sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Júnior Marreca já torrou mais de R$ 100 mil com divulgação parlamentar

O deputado federal Júnior Marreca não tem poupado sua “Cota para Exercício da Atividade Parlamentar”, no que se refere a “divulgação da atividade parlamentar”.
Blog fez um levantamento no site da Câmara Federal e constatou que o deputado já torrou um total de R$ 121.150,00 só com divulgação, conforme mostra as imagens abaixo (detalhe: só não consta a imagem do mês de Julho que foi de R$ 22.850,00).
Resultado de imagem para JUNIOR MARRECA
Júnior Marreca gasta com divulgação, mas a divulgação não aparece
O curioso é que não se ver uma ampla divulgação de Júnior Marreca nos veículos de comunicação (blogs, rádios e jornais). É como se fosse uma divulgação oculta, onde ninguém olha nada sobre o deputado.
O que não deveria ser, já que o parlamentar vem torrando uma fortuna para ser bem divulgado e encaminhando todas as notas das empresas de comunicação para a Câmara Federal – inclusive de um assessor de um outro deputado federal, mas essa é uma outra história que ainda será publicada aqui.
Veja abaixo as empresas que receberam da cota parlamentar de Júnior Marreca:
Deputado Júnior Marreca (PEN-MA)
Deputado Júnior Marreca (PEN-MA) 2
Deputado Júnior Marreca (PEN-MA) 3
Deputado Júnior Marreca (PEN-MA) 4
Deputado Júnior Marreca (PEN-MA) 5
Deputado Júnior Marreca (PEN-MA) 6
Deputado Júnior Marreca (PEN-MA) 7
As informações são do Blog do LP

Vereadora de Bom Jardim é denunciada por fraude no INSS

O juiz federal da 2ª Vara Criminal José Magno Linhares recebeu, nesta quinta-feira (15), denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra a vereadora de Bom Jardim  (MA) Sandra Regina Barbosa Pereira, conhecida como Sandra Salomão (DEM), e a beneficiária Maria da Paz Chaves Araújo, pelo crime de estelionato contra a Previdência Social, previsto no artigo 171 do Código Penal.
De acordo com o MPF, em 2010,  Maria da Paz teria apresentado, em uma agência do INSS de São José de Ribamar, documentos falsos para comprovação de atividade rural do falecido esposo José Pereira de Araújo, com a finalidade de obter benefício previdenciário de pensão por morte de trabalhador rural.
Sandra Salomão: fraude no INSS 
Em depoimento prestado à Polícia Federal, a beneficiária confirmou que o esposo nunca havia sido sindicalizado e que repassou os documentos à intermediária Sandra Salomão. A vereadora teria providenciado a documentação falsa que resultou na concessão indevida do referido benefício. Na oportunidade, a beneficiária declarou que pagou à suposta intermediária Sandra Regina a quantia de R$ 22.000,00 pelo serviço prestado.
Segundo a denúncia, a fraude teria sido descoberta no decorrer da “Operação Duas Caras”, onde se investigou a concessão fraudulenta de benefícios previdenciários na agência de São José de Ribamar.
Na denúncia, o MPF afirma que a atividade de intermediadora de Sandra Regina teria sido também confirmada por Antônio Gomes da Silva, presidente do Sindicato de Trabalhadores Rurais de Bom Jardim, em depoimento prestado à polícia . A suposta fraude causou um prejuízo ao INSS no valor de R$ 53.235,36.
Relação com ex-prefeita
A ação foi recebida pelo mesmo juiz que mandou soltar a ex-prefeita Lidiane Leite da Silva, de 25 anos, suspeita de desviar milhões em verbas da educação no município. A vereadora Sandra Salomão (DEM) foi quem pediu à Polícia Federal que investigasse Lidiane, o ex-companheiro Beto Rocha e o ex-secretário Antônio Cesarino.

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores