$ 10,4 milhões estão servindo para o pagamento de comissionados, e R$ 2,3 milhões, pagam os efetivos/estáveis, o que corresponde a 82% e 18%, respectivamente, do valor da Folha de Pagamento da Casa. De acordo com o sindicato, o contingente de servidores comissionados nos setores administrativos custa aos cofres públicos cerca de R$2,1 milhões, o que equivale a 96% do montante investido com efetivos/ estáveis.
ONDE ESTÃO OS SERVIDORES?     
Todos os servidores da Assembleia estão distribuídos em 79 postos de lotação, dentre os quais: 22 setores administrativos e 57 gabinetes parlamentares (44 gabinetes acrescidos de 15 para dar suporte aos parlamentares que também ocupam cargos na Mesa Diretora, lideranças de blocos e partidos). A despeito de serem 42 os deputados, na ocasião da análise, a Assembleia do Estado remunerava toda a estrutura de 2 deputados licenciados.
GABINETES
Cada parlamentar dispõe de 19 cargos, em regra, comissionados, sendo que destes, 10 são cargos na Simbologia Isolada, o conhecido ISO, com vencimento bruto na ordem de R$16 mil. Além destes, os parlamentares podem requisitar mais servidores efetivos e estáveis para comporem a equipe de seus gabinetes. Se o parlamentar for ocupante de cargo da Mesa Diretora, disporá de mais 4 cargos comissionados; se for líder de bloco, poderá dispor de 4 a 8 cargos, assim podendo alcançar até 27 cargos em seu gabinete. Nessa lógica, em março de 2015, havia 1.007 servidores lotados nos gabinetes parlamentares e nos que dão suporte à Mesa Diretora e às lideranças, sendo que somente cerca de 10% destes eram funcionários estáveis e efetivos.
SETORES ADMINISTRATIVOS         
Os servidores que atendem aos setores administrativos compõem um total de 917. Aqui, se devem destacar os setores com mais servidores lotados, são eles: a Presidência, com 158, a Diretoria Administrativa, com 115, a Diretoria de Comunicação Social, com 102, e a Diretoria de Recursos Humanos, com 101; totalizando 476 servidores, correspondendo a 52% do total lotado em todos os 22 setores. Nestes casos, é reveladora a relação Estáveis/ Efetivos X Comissionados na Presidência e no Grupo de Esposas de Deputados (Gedema), setores onde 97% dos servidores são comissionados. Destaque-se que o Grupo de Esposas é associação civil de direito privado, mas suportada por servidores comissionados, que não poderiam estar cedidos para tal associação, sobretudo, recebendo por meio da folha de pagamento da “Casa do Povo”.
COMUNICAÇÃO SOCIAL     
Também merece especial atenção, os servidores na Diretoria de Comunicação Social, que atendem a todo o sistema de comunicação, mantendo, hoje, a Fundação Rádio e Televisão, criada pela Lei nº304, de 16/10/2007, a qual tem autonomia administrativa, financeira e orçamentária, tendo, portanto, que regularizar a situação dos servidores que a ela dá suporte.
As informações são do Blog do Antônio Martins
Edição da Agência Baluarte

IPVA 2017

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB