domingo, 31 de maio de 2015

Vereador vem direcionando ações que contemplam crianças e jovens de Paço do Lumiar.
 
POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DA AGÊNCIA BALUARTE

A grande maioria das ocorrências registradas pelas autoridades policiais na Grande Ilha vem apontando para a participação direta de adolescentes em crimes das mais diversas naturezas. 

O quadro lastimável, resultante da falta de politicas públicas para o seguimento, dentre outras ausências, vem sendo uma das preocupações do vereador Marcelo Portela (PHS), que nas últimas semanas intensificou a atuação parlamentar em torno da problemática que norteia o setor. Paço do Lumiar, assim bem como as demais cidades da Região Metropolitana, sofre com a questão há anos. 

PREOCUPAÇÃO COM O SEGUIMENTO JOVEM O vereador de Paço do Lumiar, Marcelo Portela em conferência realizada para debater a situação da Juventude do municipio: preocupação com o setor emblemático
Constando no organograma administrativo das prefeituras, as secretarias voltadas para a preservação, fortalecimento e contemplação da Juventude pelos investimentos na área que vão desde a oferta de práticas socioculturaiseducativas à inserção no mercado de trabalho não tem uma atuação a contento das reais necessidades dos jovens. Portela, em encontro recente promovido para debater a triste realidade, enfatizou que há uma demanda premente da sociedade de Paço do Lumiar em vê resultados e avanços no seguimento. ''A população de Paço, e creio que a das demais cidades da Grande Ilha, querem vê resultados concretos e avanços na efetivação de políticas públicas para as Crianças e Juventude que a cada dia vem sendo ceifadas pela total ausência de investimentos reais no setor, essa questão é urgente, premente, é vital, uma cobrança histórica'', assinalou Marcelo. 

O vereador, que é um dos fundadores do bloco parlamentar independente da Câmara de Paço do Lumiar, vem capitaneando frentes de reivindicações no município que desempenham um papel importante no debate de áreas sociais onde a carência de medidas e ações acertadas já é quase um obstáculo. Problema igualmente grave em Paço do Lumiar, o esfacelamento da Infraestrutura local vem sendo um dos focos de Marcelo na cidade. 


''É difícil e impossível dissociar os problemas que assolam a Juventude luminense de uma Infraestrutura que exige e requer maior atenção por parte de todos nós; uma área envolve a outra, somente uma visão de conjunto poderá conceber as soluções adequadas'', explica ele. 

ENGAJAMENTO ALÉM-FRONTEIRAS Portela viajou a Brasília em busca de parcerias para projeto de sua autoria que contempla a Infraestrutura de Paço; ele tambem pediu o apoio do deputado Aluísio Mendes para implantação de políticas públicas que beneficiem a Juventude do município
Marcelo Portela, diante da atuação pertinente, até bem pouco tempo vinha tendo o nome ventilado como uma das alternativas à alternância do Executivo de Paço em 2016. Em declaração à imprensa, o parlamentar destacou que há um forte direcionamento de ações no campo politico-eleitoral no município que corrobora para a obstrução de implementações de projetos de grande envergadura em Paço do Lumiar.


''Não é somente em Paço, mas na grande maioria das cidades maranhenses há esse interesse politico-eleitoral muito presente como pauta diária, como a principal prioridade, uma preocupação com o fortalecimento dos grupos políticos em detrimento da implementação das politicas publicas arrojadas, então apenas uma mínima parcela de preocupação com o bem-estar social é notada; parece-me que a prioridade vem sendo esta enquanto todos deveriam preocupar-se com o melhoramento dos índices sociais e com a implantação urgente de projetos sociais para os setores da gestão pública’’, frisou.




Blatter acusa Uefa de promover 'campanha de ódio'

"Eu perdoo tudo, mas não esqueço", disse o presidente da Fifa


Reeleito para seu quinto mandato consecutivo na presidência da Fifa, Joseph Blatter deu neste sábado (30) uma coletiva de imprensa em Zurique, na Suíça, durante a qual mostrou ressentimento contra seus opositores e negou qualquer possibilidade de mudança nas próximas Copas do Mundo.

A primeira na linha de tiro foi a Uefa, que, segundo o cartola, realizou uma campanha de ódio contra ele. Após as prisões de sete cartolas ligados à Fifa na última quarta-feira (27), a entidade comandada por Michel Platini passou a cobrar publicamente uma renúncia de Blatter e declarou apoio ao candidato derrotado nas eleições para a presidência da confederação, Ali bin Al Hussein.


 "Da parte da Uefa e do seu presidente, houve uma verdadeira campanha de ódio contra mim. Eu perdoo tudo, mas não esqueço", declarou o suíço para a emissora local "RTS". Em seguida, o mandatário acusou os Estados Unidos e a Inglaterra de o atacarem por terem perdido a disputa para sediar os Mundiais de 2018 e 2022.

As prisões da última quarta, realizadas em Zurique, foram efetuadas a pedido do FBI, a polícia federal norte-americana, que conduz as investigações do escândalo de corrupção no futebol internacional. "Estados Unidos e Inglaterra eram candidatos a receber as Copas do Mundo dos próximos anos e perderam. Nada me convence de que seus ataques foram apenas coincidência", afirmou.

Além disso, o presidente fez questão de garantir que a Rússia e o Catar serão mantidos como sedes dos dois próximos Mundiais, apesar das acusações de compra de votos no processo de escolha. 

O caso 

Na última quarta-feira, sete cartolas ligados à Fifa foram detidos em Zurique a pedido do FBI, que investiga crimes de extorsão, fraude e lavagem de dinheiro. Entre eles, está o ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) José Maria Marin.

As suspeitas recaem sobre mais de US$ 100 milhões que teriam sido movimentados nos últimos 20 anos no sistema bancário norte-americano. Os valores referem-se a contratos de marketing, direitos televisivos e organização de competições. Marin, por exemplo, teria recebido milhões de dólares em propinas em troca de acordos envolvendo a Copa América e a Copa do Brasil. (ANSA).
Acusado de mandar matar jornalista Décio Sá é ouvido
Glaucio Alencar, acusado de ser o mandante da morte do jornalista Décio Sá, em abril de 2012, foi ouvido na manhã desta sexta-feira (29) na Superintendência de Investigações Criminais (Seic), em São Luís. No local, ele prestou declarações sobre o crime de agiotagem, investigado no Maranhão.

Sem a presença do seu advogado, Glaucio falou sobre os benefícios que recebeu em quatro municípios maranhenses na sala de Comissão de Advogados, que investiga os casos de agiotagem no estado. Segundo a Polícia, a presença de Glaucio na sede da Seic é muito importante porque é um confronto de informações do que já foi investigado, até o momento, em quatro municípios do Maranhão, onde várias pessoas já foram presas.
glaucio-alencar
Ainda segundo a Polícia, ainda pode acontecer uma acareação entre Glaucio Alencar e o empresário Josival Cavalcante da Silva, mais conhecido como “Pacovan, preso recentemente.
De acordo com o delegado que preside a Comissão, Roberto Fortes, Glacio foi beneficiado por quatro prefeituras do estado, segundo aponta a investagação. Ele foi favorecido em Dom Pedro, Bacabal, Zé Doca e Marajá do Sena. Ele afirmou que haverá uma acareação para saber mais detalhes sobre a empresa El Berite, beneficiada durante a ex-gestão em Bacabal.

“Após esse interragatório dele nós iremos acareá-lo com o proprietário da empresa El Berite, que foi uma empresa altamente beneficiada durante a ex-gestão em Bacabal. Ela foi beneficiada em uma vultuosa soma em dinheiro sem nenhuma justificativa, sem licitação e sem contrato”, revelou.

Ainda segundo a Polícia, ainda pode acontecer uma acareação entre Glaucio Alencar e o empresário Josival Cavalcante da Silva, mais conhecido como “Pacovan, preso recentemente. As operações contra acorrupção e a agiotagem no Maranhão já atuaram em quatro municípios com prisões de dois prefeitos e quatro ex-prefeitos.

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB