sexta-feira, 10 de abril de 2015

Menor de 16 anos decepa cabeça de bebê, estupra a mãe e esfaqueia outra criança

O crime aconteceu no setor Santo Antônio na cidade de Colinas do Tocantins.
Menor invade residência, decepa a cabeça de bebê, estupra a mãe e esfaqueia ela e outra criança de três anos.

Um menor de 16 anos, conhecido como “Neguim da Máfia” invadiu uma residência na manhã desta quarta-feira, na cidade de Colinas do Tocantins e decepou a cabeça de um bebê, estuprou a mãe e a esfaqueia juntamente com outra criança de três anos.

745

Segundo o Portal “O Norte” uma criança de apenas um ano e seis meses de idade foi brutalmente assassinada e outras duas pessoas ficaram feridas, durante uma tentativa de assalto. 

TO:Menor de 16 anos decepa cabeça de bebê, estupra a mãe e esfaqueia outra criança

De acordo com informações do Portal O Norte, o crime aconteceu em uma residência localizada no setor Santo Antônio, e o acusado é um adolescente de 16 anos de idade, considerado de alta periculosidade, conhecido como “Neguim da Máfia”, que armado invadiu a casa, decepou a cabeça da criança mais nova, amarrou e estuprou a mãe, Cristina de Jesus, a esfaqueando em seguida bem como outra criança de três anos.

TO:Menor de 16 anos decepa cabeça de bebê, estupra a mãe e esfaqueia outra criança

A Polícia Militar foi acionada e está em diligência no local, o menor foi apreendido e encaminhado para a Delegacia de Colinas, ele já tem várias passagens por crimes como roubo na cidade. Cristina de Jesus e a criança de três anos foram atingidas no pescoço.

Socorridas, as vítimas foram encaminhadas para o Hospital de Colinas e em seguida transferidas para o Hospital Regional de Araguaína (HRA) em estado grave.

Fonte: Primeira Hora 

Aragão do PSDC faturou mais de R$ 100 milhões na Saúde durante a gestão Murad

Contratos que superam R$ 100 milhões com a saúde, fazem do dirigente do PSDC no MA uma marionete do ex-secretário de saúde Ricardo Murad.

O ex-secretário de saúde do estado Ricardo Murad realmente revolucionou a saúde do Estado do Maranhão. Nunca um secretário usou tanto a pasta para fins políticos partidários. Murad fez a SES jorrar dinheiro público em prol de seus interesses eleitorais numa sangria sem precedentes. 
SAM_1179
Com a perda dos contratos na saúde, bateu o desespero em Aragão que quer impedir licitação no setor que antes atuava com o IDAC
Talvez, por isso justifica as declarações embriagadas de Murad durante comício na Cidade de Coroatá: “Eu não quero imaginar a nossa vida sem o governo,  será a desgraça, a treva, o fim do mundo”, disse, na ocasião.
Uma das Oscips que mais faturaram no governo Roseana Sarney(PMDB), foi o Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania – IDCA, de propriedade de Antônio Augusto Silva Aragão, por coincidência, presidente do diretório regional do PSDC – Partido Social Democrata Cristã, legenda com sede na Rua do Egito, no Centro de São Luis.
Resultado de imagem para RICARDO MURAD  ATRAS DA PORTA
'MAIS SUJO QUE PAU DE GALINHEIRO' Ricardo Murad usava Secretaria para fins políticos em endereçamentos milionários a aliados; R$ 100 milhões desceu para Aragão do PSDC 
Curiosamente, o dono do IDAC, foi escalado pelo ex-secretário de Saúde, Ricardo Murad para tentar atrapalhar o novo modelo de administração da Secretaria de Saúde.
Ontem, segunda-feira 07/04, Aragão junto com outro colega de partido, entraram na Justiça contestando o processo seletivo para contrato de gestão das unidades de saúde do Estado.
Pois bem, vejamos o que está por trás dos interesses dessa velha raposa muito conhecida da política maranhense. O senhor Antônio Augusto Silva Aragão possuía três contratos milionários na gestão Murad na Saúde do Estado:
CONTRATOS
Óbitos - Acreditem, o IDAC foi contratado como entidade para prestar serviços de verificação de óbitos SVO em São Luís, Imperatriz e Timon no valor de R$ 1.812.850,00 pelo prazo de 12 meses, entre fevereiro de 2014 a fevereiro de 2015.
MONÇÃO
No Município de Monção, através de Dispensa de Licitação, Ricardo Murad contratou a entidade para prestar serviços de gestão no Hospital Geral do Município.
15.08.2013 monção
Um dos três contratos com dispensa de licitação entre IDAC de Aragão e SES na Cidade de Monção.
Só em Monção, foram três contratos. O primeiro  no valor de R$ 26.460.000,00 (vinte e seis milhões quatrocentos e sessenta mil), por doze meses, de junho de 2013 a junho de 2014.
Em seguida, o contrato sem licitação recebeu o primeiro aditivo, de R$ 16.537.500,00 (dezesseis milhões quinhentos e trinta e sete mil e quinhentos reais). A vigência foi de 17 de julho de 2014 a 31 de dezembro de 2014.
Antes de sair do comando da saúde, o ex-secretário ainda realizou o segundo aditivo de contrato com o IDAC, com período de vigência janeiro a maio de 2015, no valor R$ 15 milhões.
CARUTAPERA
Na Cidade de Carutapera, a farra foi maior ainda. Com o objetivo de execução de ações e serviços de saúde na Unidade Mista do Município, o IDAC e a SES selaram um contrato que recebeu sete aditivos. Tudo começou em janeiro de 2009, ao valor de R$ 6 milhões pelo prazo de 12 meses.
carutapera 02
Extrato do quinto aditivo, no total de sete que foram realizados entre o IDAC e a SES em Carutapera
A continuidade do contrato se deu através do primeiro aditivo, no valor de  R$ 7,5 milhões, pela vigência de janeiro a dezembro de 2010; Depois começou a farra de prorrogações, pelo valor de R$ 7,5 milhões foi prorrogado de julho de 2011 a junho de 2012.
Murad e Aragão prorrogaram novamente o contrato por mais doze meses, desta vez, no período que compreendeu julho de 2012 a junho 2013, pelo valor de mais R$ 7,5 milhões.
E novamente por mais 12 meses, julho de 2013 a junho de 2014, e agora por um valor bem maior: R$ 8,040 milhões. E para um período de apenas seis meses, a dupla fez outro aditivo, de R$ 4,3 milhões de julho a dezembro de 2014.
Por fim, Murad fez o sétimo aditivo para contemplar o aliado Aragão, até 11 de maio de 2015, pelo mesmo valor da prorrogação anterior, pouco mais de R$ 8 milhões.
IDAC
11.02.2014 obito
Até contrato para verificação de óbitos SVO em São Luís, Imperatriz e Timo era de competência do IDAC
A soma milionária, revela que o Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania faturou mais de R$ 100 milhões ao longo de 6 anos do governo Roseana Sarney Murad.

As informações são do Blog do Domingos 

Protestos pela insegurança no Centro
Do iDifusora com edição da Agência Baluarte Moradores denunciam a falta de estrutura em vários bairros da capital. No centro da capital, a reclamação dos motoristas refere-se principalmente a enorme quantidade de buracos nas vias, que dificultam o tráfego de veículos e ainda podem causar acidentes. 


Resultado de imagem para jeferson portela
POLITICALHANDO Ações da SSP de Jeferson Portela seguem a endemia do 'deixa acontecer para depois remediar'; um estudante foi assassinato por falta de segurança quando se dirigia a um estabelecimento de ensino 
Ao vivo o repórter Eduardo Ericeira trouxe as informações sobre um protesto de estudantes por causa da insegurança na Rua Rio Branco, no Centro. No início deste mês, um estudante foi morto vítima de latrocínio, roubo seguido de morte. 


Resultado de imagem para edivaldo holanda junior
ELE NÃO AMA A CIDADE QUE GOVERNA O prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Junior passa a grande parte do tempo costurando acordos políticos para sua reeleição; ludovicenses realizaram protesto no Centro 
Usuários do transporte público denunciam falta de segurança nos coletivos. Num único dia, mais de oito assaltos a ônibus foram registrados. 

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores