segunda-feira, 2 de março de 2015

Qual o objetivo do exército da Igreja Universal?

Jornal GGN, com informações do Minha Informação 

O vídeo de um grupo de jovens em organização militarizada dentro de uma igreja evangélica é preocupante. Coloca em dúvida a laicidade do Estado e a influência que esse tipo de fundamentalismo religioso pode ter na sociedade.
A Igreja Universal do Reino de Deus afirma que o projeto “Gladiadores do Altar” busca resgatar jovens em situação de risco e prepará-los para servir exclusivamente ao ‘Senhor’.
LÓGICA MILITAR Circulam na internet vídeos polêmicos que mostram jovens marchando fardados e em posição de ordem em um templo religioso da igreja evangélica.
Circulam na internet vídeos polêmicos que mostram jovens marchando fardados e em posição de ordem em um templo religioso de uma igreja evangélica. No vídeo, eles recebem comandos de um suposto bispo da igreja, e respondem “o altar” a perguntas como “o que é que vocês querem?”. Até a representação de um ‘escudo militar’ com a sigla G.A (Gladiadores do Altar) é utilizada pelo grupo.
Em um dos vídeos publicados pela própria igreja no Facebook, está um que recebeu mais de 220 mil visualizações até o momento da publicação deste artigo. Nos comentários, é possível notar a preocupação de várias pessoas com o que seria a formação de uma ‘ditadura evangélica’ no Brasil. A semelhança com rituais praticados pelo exército de Hitler na época do Nazismo, ou mais atualmente pelo Estado Islâmico, cujas práticas principais são dominar o mundo com um só pensamento – que consideram o único verdadeiro – e aniquilar quem pensa diferente, também é lembrada. Foi manifestada preocupação com a força que uma alienação religiosa pode levar alguns a fazer em nome de ‘Deus’, como a formação de membros intolerantes como os de grupos que fazem o EI e Al-Qaeda.
IMAGEM DE VÍDEO DIVULGADO NA INTERNET Gladiadores do Altar - Fortaleza Ceará
Gladiadores o que é que vocês querem?
O altar, o altar, o altar
Apesar de estarem num país laico, os cristãos estão constantemente envolvidos em problemas com o restante da sociedade no que se refere a restrição da liberdade com coisas que deveriam ser escolha de cada ser humano. Dentre as questões polêmicas está o reconhecimento de família somente como aquela formada entre homem e mulher. Os cristãos, principalmente, procuram evitar que casais homossexuais se casem ou adotem crianças, por exemplo. Mesmo aqueles que decidem não fazer parte de uma religião cristã são afetados pelos dogmas das igrejas, já que a bancada evangélica no congresso nacional pode sugerir a criação de leis para toda uma população com base no que acredita.
Grupo de jovens recrutados para o ‘exército’ do projeto em Fortaleza.
A Igreja Universal do Reino de Deus afirma que o projeto “Gladiadores do Altar” é um projeto que busca resgatar jovens de todas as idades em situação de risco e prepara-los para servir exclusivamente ao ‘Senhor’. A participação no projeto é opcional para aqueles que querem levar o evangelho deixado por Cristo há milhares de anos, em cumprimento ao registrado em Marcos 16:15: “Ide e pregai o evangelho a toda criatura.” A instituição religiosa diz ainda que ao invés de praticar a intolerância “o projeto realiza reuniões semanais com os rapazes que estão dispostos a abrir mão de suas vidas para que outras pessoas sejam ajudadas”.

ATRIZ SOFRE PRECONCEITO EM REDE SOCIAL POR SER 'GORDINHA'

A atriz e ex-repórter do Vídeo Show, Mariana Xavier, se envolveu num bate-boca com uma seguidora após ser chamada de baleia numa rede social. A discussão começou quando ela postou uma foto em seu Instagram, feita há 14 anos, em que aparece mais magra ao lado do lutador Popó Freitas: “Melhor tu voltar para o ano de 2001 mesmo”, escreveu uma internauta, complementando a frase com o desenho de uma baleia.

Ao ler o comentário, Mariana rapidamente respondeu: “Não quero voltar ao tempo. Sabe por quê? Porque hoje eu sou mais gorda, é verdade, mas também mais amada, mas espiritualizada, mais bem-sucedida, mas realizada, mais bonita e mais feliz! A notícia boa é que o futuro também chegará para você e com ele a esperança de que você seja mais. Mais educada, principalmente”, rebateu.

A internauta não se intimidou e foi ainda mais dura em suas críticas.
“Morra gorda então, cheia de problemas de saúde. Você está no caminho certo”, postou.

A discussão foi encerrada com um novo desabafo da atriz: 
“Morro quando for a hora, gorda ou magra, mas saudável de corpo e alma, feliz como sou e com a consciência tranquila de ter passado coisas boas para as pessoas! E você vai morrer também, viu? Não se engane. Talvez mordendo a língua e intoxicada com o próprio veneno. Equivocada, grosseira, narcisista, sozinha, postando festival de selfie… deve ser ótima companhia (risos)”, finalizou.
Fonte: Site Sou Gordinha Sim
Tribunal de Justiça condena ex-prefeito de João Lisboa por improbidade administrativa 
O juiz Glender Malheiros, titular da 1ª Vara de João Lisboa, proferiu decisão que condenou  o ex-prefeito Francisco Emiliano Menezes por ato de improbidade administrativa. Na ação, o ex-gestor teria praticado, desde 2005, atos de improbidade administrativa, consistente em contratação de pessoal sem o devido concurso público.
Sobre a acusação, o requerido foi devidamente notificado, tendo sustentado que o Município realizou concurso público, e que ele teria expedido decreto no qual demitiu todos os contratados temporários do Município. O ex-prefeito alegou, ainda, que tais contratações foram realizadas em razão de excepcional necessidade transitória da administração pública municipal, bem como com o intuito de empregar pessoas que não tinha qualificação para ser aprovadas em concurso público.
Nas alegações finais, Emiliano Menezes disse, entre outras coisas: que as contratações estavam amparadas pela Lei Municipal nº 87/2006; que o MP faz alegações sem provas; que no ano de 2008, logo após assinatura do TAC, o Município realizou concurso público; que a Justiça do Trabalho é incompetente para o julgamento de ações que discutam relação jurídico-administrativa dos servidores com os entes federativos, razão pela qual não poderia atuar nessa situação o MPT; que o Ministério Público Estadual não aponta qualquer enriquecimento ilícito por parte do réu, ou, ainda, a ocorrência de dano ao erário, mas tão somente infringência a princípios da administração pública; que a contratação de servidores sem concurso público não configura ato de improbidade administrativa quando não há dano ao erário.
Ex-prefeito Francisco Emiliano Menezes: condenado 
Na decisão, o magistrado destaca o art. 11, I, da Lei nº 8429/92 dispõe que constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da Administração Pública: “Constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade, e lealdade às instituições, e notadamente praticar ato visando fim proibido em lei ou regulamento ou diverso daquele previsto na regra de competência”.
“Consta a folha de pagamento do mês de julho de 2008 do município, onde consta uma relação de 23 (vinte e três) servidores contratados temporariamente para cargos como vigilante, merendeira, recreadora, zelador, auxiliar de enfermagem, motorista, auxiliar de administração. Destaco que nenhum destes cargos guarda qualquer excepcionalidade que justifique uma contratação temporária”, ressalta o juiz na sentença.
E continua: “Portanto, quanto à origem das contratações, entendo, em consonância com o pedido de condenação formulado pelo Ministério Público, que decorreu afronta à Constituição Federal que prevê como regra, o princípio do Concurso Público”.
E conclui ao final, julgando procedente o pedido para condenar o ex-prefeito de João Lisboa, Francisco Emiliano Ribeiro de Menezes pela prática dos atos descritos acima, tendo em consideração os princípios da razoabilidade e proporcionalidade, da seguinte forma: Suspensão dos direitos políticos pelo período de 3 (três) anos; Pagamento de multa civil que arbitro em 10 (dez) vezes o valor da remuneração percebida pelo réu quando prefeito.

Resultado de imagem para reinaldo azevedo
Por Reinaldo Azevedo
Meu pingo final vai para um mal-estar que acomete Brasília: a TPLJ, a Tensão Pré-Lista do Janot. Há especulações para todos os gostos. Chegou-se a falar que ela poderia incluir até 80 políticos. Agora, consta, o número ficará em torno de 40.
O mais provável é que o procurador-geral da República não ofereça denúncias, contentando-se com o pedido de abertura de inquérito — o que pode fazer com que esse processo se arraste por mais tempo do que o do mensalão. Também para isso, é preciso que o Supremo dê autorização.
O boato mais denso de Brasília, no momento, está em linha com a conversa que José Eduardo Martins Cardozo manteve com Sérgio Renault, advogado da empreiteira UTC: a lista de pessoas que, segundo o procurador, devem ser investigadas em inquérito incluiria nomes graúdos da oposição.
Caso venha, então, à luz uma lista suprapartidária, a presidente Dilma sairia das cordas, a oposição refrearia suas críticas — não que a sua indignação esteja alinhada com a do país, diga-se —, o PT viria com a cascata de sempre do “não somos só nós” e “por isso queremos reforma política, com fim da doação de empresas privadas a partidos”, e a política, nesse modelo, voltaria à modorra de sempre, que nos conduziu até esse estado melancólico.
É… De certo modo, a tensão se justifica, não é mesmo? A lista vai dizer se o petrolão se exporá na sua real natureza — um partido político privatizando o estado para atender a seu projeto de poder — ou servirá como pretexto para a demonização da política como um todo: “Todos são iguais, e o PT é apenas um dos culpados”.
Nota do Ministério Público

A propósito: o Ministério Público Federal divulgou uma nota neste domingo em que reconhece o óbvio: a Controladoria-Geral da União tem competência e legitimidade para celebrar acordos de leniência, mas ponderou, no entanto, que o governo deveria preocupar-se mais com as “consequências econômicas e sociais da corrupção” do que com a reabilitação de firmas flagradas na Operação Lava-Jato.
Com a devida vênia, é retórica exacerbada, da linha “muito calor e pouca luz”. Um acordo de leniência, reitere-se, não impede punições. O ponto, já abordei aqui, é outro: ao tratar do assunto, o advogado geral da União, Luís Inácio Adams, põe o carro adiante dos bois.
Quanto ao mais, é claro que as empresas têm de ser punidas. Mas sempre que se tentar transformar as empresas no eixo do petrolão — e a nota faz isso —, eu vou contestar. Alguns políticos querem que acreditemos nisso. O PT quer que acreditemos nisso. O subjornalismo petista quer que acreditemos nisso.
Eu aguardo a “Lista de Janot” para saber se o Ministério Público Federal dá o devido peso às “consequências econômicas e sociais da corrupção”.
Vamos ver.

Reinaldo Azevedo é blogueiro de Veja. 

Tribunal de Justiça do Maranhão emprega pai do deputado Edilázio Júnior 
edilazio 3
EM FAMÍLIA Edilázio é casado com a filha da desembargadora Nelma Sarney; facilidade que rende ao pai dele(na foto) quase R$ 14 mil por mês
O dia 20 de agosto de 2013 foi decisivo para o Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) e para Edilázio Gomes da Silva – pai do deputado estadual Edilázio Junior (PV). Neste dia, uma sexta-feira, a presidente do TJ-MA, desembargadora Cleonice Silva Ferreira, assinou o ato de número 1828/2013 em que nomeia o pai do parlamentar no cargo em comissão de coordenador administrativo do Fórum Desembargador Sarney Costa. A portaria foi publicada no Diário da Justiça no dia 30 de dezembro daquele ano.
unnamed (2)

A constatação da prática – chamada de nepotismo cruzado – quando parentes de políticos de um dos poderes são contratados para trabalhar no outro, foi feita pelo BLOG com base na folha de pagamento de pessoal divulgada na própria página do portal do Poder Judiciário, conforme determina a Resolução nº. 151 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Os vencimentos do pai de Edilazio como funcionário do Judiciário estadual chegam perto de R$ 14 mil mensais.


unnamed

CASO NÃO É O ÚNICO   

A contratação do pai do deputado estadual Edilázio Junior para um cargo de comissão no Tribunal de Justiça do Maranhão não é um caso isolado de nomeações, no TJ, de parentes de autoridades de outros órgãos públicos. O próprio parlamentar já passou por experiência semelhante. Em 2004, ele que é genro da desembargadora Nelma Sarney, Corregedora-Geral de Justiça, trabalhou como agente judiciário administrativo, exercendo o cargo em comissão de assessor da própria sogra – no Tribunal de Justiça do Maranhão.

nomeacao

Um ano depois, Edilázio Júnior foi exonerado do cargo de assessor da desembargadora, em face da Resolução nº 07, do CNJ, e passou a exercer cargo comissionado de assessor no gabinete do Desembargador do TRT, Alcebiades Tavares Dantas. O caso que foi caracterizado de nepotismo cruzado, ocasionou um pedido de providências junto ao CNJ.

MAIS NEPOTISMO CRUZADO 
Ainda esta semana, o blog vai trazer uma lista detalhada de nepotismo cruzado envolvendo parentes de políticos de um dos poderes que são contratados para trabalhar no outro. Aguardem!

Fonte: Blog do Antônio Martins com edição da Agência Baluarte

Apresentador tem testículos roubados

Polícia russa acredita que Dmitry Nikolaev foi vítima de quadrilha de venda de órgãos no mercado negro

O apresentador de televisão Dmitry Nikolaev, 30 anos, estava em um bar de Moscou, Rússia, quando foi abordado por uma mulher que, segundo relatos, era loira e atraente. Os dois começaram a conversar e decidiram ir a uma sauna. No local, o homem bebeu uma cerveja e, mesmo sendo casado, beijou a mulher. Tempos depois, desmaiou. A história foi noticiada pelo site do jornal britânico "Mirror".

Dmitry foi abordado por mulher que pode fazer parte de quadrilha de venda de órgãos / Reprodução/Daily Mirror
Dmitry sentia dores muito fortes na região genital e estava coberto de sangue
Ao acordar, Dmitry sentia dores muito fortes na região genital e estava coberto de sangue. Levado a um hospital, foi descoberto que o apresentador estava sem seus testículos. Ele disse que não se lembra de nada, após ter bebido a cerveja.

De acordo com a polícia, o procedimento para a retirada dos testículos foi precisa e profissional. Por isso, surgiu a suspeita de que a loira seja integrante de uma quadrilha de venda de órgãos no mercado negro. 

Para os médicos, a retirada dos testículos de Dmitry foi feito por um médico ou um veterinário. Segundo a imprensa russa, no hospital, o apresentador precisou passar por uma cirurgia.

Para sua mulher, Dmitry disse que foi parar no hospital porque passou mal subitamente. 


Fonte: Band
Obra de Roseana Sarney, Via Expressa não dura 3 meses

Blog do Jeisael com edição da Agência Baluarte

Inaugurada a segunda etapa no início de dezembro, a Via Expressa nunca ficou pronta de verdade. A obra foi entregue às pressas por Roseana Sarney antes de abandonar o governo, e já apresentava defeitos. Agora, menos de 3 meses depois, a via está interditada. O asfalto cedeu de um lado a outro, nas três pistas do sentido Maranhão Novo/Jaracaty, na altura do bairro Vinhais Velho, próximo ao cemitério. 

A Via Expressa nunca ficou pronta de verdade 
Há cerca de uma semana, o asfalto já havia cedido na primeira pista. Com as chuvas dos últimos dias, o problema se agravou, e na manhã desta segunda-feira (02), a via foi interditada, forçando os motorista a pegar um desvio, que, na verdade, seria um dos braços da Via Expressa que não foi concluído.   

O asfalto cedeu exatamente no local por onde passa a tubulação de escoamento, e pode, inclusive, atingir o lado oposto
Não precisa ser especialista para perceber o que ocasionou o problema. O asfalto cedeu exatamente no local por onde passa a tubulação de escoamento, e pode, inclusive, atingir o lado oposto. Com a obra sem conclusão, a água, que deveria seguir pelas caixas de coletas, deve ter se infiltrado pelas laterais da parede e da tubulação. Sem tampas, as caixas também representam um grande perigo para moradores e pedestres que passam pelo local.

Com a obra sem conclusão, a água, que deveria seguir pelas caixas de coletas, deve ter se infiltrado pelas laterais da parede e da tubulação
As cabeceiras das pontes também apresentam problemas. Os motorista são pegos de surpresa pelos buracos ao fim da travessia e pelos desníveis no acesso e durante o trajeto pelas pontes.

Uma obra anunciada como a “salvação” para os problemas do trânsito da região entre Jaracaty e Maranhão novo, mostra-se agora como símbolo da incompetência e do descaso da ex-governadora Roseana Sarney
Uma obra anunciada como a “salvação” para os problemas do trânsito da região entre Jaracaty e Maranhão novo, mostra-se agora como símbolo da incompetência e do descaso da ex-governadora Roseana Sarney, que “inaugurou” a obra apenas para constar como sendo sua, sem ter a menor responsabilidade com a segurança de quem trafegaria pela avenida.

A Via Expressa consumiu mais dinheiro do que deveria, em razão de erros de projeto e de defeitos, a exemplo de uma ponte que cedeu e até hoje apresenta problemas.
Cheia de polêmicas desde o início, a Via Expressa consumiu mais dinheiro do que deveria, em razão de erros de projeto e de defeitos, a exemplo de uma ponte que cedeu e até hoje apresenta problemas.

Educadores de Paço do Lumiar avaliam Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

Foi concluída no último fim de semana a avaliação do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) de Paço do Lumiar. Em formato de seminário, professores da alfabetização, gestores de escolas, monitores, educadores em geral, pais e responsáveis mensuraram os resultados obtidos na aplicação do programa federal nos anos de 2013 e 2014, no município.
Professores, gestores de escolas, monitores e demais educadores, pais e responsáveis mensuraram resultados do programa federal
Em formato de seminário, professores da alfabetização, gestores de escolas, monitores, educadores em geral, pais e responsáveis mensuraram os resultados obtidos na aplicação do programa federal nos anos de 2013 e 2014, no município.
O seminário promovido pela Secretaria Municipal de Educação contou com a presença do prefeito de Paço do Lumiar, professor Josemar Sobreiro (PR), da Secretária de Educação, Graça Privado, membros do legislativo, Conselho Municipal de Educação, e de docentes especialistas em Educação, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA).
A adesão do PNAIC aconteceu em 2013 pelo prefeito Josemar Sobreiro, como uma política de fortalecimento e de apoio às séries iniciais, com foco na alfabetização de crianças até 8 anos de idade. “É uma imensa contribuição para a educação básica, uma vez que não existia, no município, uma política de alfabetização. Uma inciativa que deu certo e que chegamos a resultados concretos com o empenho dos nossos educadores”, destacou o prefeito.
Estrutura
O programa integra uma série de ações, materiais e referências curriculares e pedagógicas disponibilizados pelo Ministério da Educação (MEC), tendo como eixo principal a formação continuada dos professores alfabetizadores.
Professoras apresentaram trabalhos que favorecem a alfabetização na idade certa
“É uma imensa contribuição para a educação básica, uma vez que não existia, no município, uma política de alfabetização. Uma inciativa que deu certo e que chegamos a resultados concretos com o empenho dos nossos educadores”, destacou o prefeito.
As formações aconteciam uma vez ao mês com a aplicação de metodologias voltadas ao letramento, na utilização de recursos didáticos da língua portuguesa e da matemática. Cinquenta escolas desenvolveram o PNAIC com os alunos do 1º ao 3º ano fundamental.
A coordenadora do PNAIC de Paço do Lumiar, Izoila Lucena enfatizou o ganho para a Educação, nesse período. “O Pacto além da sua proposta de alfabetizar as crianças oportunizou também, aos educadores, o desenvolvimento de habilidades, metodologias inovadoras aliadas ao lúdico, através de produção literária, da dança e da música”, citou.
De acordo com a secretária de Educação, Graça Privado, o encontro foi muito positivo pelo envolvimento da comunidade escolar em todo o processo de desenvolvimento do pacto. “Concretizamos um processo, com o sentimento de que os objetivos proposto pelo Governo Federal foram alcançados em dois anos, no município de Paço do Lumiar. A nossa intenção é de que o PNAIC tenha continuidade, alavancando ainda mais o IDEB”, reforçou a secretária.
Para a professora Joelma Reis Correia, da UFMA, Paço do Lumiar está desenvolvendo grandiosamente e com qualidade o pacto. “O município mostra com essa ação, a importância da educação continuada com novas estratégias de aprendizado aos alunos em formação”, disse.
Durante os três dias do evento foram apresentados palestras, mesas redondas, exposição de trabalhos e experiências dos professores alfabetizadores, e apresentação cultural dos projetos da rede municipal.

Matéria enviada por Coordenação de Comunicação da Prefeitura Municipal de Paço do Lumiar. 

Flávio Dino nomeará hoje Ricardo Capelli como secretário de representação no Distrito Federal 

O governador Flávio Dino (PCdoB) já escolheu o substituto de Domingos Dutra para a secretaria de representação no DF. Será o jornalista Ricardo Cappeli, que será nomeado ainda nesta segunda-feira (2).
capelli
ANOMALIA Ricardo Cappeli 'nunca pisou no Maranhão', mas será secretário do Governo do Estado 
O governador preferiu um nome “estrangeiro” com ''trânsito'' no governo federal e membro do seu partido. Cappelli é o presidente da Lei de Incentivo ao Esporte e secretário nacional de esporte. Ele também exerceu uma série de cargos no Ministério do Esporte.
Militante do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), foi presidente da União Nacional dos Estudantes entre 1997 e 1999. Mas nunca pisou no Maranhão. 
EX-CANDIDATO A PREFEITO DE RIBAMAR FALOU SOBRE O ATUAL MOMENTO SOCIOPOLÍTICO PELO QUAL PASSA A CIDADE 

Após uma enxurrada de denúncias e ações do MP contra o atual prefeito de Ribamar, Gil Cutrim e seu antecessor Luis Fernando Silva, a Agência Baluarte resolveu entrevistar um dos lideres da oposição presente no cotidiano das comunidades ribamarenses.

Arnaldo Colaço é advogado, foi ex-candidato a Prefeito da cidade balneária em 2012 e é um dos dirigentes do diretório municipal do PSB.  Perguntamos a ele, dentre outras questões, como a oposição vem vendo o atual momento político pelo qual passa o município. 

A entrevista, concisa, visou trazer aos leitores a visão de quem está do lado oposto da governabilidade. É a primeira vez na história de São José de Ribamar que o leque da transparência é aberto com relevância a ponto de terem sido quebrados alguns paradigmas. A atuação do Ministério Público, segundo Colaço, foi fundamental nesse processo. Boa leitura:

Por Fernando Atallaia
Editor da Agência Baluarte
atallaia.baluarte@hotmail.com

Agência Baluarte-São José de Ribamar tem sido nas últimas semanas palco de graves denúncias envolvendo o atual e o ex-prefeito da cidade. Como a oposição vê esse novo momento vivenciado no município?

Arnaldo Colaço- O município de São José e Ribamar está sendo governado pelo mesmo grupo há exatamente uma década e, hoje, vivemos uma corrupção endêmica na cidade e essa corrupção reflete no caos que a cidade está enfrentando. O dinheiro do município não sobra mais pra quase nada e pouco se faz diante da capacidade financeira de nossa cidade. Com a chegada da Promotora de Justiça  Elisabeth Albuquerque de Sousa Mendonça a história começou a mudar, os crimes que sempre ficavam impunes começaram a ser apurados e os responsáveis levados à Justiça. Todos os ribamarenses estão vendo as máscaras caírem, a verdade aparecer.
O ex-candidato a Prefeito de Ribamar, Arnaldo Colaço: ''Tinha aqui em São José de Ribamar uma compreensão de que corruptos e corruptores que estão no poder nunca eram investigados, podiam roubar e desviar à vontade e por se acharem poderosos estavam longe de serem punidos, a cultura que está sendo implantada diz que: não importa  se está no poder e se se  acha poderoso, desviou dinheiro público vai devolver para os cofres púbicos e vai ser punido com o rigor da Lei''. 


Agência Baluarte- Em sua opinião, o Ministério Público local vem desenvolvendo um trabalho de elucidação quanto à má aplicabilidade do dinheiro público em Ribamar?
Arnaldo Colaço- O papel do Ministério Público, nos termos da Constituição Federal, é defender a ordem  jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis. A Promotora Elisabeth Albuquerque de Sousa Mendonça apenas está exigindo o cumprimento da Lei e prezando pela boa aplicação do dinheiro público. Ela está trazendo elementos importantes para a cultura política da cidade, tinha aqui em São José de Ribamar uma compreensão de que corruptos e corruptores que estão no poder nunca eram investigados, podiam roubar e desviar a vontade e por se acharem poderosos estavam longe de serem punidos, a cultura que está sendo implantada diz que: não importa  se está no poder e se se  acha poderoso, desviou dinheiro público vai devolver para os cofres púbicos e vai ser punido com o rigor da Lei.

Agência Baluarte- Recentemente, o ex-prefeito Luís Fernando Silva atribuiu a ação do MP contra ele  a uma motivação política desencadeada por um líder da oposição. Há legitimidade nesse discurso?

Arnaldo Colaço- Não. Nenhuma legitimidade. 

Agência Baluarte- Após uma rápida análise da conjuntura sociopolítica da cidade, percebe-se de forma clara que a população ribamarense vem participando do debate sobre as questões que envolvem o município em tempo real. Como pré-candidato a Prefeito, já é possível se chegar a uma definição  do perfil do eleitor de 2016? 

Arnaldo Colaço- São José de Ribamar vive um novo momento, a população está mais ativa e as informações da real situação da cidade chega com mais intensidade nos lares e celulares espalhados por toda a cidade. Agora não dá para mascarar uma falsa realidade como se via no passado, a realidade chega em tempo real e da mesma forma vai ser em 2016. O Eleitorado vai contar com mais informações na hora de decidir em quem votar. 2016 vai ser uma realidade totalmente diferente daquelas que já tivemos até agora.

Agência Baluarte- É perceptível que o PSB, o seu partido, vem se apresentando nas  comunidades de forma continuada e frequente. Qual será o reflexo do trabalho que vem sendo desenvolvido pela legenda em São José de Ribamar?

Arnaldo Colaço – Nós temos feito um trabalho constante em São José de Ribamar, não esperamos a eleição chegar para defender os interesses de nosso povo. Fizemos isso com a luta do ITBI, dos professores, dos servidores públicos municipais e hoje estamos firmes na luta por moradia, por mais qualidade de vida nos bairros, ou seja nunca paramos. Já com relação a 2016, o PSB possui um projeto para nossa cidade e esse projeto iniciou em 2012 quando fui candidato a Prefeito. Nós da oposição sabemos que a unidade nos levará à vitória e temos como exemplo o que aconteceu com Flávio Dino que conseguiu unificar a oposição do Estado e derrotou a Oligarquia Sarney que governava há 50 anos. O meu nome está colocado para ser apreciado pelos partidos da oposição e nós acreditamos que temos condições de unificar a oposição e, com isso, criar as condições para ganhar as eleições e estrear uma nova forma de governar a nossa cidade, com transparência e com um olhar humano, bem diferente do que acontece hoje. 

No rastro da fortuna de Nestor Cerveró
por Antonio Carlos Prado eNo rastro da fortuna de Nestor Cerveró
COMO ELE GANHOU TANTO DINHEIRO?

Resultado de imagem para CERVERÓ

Por Antonio Carlos Prado e Elaine Ortiz
De Veja

Está em uma das mais famosas ruas do Brasil o apartamento de R$ 7,5 milhões que o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró comprou com dinheiro desviado da estatal. A cobertura na rua Nascimento Silva, no Rio de Janeiro, imortalizada graças à boa poesia de Vinicius de Moraes, foi sequestrada pela Justiça na quinta-feira 26. Além desse imóvel, o juíz Sergio Moro acolheu denúncia contra o ex-diretor por lavagem de dinheiro e bloqueou R$ 106 milhões de suas contas; a PF iniciou investigação sobre a denúncia de que Cerveró esconde da Justiça uma monumental fortuna constituída de ouro, diamante e demais pedras preciosas. A cobertura duplex na rua cantada por Vinicius foi comprada por meio de uma offshore instalada no Uruguai.

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores