quarta-feira, 24 de junho de 2015
Kit Jubadeleão faz show no Portal da Litorânea nesta sexta 

O cantor e compositor Kit Jubadeleão repete o sucesso do show de estreia ‘Kit Jubadeleão 25 anos’ que congregou centenas de pessoas no Pop Center-Cohab no sábado passado. A apresentação desta sexta-feira(dia 26) terá inicio às 20h na casa de shows Portal da Litorânea, localizada na Avenida Litorânea em São Luís. 

Dono de um estilo que une versatilidade musical à boa presença de palco, o artista, que é um dos integrantes do Movimento Cultural Baluarte-MCB, reunirá músicos, parceiros de estrada e plateia dando continuidade ao projeto musical que celebra seus 25 anos de carreira na capital maranhense e cidades brasileiras.
Resultado de imagem para KIT JUBADELEAO
O cantor Kit Jubadeleão se apresenta nesta sexta-feira no Portal da Litorânea na Avenida Litorânea 
Com produção e direção artística do compositor, produtor e jornalista Fernando Atallaia, o show é uma realização da BPC Produções e visa dá uma amostragem da obra do cantor em sua totalidade.
Fazendo um passeio pelo melhor da música pop nacional e internacional, Kit Jubadeleão fará releituras de clássicos do Rock, MPB, Soul, Samba, Jazz, Blues, Reggae e ainda interpretará canções de sua própria autoria. Imperdível.
SERVIÇO
O QUE: Show ‘Kit Jubadeleão 25 anos’.
QUANDO: Sexta-Feira(dia 26).
ONDE: Portal da Litorânea(Avenida Litorânea) às 20h.
COUVERT ARTÍSTICO: R$ 6,00.

Hilton Gonçalo é representado na justiça por desvio de recursos da merenda escolar

O procurador geral do município de Santa Rita, Antonio Eber Braga promoveu junto ao ministério público do município, representação criminal contra o ex-prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo de Sousa.
O motivo foi que em 2005, quando prefeito do município de Santa Rita, recebeu recursos financeiros do fundo nacional de desenvolvimento da educação – FNDE, referente á transferência em caráter suplementar de recursos financeiros do programa nacional de alimentação escolar – PNAE, em conformidades com a resolução n° 38, de 23/08/2004 e n° 01, de 26/01/2005.
Resultado de imagem para HILTON GONÇALO
O ex-prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo: representado na justiça por desvio na merenda 
Os recursos financeiros recebidos do programa nacional de alimentação escolar – PNAE no exercício financeiro de 2005, no valor de R$ 218.237,40 (duzentos e dezoito mil, duzentos e trinta e sete reais e quarenta centavos), referente ao PNAE e R$ 22.836,00 (vinte dois mil, oitocentos e trinta e seis reais), referente ao PNAQ(programa nacional de alimentação quilombolas), o que totalizam um montante de R$ 241.073,40 (duzentos e quarenta e um mil, setenta e três reais e quarenta centavos), com prazo para prestar contas até 28 de fevereiro de 2006.
Só que ao findar seus dois mandatos de prefeito entre 01/01/2005 a 31/12/2012, não deixou nos arquivos municipal quaisquer documentos que possibilitasse a elaboração das respectivas prestações de contas. Por isso, Conta no site oficial do FNDE e da notificação n° 2675/2006, de 24/03/2006, enviada ao ex- prefeito Sr. Hilton Gonçalo de Sousa, a existência de pendências na prestação de contas dos referidos repasses.
Após inspeção in loco realizada pela auditoria interna do FNDE, foi emitido um relatório de auditoria n° 64/2008, de 16 de dezembro de 2010, que apontou impropriedade ou irregularidades, que culminou com a reprovação da respectiva prestação de contas e consequentemente inadimplência do município de Santa Rita.

Consta no decreto de lei n° 201/67 que são crimes de responsabilidade dos prefeitos municipais, sujeitos ao julgamento do poder judiciário, independentemente do pronunciamento da câmara dos vereadores, deixar de prestar contas, no devido tempo, ao órgão competente, da aplicação de recursos, empréstimos subvenções ou auxílios internos ou externos, recebidos a qualquer titulo.

Se condenado, Hilton Gonçalo será obrigado a devolver todo o dinheiro corrigido, além de pagar multas e ter os direitos políticos suspensos.


As informações são do Blog Santa Rita em Debate
''O PPL lança minha pré-candidatura a Prefeito de São Luís com o objetivo exclusivo de fazer frente ao abandono que devassa a nossa capital de ponta a ponta''. 

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR-CHEFE DA AGÊNCIA BALUARTE

A frase acima, uma das máximas do médico e ex-candidato a governador do estado, José Luís Lago, irmão do saudoso governador Jackson Lago, é uma referência ao lançamento da pré-candidatura de Zé Luís ao Executivo da capital maranhense pelo Partido Pátria Livre-PPL, legenda onde Zé é o presidente estadual.

Zé Luís, como é mais conhecido, vem alternando as atividades profissionais com a politica partidária desde que concorreu no pleito passado. Nos últimos meses, após uma breve pausa na agenda politica, ele voltou ao debate das eleições quando recebeu a confirmação da direção nacional do PPL que ratificou, por mais uma vez, o compromisso com o médico para a árdua missão de organizar os diretórios municipais e comandar a legenda no estado do Maranhão.

Resultado de imagem para zé luis lago
O médico e presidente estadual do PPL, Zé Luis Lago: ''O PPL lança minha pré-candidatura a Prefeito de São Luís com o objetivo exclusivo de fazer frente ao abandono que devassa a nossa capital de ponta a ponta''. 
Nessa entrevista concedida a Agência Baluarte, Zé Luís Lago falou pela primeira vez sobre as eleições de 2016 na Grande Ilha e  especialmente em São Luís onde aproveitou para declarar-se pré-candidato a Prefeito. Falou também sobre a realidade atual da capital maranhense e ainda discorreu sobre os mais variados aspectos da gestão pública, com enfoque para setores como Saúde, Educação e  Cultura. Boa leitura:

Agência Baluarte- O senhor vem de uma eleição para Governador onde viu de perto os meandros e particularidades de uma disputa que foi uma das acirradas da história do Maranhão. Em sua opinião, como serão as eleições majoritárias de 2016 na Grande Ilha e mais precisamente em São Luís, a capital?

Zé Luís Lago- As eleições para Governador,  onde Flávio saiu vitorioso, foi uma resposta a um sistema politico de cinco décadas implantado no Maranhão e que precisava ser negado, mudado para a instauração de outro que se queria popular, de fato democrático e de igualdade social. Essa era a proposta e as aspirações de todos. Então, houve essa reunião de partidos, unidade de grupos políticos que puseram um nome no centro e este nome escolhido foi eleito. Eu penso que as eleições para Prefeito de São Luís demonstrarão o contrário disto: a população da capital maranhense já se conscientizou de que as alianças partidárias nem sempre representam os interesses do povo e diante do caos que vive hoje a nossa capital elegerá um candidato que pense no presente e no futuro de São Luís sob a óptica da boa governabilidade, com uma visão desenvolvimentista e ampla. Há setores da gestão pública que nunca saíram do engessamento e o povo é quem sofre as consequências.

Agência Baluarte- Foi o caso da ocupação pela Policia do Coroadinho, onde a falta de politicas públicas por parte dos atuais Governos municipal e estadual, fizeram nascer uma enorme discrepância no meio de São Luís?

Zé Luís Lago- Sim, essa citação é pertinente. O Coroadinho, assim como a grande maioria dos bairros da periferia de São Luís, são carentes de politicas públicas em todas as áreas. Eu sou médico e vejo de perto, todos os dias, essas deficiências. Não há projetos e programas sociais voltados para geração de emprego e renda, medicina preventiva, formação profissional de nossos jovens, centro culturais operando e em  pleno funcionamento nos bairros, não há absolutamente nada, então o trafico e a criminalidade se amparam nessas ausências; as comunidades e bairros de São luís estão completamente desamparados e sem a merecida atenção do Poder Público, da Prefeitura, das Secretarias do Governo. Hoje o habitante de São Luís vive à mercê de uma falta de compromisso social que ultrapassa todas as formas de compreensão, beirando a total desumanidade.

Agência Baluarte- Mas numa cidade onde os órgãos públicos responsáveis e a própria administração municipal pensa a Cultura apenas como promoção de eventos datados e forma grosseira de entretenimento é possível ir além desse conceito?

Zé Luís Lago- Nós do PPL pensamos que a Cultura de São Luís vai muito além do que vem sendo pregado pelas recentes gestões da capital; pensamos que a Cultura, ao lado da Educação, Saúde e demais áreas da administração tem um papel impar e fundamental no desenvolvimento humano de nossa cidade e na formação de novos pensadores e intelectuais. Eu acredito que o artista, o agente e produtor cultural de São Luís não pode ser desrespeitado na sua função social que é de extrema importância; um prefeito precisa ter profundidade dessa questão e ainda mais em se tratando de São Luís, que é uma das capitais mais ricas culturalmente com tradição nas mais diversas áreas do conhecimento artístico, com uma das mais ricas literaturas e músicas do Brasil, sem falar nas expressões do Teatro, Artes Plásticas, Arquitetura e História que temos em abundância. São Luís precisa sair, urgentemente, da condição medíocre onde foi posta para um lugar de destaque nacional onde realmente deveria estar.

Agência Baluarte- Como médico, como o senhor avalia a prestação de serviços na área da Saúde em São Luís e quais projetos poderiam ser implementados para o melhoramento das ações no setor?

Zé Luís Lago- Bem, para começar, dois Socorrões que atendem demandas de todo o estado já indicam a que pé estamos. A Saúde em São Luís é excludente, não funciona e é mal aparelhada. Há um desnível gritante entre as demandas das comunidades e assistência oferecida. A população sobrevive sob desumanidades, desprezos e abandonos que nas capitais brasileiras que vem buscando se inserir no contexto do desenvolvimento como referências de gestão já foram varridos há décadas. Olhar uma paisagem aterradora e absurda como falta de macas nas unidades de saúde; falta de material hospital para simples curativos e, recentemente, o alagamento de hospitais é algo que você pode falar que acontece esporadicamente em outras cidades, mas em São Luís acontece, sempre. A falta de leitos é também preocupante. Numa visão estrutural, posso afirmar com todas as letras que a Saúde de São Luís está jogada às traças. Não há preocupação dessa gestão com o setor e a população já não sabe o que fazer. Há inúmeros projetos que podem ser feitos e é por essa razão que o PPL está formando seu programa de governo a partir de uma acertada visão de conjunto, de conjuntura dessa problemática, ouvindo a população e visitando bairros e comunidades da capital.

Agência Baluarte- Quais serão as próximas ações do PPL em São Luís e nos demais municípios do estado?


Zé Luís Lago- O PPL pretende participar do pleito de 2016 em todos municípios maranhenses. Na Grande São Luís, teremos candidatos a Prefeito nas principais cidades e em se tratando da capital, eu já sou o pré-candidato a Prefeito. Quanto à organização interna, temos uma equipe obstinada que já está trabalhando 24h no mapeamento do campo social da capital maranhense, com especial atenção para as áreas da gestão pública. A nossa Sede, que está funcionando em horário comercial no bairro São Francisco, fornece todas as condições de receptividade, com amplo espaço físico para atender a todos, amigos, simpatizantes, colaboradores e pessoas que quiserem se filiar e somar conosco abraçando o nosso projeto politico a favor do estado. A partir do dia 10 uma comissão do partido formará como meta 53 distritais do PPL em bairros de São Luís. Temos a convicção que desta forma, participando da vida da população da cidade, estamos no rumo certo. Queremos ouvir a todos, queremos receber sugestões e opiniões e estamos abertos ao diálogo. A simplicidade, a humildade e a luta constante contra as desigualdades sociais em São Luís e no Maranhão são as nossas marcas. 

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores