segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Magistrados do Maranhão aprendem técnicas de tiro defensivo

Magistrados que atuam na região dos Cocais e outras comarcas participaram, no sábado (6), do Curso de Tiro Defensivo, promovido pela Associação dos Magistrados do Maranhão (AMMA), em parceria com a diretoria de Segurança Institucional do Tribunal de Justiça (TJMA).
O treinamento foi ministrado no Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Piauí (BOPE/PMPI), em Teresina, pelo instrutor Lindemberg Melo e equipe da Diretoria de Segurança Institucional.
Participaram do curso, o presidente da Comissão de Segurança Institucional do TJMA, desembargador Raimundo Barros, e os juízes Elismar Marques, João Pereira Neto, Marcos Aurélio Marques, Carlos Eduardo Mont’Alverne, Paulo Brasil, Raquel de Menezes, Edmilson Lima, Paulo Ribeiro, Alessandro Arrais, Jorge Leite e Marcela Lobo.
Os magistrados receberam instruções sobre as técnicas de tiro defensivo em alvo singular, tiro defensivo em alvos múltiplos, reação a abordagens hostis, além de técnicas e táticas de confronto armado em várias situações. Cada magistrado efetuou em média 120 tiros, com pistolas nos calibres 380 e 40 e revólver calibre 38.

O treinamento foi ministrado no Bope da Polícia Militar do Piauí
ELES NÃO ESTÃO DE BRINCADEIRA Os magistrados receberam instruções sobre as técnicas de tiro defensivo em alvo singular, tiro defensivo em alvos múltiplos, reação a abordagens hostis, além de técnicas e táticas de confronto armado em várias situações
“Esse projeto visa capacitação dos magistrados na aplicação de técnicas que possibilitem o emprego de suas armas de fogo na defesa de eventuais ataques, além de possibilitar a prática do tiro defensivo”, disse o diretor de Segurança, major Alexandre Magno de Sousa.
O representante da AMMA na Comissão de Segurança, juiz Rodrigo Nina, informou que a intenção da Associação é ofertar o treinamento ainda neste semestre para a Região Tocantina e, posteriormente, aos magistrados de São Luís.
O juiz da comarca de Timon, Josemilton Barros, elogiou o nível do curso, destacando a atuação e o preparo do instrutor que soube transmitir técnicas não apenas sobre o manuseio de armas como, também, ensinando a identificar os riscos que os magistrados vivenciam no exercício da profissão e também no dia a dia de cidadãos.
Para o juiz da comarca de Caxias, João Pereira Neto, o curso é uma iniciativa de elevado gesto que demonstra o firme compromisso do Tribunal de Justiça e da AMMA em valorizar as condições de vida e de trabalho dos magistrados maranhenses, especialmente no aspecto da segurança pessoal.
Os participantes receberão certificado com carga horária do curso e laudo de capacidade técnica para manuseio de armas de fogo, que servirá para aquisição e/ou renovação do registro de suas armas.

Da Assessoria de Comunicação do TJMA
PM do Choque permanece internado no Carlos Macieira
Permanece internado no hospital Carlos Macieira, em São Luís, um soldado do Batalhão de Choque da Polícia Militar que foi atingido com tiro durante tentativa de assalto dentro de um ônibus que fazia linha Rio Grande, na estrada de Ribamar. O caso aconteceu no dia 19 de janeiro deste ano.
O soldado teve uma piora no quadro clínico nesta segunda-feira (09), segundo informações do Comando de Policiamento Urbano (CPU)
Na mesma ação, um adolescente de 17 anos morreu durante confronto com o PM. Outros dois adolescentes teriam participado da tentativa de assalto, mas conseguiram fugir. O cobrador de ônibus também foi baleado.
O soldado teve uma piora no quadro clínico nesta segunda-feira (09), segundo informações do Comando de Policiamento Urbano (CPU), e permanece sob os cuidados médicos. O jornalismo da TV Difusora tentou contato com o hospital Carlos Macieira, mas não obteve boletim médico atualizado.
Fonte: iDifusora

POESIA EM CADA ESPAÇO

Por José Neres
A cada dia, milhares de novos versos saem da cabeça de seus autores e ganham vida em uma folha de papel ou na tela de um computador. Alguns desses poemas talvez jamais serão vistos por outras pessoas que não sejam os seus autores. Outros, no entanto, possivelmente um dia serão organizados e diagramados em forma de livro, físico ou virtual, e trarão a seus autores sensações díspares que podem ir do êxtase supremo à mais à mais profunda certeza de que todo o esforço foi em vão. Mas de alguma forma, todos saem transformados da experiência da publicação de um livro.

Há autores que se apressam em ver seus trabalhos enfeixados em um volume, de preferência com uma bela encadernação e com a ostentação do nome em algum lugar da capa. Em casos assim, quase sempre o resultado é desastroso. O que era para ser poesia torna-se um amontoado de palavras em busca de um sentido que nem sempre será alcançado. Às vezes, a Poesia agoniza aprisionada em versos que servem apenas para satisfazer o ego do autor.

Por outro lado, há escritores talentosos que preferem, por diversas razões, não mostrar seus poemas. Em muitos casos, a gaveta trancada se torna o depósito de algumas preciosidades que, misturadas a outros tantos versos comuns cairão no esquecimento até mesmo do próprio poeta.

No entanto, há também o caso dos poetas conscientes de que a Poesia está em todos os lugares, mas que nem sempre é possível reproduzi-la em palavras, porém, quando isso ocorre, é motivo de muita alegria. Esse tipo de poeta sabe que nem tudo o que é produzido vem com a qualidade desejada e por isso mesmo aprendeu a selecionar o que deve e o que pode vir a público nas páginas de um livro.

É nesse último caso que se deve encaixar o experiente e até agora quase inédito Fernando Atallaia, que depois de muito produzir, de muito lutar e brincar com as palavras agora decidiu selecionar seus poemas e publicá-los em forma de livro.

Nota-se, desde os primeiros versos da Ode Triste para Amores Inacabados, que não se trata de um trabalho impulsionado pelo mero desejo de publicar um livro, mas sim de uma obra pensada e planejada com começo, meio e fim. O Poeta sabe que “toda poesia tem suas dependências” e faz o possível para respeitar as intimidades da Poesia. Mas Fernando Atallaia, leitor experiente de poetas das mais variadas estirpes, sabe que a Poesia, embora inspire todo o respeito que uma dama séria exige, também gosta de ser devassada e dessacralizada pelas pessoas a quem ela se entrega.

Embora ainda contido na dessacralização da forma, o autor de Ode Triste para Amores Inacabados aproveita as permissões da Senhora Poesia e imiscui nas sendas dos versos um pouco de sua verve crítica, seu descontentamento com o mundo e um certo desapego às convenções formais. Ele sabe que a Poesia não pode fechar os olhos nem para um homem que, desesperado, pede a amada em casamento, nem para um “cafajeste em quatro tempos” e muito menos pode ficar indiferente às “putas-primeiras das primeiras damas em seus apelos” nem às meninas que não têm cama nas cozinhas e não têm boca para a fome. Ela não é de uma elite. Ela é de todos e de todas.

Mesmo sabendo que “toda poesia tem seu silêncio”, Atallaia opta por uma Poesia que grita aos quatro ventos que quer ir além das belas fachadas da sociedade e que deseja visitar tanto as luxuosas salas de visita, quanto as lúbricas alcovas e até mesmo os mais espúrios banheiros de uma sociedade que já muito se escondeu sob as formas do silêncio e inclusive da própria Poesia.

Com este livro, Fernando Atallaia demonstra que soube (es)colher seus poemas na hora exata e que saber esperar também faz bem à Poesia.


José Neres é Professor Universitário, Escritor e Crítico Literário, membro da Academia Maranhense de Letras. 

Enfermeira reage e diz que agora mesmo é que vai incomodar as barangas

Blog do Luís   

Ao contrário do que muitos imaginavam, a enfermeira Cristina Bastos não se sentiu constrangida e nem tão pouco deprimida com as fotos em que aparece pelada em todas as posições, enviadas pela esposa de um médico com quem ela tem um caso.
Ao contrário do que muitos imaginavam, a enfermeira Cristina Bastos não se sentiu constrangida e nem tão pouco deprimida com as fotos em que aparece pelada
Na sua rede social ela reagiu e disse que não tem arrependimento de ter enviado as fotos para o amante e que agora mesmo é que vai incomodar as feias.
Leia abaixo o que disse a enfermeira Cristina Bastos e clique aqui Só-para-maiores-de-18-anos1 para olhar as fotos íntimas dela.

Enforcamento, tiro no olho e execução, oito homicídios em São Luís no final de semana

O final de semana foi de muitos assassinatos na região metropolitana de São Luís. Foram registrados oito mortes violentas entre sábado e a madrugada desta segunda-feira (9).
Na madrugada de sábado, um corpo deu entrada no Instituto Médico Legal. A vítima foi assassinada a tiros na região da Vila Natal, no Coroadinho. O corpo permanece sem identificação.
CUIDANDO DA VIDA DAS PESSOAS O secretário de Segurança do Estado do Maranhão, Jeferson portela: oito homicídios no final de semana 
O crime de maior repercussão foi a morte de Maiara de Sousa Amorim, de 19 anos, assassinada no bairro de Pedrinhas. A funcionário do São Domingos foi enforcada até a morte em um matagal .
Crimes
No bairro do Cruzeiro do Anil, um jovem identificado como Antônio Francisco Lisboa da Silva, de 26 anos, foi assassinado a tiros. Este foi o último homicídio do sábado.
No domingo (8), Flávio Henrique Gonçalves Viana, de 26 anos, foi assassinado a tiros por volta das 12h. Elementos em um carro chegaram atirando na vítima. Pessoas da comunidade ainda revidaram contra os indivíduos no carro, que abandonaram o veículo e fugiram em outro carro que dava apoio.
Outro homicídio ocorreu no Alto de Fátima, no Bairro de Fátima. Lá, Cláudio José Souza Cardoso, de 36 anos, vulgo Spike, foi assassinado com um tiro no Olho Esquerdo. No bairro Cruzeiro, em Ribamar, a vítima fatal foi Paulo Henrique Lima Silva, que foi assassinado a tiros.
Na Liberdade, por volta das 21h, mataram Carlos Alberto Alves de Almeida. O autor do crime, identificado como Bruno Cesar Sá Reis, foi preso.
O último homicídio do final de semana foi registrado na madrugada desta segunda-feira (9), por volta da 00h30. Gilfran Bizerra Nascimento, de 26 anos, foi assassinado com cinco tiros.

Pinheiro 

Jovem de 22 anos é morto com tiro na cabeça


Blog do Vandoval Rodrigues

Mais um jovem foi vitima da violência urbana em Pinheiro. Por volta das 2:00h da manhã deste domingo, 08, Joelson dos Santos Pereira Lopes de 22 anos, foi assassinado no Bairro do Campinho.

Joelson e a namorada, saiam de uma festa na casa de Show TBD Eventos, e próximo à Rodoviária de Pinheiro faram abordados por dois homens. De acordo com amigos da vitima, os homens se aproximaram e com a moto ainda em movimento efetuaram um disparado que atingiu a cabeça de Joelson.

Joelson conduzia uma moto Honda Broz de cor laranja, mas nenhum pertence da vitima foi levado
Os assassinos estavam  numa moto Honda Fan de cor preta e sem capacete.

Joelson conduzia uma moto Honda Broz de cor laranja, mas nenhum pertence da vitima foi levado. O jovem ainda foi socorrido, mas não resistiu o ferimento.

Joelson era morador da Rua da usina no Bairro de Pacas, seu corpo está sendo velado na casa da família.


Familiares e amigos procuram uma resposta para o crime, já que Joelson, sempre teve uma boa conduta e nunca teve envolvimento com coisas ilícitas, não era de confusão e não tinha inimigos.

Nova testemunha da Lava Jato diz que propina era discutida em prostíbulos

A Arxo foi um dos principais alvos desta nona fase da Lava Jato 

BRASÍLIA, DF - Uma das testemunhas da nova fase da Operação Lava Jato, que era funcionária da empresa Arxo Industrial, afirmou ao Ministério Público Federal que o fornecimento exclusivo de tanques para a BR Distribuidora, subsidiária da Petrobras, foi obtido pela empresa mediante o pagamento de propinas. 
Ela disse ainda que um avião da Arxo foi usado para buscar empregados da BR Distribuidora no Rio de Janeiro "para passear" e que eles eram levados para "boates e prostíbulos", onde eram discutidos negócios da Arxo e o pagamento de propinas. 
Eles macularam a Casa
A Arxo foi um dos principais alvos desta nona fase da Lava Jato, que se concentrou no pagamento de propinas à BR Distribuidora e identificou novos operadores que atuam junto à Petrobras. Três de seus diretores foram presos temporariamente na quinta (5): João Gualberto Pereira Neto, Gilson João Pereira e Sérgio Ambrósio Marçaneiro. 

A testemunha disse ao Ministério Público que constatou um saque de R$ 7 milhões do caixa da empresa para "pagamentos suspeitos" e que o operador Mário Frederico Mendonça Goes, intermediador das propinas, recebia 5% a 10% dos contratos da Arxo com a BR Distribuidora, para pagar propinas. A testemunha afirmou ainda que Goes tinha informações privilegiadas da Petrobras e as repassava à empresa Arxo. 
Segundo o Ministério Público Federal, Goes "atuou como operador financeiro em nome de várias empresas e/ou consórcios de empresas contratadas pela Petrobras" e tratava do pagamento de propinas. A Justiça Federal expediu um mandado de prisão preventiva contra ele.
Neto Hadad pode vir a revelar todas as razões por que deixara a Prefeitura de Santa Inês 
Tô na área , se derrubar é penalty

Blog do Machado com edição da Agência Baluarte

Ex-homem forte do governo Ribamar Alves, Neto Haddad volta a cena política fazendo revelações, desabafos, e mandando recado direto para aquele que ele chama de “o amigo de uma vida inteira”.

O jornalista Neto Haddad foi um dos responsáveis pela eleição de Ribamar Alves, participou ativamente da composição do governo e sempre atuou no sentido de pacificar as dissidências e corrigir as falhas da administração. Mas chegou um momento que ele percebeu que seria em vão continuar ali… No Facebook, ele desabafa como um artigo de jornalista, que é a sua profissão: 

RIBAMAR ALVES QUE SE CUIDE Neto Hadad: ele pode revelar
 ”Tô na área, se chutar é penalty…”, diz o título do seu desabafo:

O Brasil só começa depois do carnaval. Em março vai fazer um ano que me desliguei da Prefeitura de Santa Inês.

Minha frustração era um pouco mais antiga. Poderia ter me desligado antes e me poupado de constrangimentos desnecessários.

Trabalhei a vida inteira. Quem me conhece sabe disso. Nunca precisei de emprego público para pagar as prestações no final do mês. GRAÇAS A DEUS!
Fazer parte da administração era um sonho que acalentei por mais de 20 anos. Calcule você o tamanho da minha frustração. Medi os outros com a minha própria régua. Percebi que era hora de sair quando o amigo de uma vida inteira fingiu acreditar que eu alimentava o personagem Ribamar da Silva.

Recado direto para que eu arrumasse a mala e caísse fora antes que fosse necessário tomar Rivotril. Um ano depois me sinto livre para falar da administração. Multipliquei minha quarentena por dois. As pessoas éticas que deixam um cargo de confiança se obrigam a um silêncio de seis meses. Preferi ficar calado por um ano.

A partir de agora me sinto a vontade de agir da mesma forma que agi com antigos adversários políticos. Sempre resguardando que ninguém nunca vai me ver falar sobre baixaria ou sobre a vida pessoal de quem quer que seja. Até breve.

Educadores denunciam negligência de Geraldo Castro, Secretário de Educação


Do GI

Educadores da rede pública municipal começaram a cobrar o cumprimento da resolução de um TAC (Termo de Ajuntamento de Conduta) firmado no ano passado com a Prefeitura de São Luís.
Dentre as cláusulas não cumpridas estão a concessão de 449 aposentadorias (os dados são de que apenas 135 aposentadorias foram concedidas); a manutenção preventiva e corretiva das escolas municipais (que estão sendo feitas com lentidão); as informaçõessobre as licitações das construções de 13 creches e de 4 escolas; e o concurso público.
IRRESPONSABILIDADE E NEGLIGÊNCIA Geraldo Castro vem fazendo uma péssima gestão à frente da Secretaria de Educação da Prefeitura de São Luís 

Na tarde da última quinta-feira, dia 05, representantes do Sindeducação reuniram com o Ministério Público a fim de cobrar providências para o cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC 003/2014).
Os educadores denunciam negligência por parte do secretário de Educação de São Luís, Geraldo Castro, por ignorar reivindicações da categoria.
“Nós encaminhamos diversos ofícios solicitando reunião com o secretário, porém, todas as tentativas tem sido frustradas. Infelizmente não somos respeitados pelo gestor que tem o poder de garantir nossos direitos”, relatou a presidente.
Foi solicitado à Promotoria de Justiça da Educação que a Semed apresente a lista das escolas que passaram pela manutenção preventiva e corretiva, com os valores individuais de cada serviço, assim como as que ainda vão passar por manutenções. Já a Promotoria deliberou pela marcação da primeira reunião do Fórum Permanente de Educação, instituído na época da greve.
Duas pessoas morrem em acidente grave em Santa Luzia do Paruá
Um acidente grave registrado durante a madrugada deste domingo, (8), resultou na morte de duas pessoas, em Santa Luzia do Paruá.
De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal, a colisão entre um gol e uma motocicleta no km 111 da BR 316 foi frontal e fatal. As causas do acidente ainda não foram identificadas.

As vítimas foram identificadas como Anthony Veiga Almeida Costa, de apenas 17 anos de idade, que morreu ao dar entrada no hospital e Romário Cardoso Veras de 20 anos de idade, que morreu no local.

Fonte: iDifusora

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores