quinta-feira, 9 de abril de 2015
Ed Motta fala mal de público brasileiro e bate boca com seguidores
Polêmico como sempre, Ed Motta causou nas redes sociais nesta quinta-feira. Em sua página do Facebook, o cantor anunciou as datas de sua turnê de shows na Europa. Ao fim, fez uma observação: “Eu agradeço e fico honrado em ser prestigiado pela comunidade brasileira, mas é importante frisar, não tem músicas em português no repertório, eu não falo em português no show... Preciso me comunicar de forma que todos compreendam, o inglês é a língua universal, então pelo amor de Deus, não venha com um grupo de brasuca berrando ‘Manuel’ porque não tem, e muito menos gritar ‘fala português Ed’”.

O cantor Ed Motta: ''O mundo inteiro fala inglês, não é possível que o imigrante brasileiro não saiba um básico de inglês. A divulgação da gravadora, dos promotores é maciça no mundo Europeu, e não na comunidade brasileira. Verdade seja dita, que meu público brasileiro de verdade na Europa...'' 
As queixas do músico não pararam aí. “O mundo inteiro fala inglês, não é possível que o imigrante brasileiro não saiba um básico de inglês. A divulgação da gravadora, dos promotores é maciça no mundo Europeu, e não na comunidade brasileira. Verdade seja dita, que meu público brasileiro de verdade na Europa, é um pessoal mais culto, informado, essas pessoas nunca gritaram nada, o negócio é que vai uma turma mais simplória que nunca me acompanhou no Brasil, público de sertanejo, axé, pagode, que vem beber cerveja barata com camiseta apertada tipo jogador de futebol, com aquele relógio branco, e começa gritar nome de time. Não gaste seu dinheiro, e nem a paciência alheia atrapalhando um trabalho que é realizado com seriedade cirúrgica, esse não é um show para matar a saudade do Brasil, esse é um show internacional”, ralhou.

O texto, é claro, provocou a indignação de seguidores do artista. Mas como polêmica nunca é demais, Motta fez questão de responder um por um. “Ed, vc é um m*. Quer que eu te fale isso em inglês?”. “Se você conseguir, acho importante pra você como cidadão do 3º mundo”, respondeu. “Você fala isso mas outro dia tava tocando em inauguração de árvore de natal de shopping, né, querido, se situa”, apontou uma mulher. “Tenho que trabalhar”, replicou o cantor. “Você trata assim seus ‘cultos e superiores’ fãs internacionais?”, questionou outra. “Eu não falo português porque quero, isso é meu karma”, disse Motta. “Você vê o quanto seu ‘louvado público’ é minúsculo quando o artista tem tempo de responder comentário no Facebook...”, criticou mais um. “Moço caipira de cidade pequena, vc não entendeu nada. Eu respondo porque tenho respeito. Um caipira como vc não está acostumado e "Gonzaga" tb não então dá vontade de dar uma volta na praça né? Voismicê prefere os "artista" num pedestaRR né?”, caçoou o cantor.


Fonte: Extra Rio
Ordem para Choque se retirar de Pedrinhas no resgate de presos partiu do delegado Larrat
Comandante da Inteligência da Sejap afrouxou na missão ao saber que criminosos invadiriam Pedrinhas atirando contra os policiais com fuzis AK 47 e 556

Partiu do delegado de Polícia Civil Roberto Larrat, comandante da Inteligência da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), a ordem para que homens do Batalhão de Choque da Polícia Militar do Maranhão se retirassem das proximidades do Complexo Penitenciário de Pedrinhas na madrugada do Domingo de Páscoa (5), quando oito bandidos fortemente armados resgataram quatro presos do Primeiro Comando do Maranhão (PCM) - ramificação da facção que age nas unidades prisionais de São Paulo, o Primeiro Comando da Capital (PCC) - do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pedrinhas.

Larrat era o responsável por receber as informações repassadas pela Inteligência da PM do Piauí, que monitorou os bandidos em Teresina por 15 dias e repassou a informação do plano de resgate dos presos à Secretária de Segurança Pública (SSP) do Maranhão.

Comandante da Inteligência da Sejap, Larrat teve medo do Choque bater de frente com os criminosos
AFROUXOUComandante da Inteligência da Sejap, Larrat(foto) teve medo do Choque bater de frente com os criminosos
No decorrer da Operação Pedrinhas, ao ser informado do registro de um Boletim de Ocorrência no município de Chapadinha, onde a vítima relatou que teve uma S-10 tomada pelo bando e ouviu que os criminosos pretendiam invadir um dos presídios de Pedrinhas atirando de fuzis AK 47 e 556 contra os policiais - como de fato aconteceu - , o delegado afrouxou na missão e, além de não descrever as características da caminhonete roubada e de outros dois veículos que os criminosos utilizavam na ação, determinou que o coordenador do Ciops retirasse as pressas as três viaturas do local e evitassem o confronto, por medo de que o alto poder de fogo dos criminosos acabasse vitimando toda a tropa e destruísse as viaturas.

Posicionando-se atrás de contêineres e pesos de guindastes que ofereciam segurança e visibilidade da BR e do CPD, somente uma das guarnições do Choque conseguiu chegar a tempo no local e ainda trocar tiros com os bandidos no momento da fuga, mas como os policiais estavam distantes da viatura e da baixa em duas guarnições pelo ordem de deslocamento dada por Larrat, quatro detentos foram resgatados de Pedrinhas por meio de uma escada e uma corda.

Erro operacional

A determinação de Roberto Larrat em retirar os homens do Choque das proximidades de Pedrinhas se deu por falta de entrosamento com os comandos da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) e do Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop), que também sabiam do plano de resgate e chegaram a posicionar homens na área interna dos presídios do complexo penitenciário em sistema de reversamento, mas os retirou pouco tempo depois, sem informar à Larrat.

O medo do vazamento de informações também foi outro motivo que acabou contribuindo para a "falha operacional" da SSP em prender os criminosos e impedir o resgate.

Por determinação de Jefferson Portela, nenhum dos homens escalados para confrontar os bandidos sabia de fato o que estava acontecendo, sendo apenas vendidos na ação, sem qualquer informação sobre o plano de resgate dos presos em Pedrinhas - com exceção de quando os bandidos já estavam em Chapadinha -, e por isso acabaram sendo surpreendidos.


As informações são do Atual7

54 detentos não retornaram após saída temporária de Páscoa

G1

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Sejap) informou nesta quinta-feira (9) que dos 276 presos que receberam o benefício da saída temporária por bom comportamento durante o feriado da páscoa, 54 não retornaram aos presídios em São Luís e Paço do Lumiar. O número elevado representa 20% dos beneficiados.
A saída dos presos ocorreu no último dia 1º e o retorno estava marcado para esta terça-feira (7). Os detentos foram liberados pela juíza Ana Maria Almeida Vieira que assinou a portaria autorizando a saída temporária de apenados para o feriado de Páscoa.
Resultado de imagem para juíza Ana Maria Almeida Vieira
A juíza Ana Maria Almeida Vieira: essa não é a primeira vez que ela manda soltar 
No ano passado, nesse mesmo período, dos 230 detentos que foram beneficiados pela saída temporária da Semana Santa apenas 50 retornaram às unidades penitenciárias onde cumpriam pena, correspondendo, novamente, a 20 por cento de detentos que não retornaram ao presídio.
Durante o período do benefício, os internos contemplados com a saída temporária não podem se ausentar do Estado, ingerir bebida alcoólica, portar armas, frequentar festas, bares ou similares, devendo se recolher às suas residências até as 20h.
A saída temporária é regulamentada pela Lei de Execuções Penais, nos artigos 122 e 123. Os referidos artigos versam que os condenados que cumprem pena em regime semi-aberto poderão obter autorização parasaída temporária do estabelecimento, sem vigilância direta, nos seguintes casos: visita à família; freqüência a curso supletivo profissionalizante, bem como de instrução do 2º grau ou superior, na Comarca do Juízo da Execução; participação em atividades que concorram para o retorno ao convívio social.
Clinica ocupacional é assaltada na capital na tarde desta quinta-feira 

Uma clinica ocupacional localizada na Avenida Jerônimo de Albuquerque foi assaltada na tarde de hoje, quinta-feira, 09. O suspeito que seria deficiente de uma das pernas,  entrou no estabelecimento se passando por paciente, e disse às atendentes que queria fazer um exame de HIV. 

Após pedir para ir ao banheiro, anunciou o assalto portando uma arma de fogo. 

Após pedir para ir ao banheiro, anunciou o assalto portando uma arma de fogo.
Ele levou apenas os celulares das três atendentes e algumas joias. Não havia outras pessoas no local. A clinica conta com sistema de monitoramento que não estaria funcionando no momento do assalto. 

Uma guarnição do 9º batalhão esteve no local para pegar as características do suspeito e começar as buscas.

As informações são do iDifusora 

Universitária sai para procurar emprego e acabada estuprada e estrangulada

Uma universitária de 17 anos foi encontrada estuprada e morta em um terreno baldio na cidade de Içara, no interior de Santa Catarina. De acordo com a Polícia Civil, há suspeitos, mas a autoria do crime ainda não foi confirmada.
Estudante do 1º semestre do curso de farmácia, Vivian Lais Philippi saiu de casa para entregar currículos em busca do primeiro emprego no dia 4 de março. A jovem era a caçula de uma família com cinco filhos.
crime1
Estudante do 1º semestre do curso de farmácia, Vivian Lais Philippi saiu de casa para entregar currículos em busca do primeiro emprego no dia 4 de março
Vivian caminharia até a rodovia para pegar ônibus e seguiria viagem até a casa do namorado que fica em Criciúma, cidade vizinha a Içara. Segundo a polícia, ela saiu de casa e foi agarrada na esquina de um loteamento, a menos de 1 km de casa.
Naquele dia, o mato estava bem baixo, o que indica que a jovem foi arrastada. Exames do Instituto Médico Legal apontaram que Vivian levou uma pancada na cabeça. Ela foi levada até um barraco de madeira, onde foi violentada e estrangulada.
No local, foram encontrados um balde, um carrinho de mão e pertences de Vivian. Somente R$ 30 que estavam com ela foram roubados. Segundo a Polícia Civil, já existem suspeitos, mas a confirmação da autoria do crime ainda depende de alguns exames. No corpo de Vivian, foram encontrados alguns vestígios que serão comprovados com material genético dos suspeitos.
DO R7, COM EDIÇÃO DO GI PORTAL

Prefeitura de Paço do Lumiar convoca população para elaboração da LDO

A Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar realiza hoje(09/04), na U.I. Ministro Henrique de La Roque, no conjunto no Maiobão, respectivamente, as audiências públicas de elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias para o para o exercício financeiro de 2016.
paço ldo foto

O encontro tem como público-alvo, representantes de associações, conselhos, poder público e a comunidade, que apresentarão propostas nos segmentos da educação, saúde, infraestrutura, assistência social, entre outros, a serem desenvolvidas após aprovação do Legislativo Municipal.
A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) orienta a elaboração e execução do orçamento anual e trata de vários outros temas, como alterações tributárias, gastos com pessoal, política fiscal e transferências da União.
Serviço:
O quê: Audiência Pública de Elaboração da LDO
Quando: 09/04 – U.I. Ministro Henrique de La Roque/ Conjunto Maiobão, às 14:30h
Matéria enviada pela Coordenação de Comunicação da PMPL 

A vingança nada convencional de um namorado traído


Presente de namorado é coisa boa? Você provavelmente já ouviu histórias de traição que não acabaram muito bem. Que ninguém gosta de ser traído é fato. Tem gente que releva, tem gente que quer dar o troco… Como foi o caso com Michael Anthony Johnson, de 27 anos. O que impressiona aqui é a criatividade do menino – que apelou para um lado meio…fora do convencional.
feat4
O criativo Michael não é uma pessoa muito violenta. Felizmente, né? A última coisa que precisamos hoje em dia são mais crimes feitos “por amor”. 
O criativo Michael não é uma pessoa muito violenta. Felizmente, né? A última coisa que precisamos hoje em dia são mais crimes feitos “por amor”. Mas apesar de não ter causado danos físicos na jovem, ele ainda responde por um crime – o de invasão de propriedade.
Michael invadiu a casa de sua ex, e resolveu deixar uma série de presentes para ela espalhados pela casa. Presentes que vieram lá de dentro dele. Não exatamente do coração, se é que você entende… Um pouco mais pra baixo.
Pois é. Michael invadiu a casa de sua ex e defecou em lugares não muito apropriados – os lençóis dela, um prato, na carteira da jovem, e até mesmo dentro do armário. Isso sim é ir pra missão com bastante munição, hein?
namorado
Michael invadiu a casa de sua ex, e resolveu deixar uma série de presentes para ela espalhados pela casa. Presentes que vieram lá de dentro dele. Não exatamente do coração, se é que você entende… Um pouco mais pra baixo.
A ex dele estava dormindo, mas os filhos dela confirmaram que viram Michael invadindo o local e exercendo a sua magia. Ele hoje responde por roubo, invasão de propriedade privada, travessuras criminosas, “inconveniências sanitárias”, mentir para as autoridades, furto e por ser um grande stalker.
Que isso fique de lição pra você aí que já pensou em fazer algo do gênero. Por mais divertida que a ideia possa soar, imagina só explicar para os seus companheiros de cela que você foi parar lá por… Bem, você sabe.
E aí, herói ou psicopata? Deem suas opiniões!

Bolsonaro acusa Jean Wyllys de heterofobia por recusar assento ao seu lado

Os dois deputados pegaram o mesmo voo no Rio de Janeiro com destino a Brasília e acabaram em assentos lado a lado no avião

Correio Braziliense

Os deputados federais Jair Bolsonaro (PP) e Jean Wyllys (PSOL) não têm uma relação política muito amigável e já estiveram envolvidos em algumas desavenças. Nesta terça-feira (6/4), Bolsonaro divulgou no Facebook um vídeo que mostra Jean Wyllys mudando de lugar em um voo ao descobrir que seu assento era ao lado do outro deputado. 


Resultado de imagem para BOLSONARO E JEAN WYLLYS
DE LADOS OPOSTOS O deputado Jair Bolsonaro(à direita) foi vítima de preconceito por parte de Jean Willys só porque 'gosta da fruta' 
Procurada pelo Correio, a assessoria do deputado Jean Wyllys disse que ele não tem nada para falar sobre o caso. 

Na publicação do Facebook, Bolsonaro acusou Jean Wyllys de intolerante, preconceituoso e heterofóbico. "Estou me sentindo discriminado aqui, imaginem se fosse o contrário." 

O voo partia do aeroporto do Rio de Janeiro com destino a Brasília.

Carro com detentos de Pedrinhas se envolve em acidente na Ponte José Sarney

Do JP

Ao voltarem de um julgamento que ocorreu no Fórum Desembargador Sarney Costa, alguns presos se envolveram em um acidente na Ponte José Sarney, no São Francisco. O acidente aconteceu na tarde de ontem(08). 

Os detentos foram levados para o Complexo de Pedrinhas em outro veículo (Foto: José Antônio Teixeira)
Os detentos foram levados para o Complexo de Pedrinhas em outro veículo (Foto: José Antônio Teixeira)
Uma mulher que não percebeu o som da sirene ultrapassou o sinal vermelho e colidiu frontalmente com a viatura da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEJAP).
Os detentos foram encaminhados ao Complexo de pedrinhas em outro veículo.

ELE FOI MORTO POR UMA COBRA SUCURI

UM HOMEM FOI ENCONTRADO MORTO ENROLADO EM UMA COBRA SUCURÍ EM FORMOSA DA SERRA NEGRA, NO MARANHÃO 
Na tarde desta quarta-feira, 04/04, moradores da cidade de Formosa da Serra Negra, no Maranhão (481 km de São Luís), encontraram um homem morto por uma cobra sucuri, à beira de um córrego.
Os moradores ao verem a cena, partiram pra cima e mataram a sucuri
A cobra monstro ainda estava enrolada na vítima, identificada com Emanoel da Cunha Lopes, de 30 anos, e já estava prestes a engolir o rapaz. Os moradores ao verem a cena, partiram pra cima e mataram a sucuri, mas o rapaz já estava morto, estrangulado e todo quebrado.
A cobra monstro ainda estava enrolada na vítima, identificada como Emanoel da Cunha Lopes, de 30 anos
Uma cena só imaginada em histórias de pescadores, mas que tornou-se real, pra infelicidade da vítima.

Fonte: bocao64.com

Nº de visitas

Confira a Hora Certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores