quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Nova estampa de calcinha une as duas coisas mais gostosas do mundo

Aproveitamos a visita ao site da revista Galore e vimos um post sobre essa novidade maravilhosa no armário feminino.
pizza_thong_galore_mag
Segundo a autora do post, Maria Pasquini, todo o corpo feminino estava incluído na experiência desse prato unânime 
A pizza-pantie é nada mais nada menos do que uma calcinha diminuta com estampa de pizza. Segundo a autora do post, Maria Pasquini, todo o corpo feminino estava incluído na experiência desse prato unânime. 
Screenshot 2015-09-08 15.59.41
A pizza-pantie é nada mais nada menos do que uma calcinha diminuta com estampa de pizza
“Nossas bocas comem, nossos olhos vêem, nossos dedos tocam, nossos peitos vestem camisetas com a estampa, nossas barrigas digerem, e nossas bundas engordam por causa dele”, enumera Maria, que conclui dizendo que as vaginas são as únicas excluídas da degustação da pizza.
pizza_thong_kickstarter_galore_mag
Mas para cair de boca nesse design irreverente, você vai ter que colaborar com o cara que está produzindo as peças em uma campanha de financiamento coletivo
Para nós, homens, é união das duas melhores coisas do mundo: pizza e buceta. Mas para cair de boca nesse design irreverente, você vai ter que colaborar com o cara que está produzindo as peças em uma campanha de financiamento coletivo. Então é só comprar o modelo fio dental por meros US$10 e ajudar na confecção da lingerie.
Screenshot 2015-09-08 15.59.58
A gente já está salivando, e você?
A gente já está salivando, e você?

Fernando Fialho coloca advogado para comandar DEM no Maranhão

Augusto Serra assume a presidência do partido no estado


O blog NF publicou ontem a saída Clóvis Fecury da presidência do Democratas no Maranhão, em uma articulação do ex-secretário de Desenvolvimento Social do governo Roseana Sarney, Fernando Fialho e do deputado federal de Juscelino Filho (PRP).
Augusto Serra, advogado
O ilustre desconhecido Augusto, é o mais novo presidente do DEM no Maranhão
Fernando Fialho, que passou a deter o comando da legenda no estado elegeu o advogado Augusto Herbert Lima Serra como novo presidente do DEM no Maranhão.
O ex-secretário já foi investigado por diversas irregularidades, a exemplo dos diversos convênios celebrados com entidades, para viabilizar a campanha do genro, Juscelino Filho, em diversos municípios do Maranhão.
Resultado de imagem para fernando fialho
Mais sujo que pau de galinheiro, Fernando Fialho(foto) colou advogado na presidência estadual do partido 
Juscelino inclusive pode ser cassado por corrupção e desesperado tentou de apropriar de diversos partidos para evitar danos a seu mandato, o que justifica a articulação política de ambos.
As informações são do Blog do Neto Ferreira
Edição da Agência Baluarte 
Paulinho da Força vira réu no STF acusado de desviar dinheiro do BNDES
Ele chegou hoje na capital maranhense para encontro do Solidariedade no Rio Poty Hotel.  

Brasília - O Supremo Tribunal Federal aceitou nesta terça-feira, 8, denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra o deputado federal Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força. O deputado é acusado de ser beneficiário de um esquema que desviou recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e, por isso, o MP pede sua condenação por ter supostamente cometido crimes contra o sistema financeiro, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Paulinho é presidente nacional do partido Solidariedade e presidente licenciado da Força Sindical.

A decisão de abrir uma ação penal contra o parlamentar foi tomada por unanimidade pelos ministros que compõem a Segunda Turma do STF e, com isso, Paulinho passa a responder como réu. Votaram pela abertura da ação os ministros Teori Zavascki, Gilmar Mendes e Dias Toffoli. Os ministros Celso de Mello e Cármen Lúcia, que também compõem a Segunda Turma, não estavam presentes na sessão.

Paulinho da Força com o presidente da Força Sindical do Maranhão, Frazão Oliveira(camisa azul): réu por desvio de dinheiro em banco público, ele chegou hoje em São Luís 
A ação penal é um desdobramento da Operação Santa Tereza, deflagrada em 2008 pela Polícia Federal. Por meio de escutas telefônicas, a PF descobriu a existência de um esquema responsável por desviar de 3% a 4% de valores emprestados pelo BNDES a prefeituras e empresas. Os desvios são referentes a empréstimos cedidos pelo BNDES nos valores de R$ 130 milhões e R$ 220 milhões.

O envolvimento do deputado foi descoberto por meio de escutas de João Pedro de Moura, ex-assessor de Paulinho, que ocupou uma cadeira no Conselho de Administração do banco de fomento. Ele teria mencionado pagamentos a uma pessoa identificada apenas como PA. As investigações da PF concluíram posteriormente que se tratava de Paulinho. O Ministério Público pede a condenação do deputado alegando que ele usou de sua influência política para se beneficiar de recursos desviados do BNDES.

Em 2008, a PF prendeu envolvidos no caso, entre eles Moura e Ricardo Tosto, advogado do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP). Ambos foram soltos, mas denunciados pelo Ministério Público em processo que corre na Justiça de São Paulo, já que não são detentores de prerrogativa de foro. Entre os denunciados está também Elza Pereira, mulher de Paulinho. Ela é acusada de ter cedido uma conta-corrente de uma ONG presidida por ela para ocultar uma parcela dos valores desviados do banco de fomento. O valor teria sido depositado na conta de Elza pelo Moura.

Para o advogado de Paulinho, Marcelo Lela, a denúncia é "absolutamente inerte". "Não existe justa causa para o recebimento da denúncia. Falta tipicidade", disse, acrescentando que o deputado teria sido "vítima" do esquema. Contudo, o ministro Teori Zavascki, relator do caso, entendeu que se o parlamentar foi vítima e não responsável pelo esquema, isso poderá ser esclarecido na ação penal, uma vez que esses argumentos não estavam "explícitos" na defesa do acusado.

Em meio a uma avalanche de certezas  quanto à participação de Paulinho da Força no esquema que desviou milhões do BNDES, ele chegou hoje na capital maranhense para um encontro no Rio Poty Hotel. O Solidariedade, comandado no estado pelo secretário de Indústria e Comércio do governo do comunista Flávio Dino, Simplício Araújo, é também alvo de centenas de suspeitas em relação à sua atuação em terras maranhenses. Tudo em casa. 


Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB