quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Prefeito de Itapecuru é investigado por esquema de “notas frias”

A Prefeitura de Itapecuru-Mirim entrou no bojo das investigados pelo Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), por práticas obscuras que podem resultar em pedido de cassação de mandato.
Segundo documentos obtidos pelo Blog do Neto Ferreira, a Controladoria Geral da União e Polícia Federal estão investigando em parceria recursos oriundos do Governo Federal utilizados pela gestão de Magno Amorim.
O prefeito de Itapecuru, Magno Amorim: gestão marcada por atos de corrupção 
O empresário Fabiano de Carvalho Bezerra, operador de um esquema que teria desviado mais de R$ 30 milhões de prefeituras, mantinha relação de negócios e amizade com o prefeito Amorim. No mesmo documento é detectado a utilização de recursos públicos no esquema de compra de notas frias coordenado por uma organização criminosa (ORCRIM).
Investigações preliminares apontam indícios de irregularidades em Itapecuru-Mirim com a conivência do prefeito Magno Amorim, que é o ordenador de despesas. Em alguns contratos foi também detectado o direcionamento nas licitações, restrição à concorrência, contratos de fachada e pagamentos indevidos.
Segundo analise técnica, os recursos foram desviados por meio de três dispensas de licitação para locação de veículos, aquisição de combustíveis e compra de peças para veículos. As dispensas nº 001/2013 aquisição de combustíveis, 006/2013 locação de veículos e 007/2013 para compra de peças para veículos, somadas chegam a R$ 726.009,14.

Fonte: Blog do Neto Ferreira. 

Adolescente de 13 anos tenta atirar em taxista durante assalto


Do GI

Duas adolescentes de 13 anos foram apreendidas após realizarem um assalto a mão armada na noite desta terça-feira (16), por volta das 21h45, na Avenida dos Franceses, em São Luís. A vítima foi um taxista.
Segundo informações, a adolescente que estava armada com uma pistola 380 chegou a acionar a arma, que só não disparou pois estava travada. O taxista contou que, para a sorte dele, ela não sabia manusear a arma.
A Secretária de Juventude do governo Flávio Dino, Tatiana Pereira: é, pelo visto, ela tem muito trabalho pela frente 
O taxista conseguiu avistar uma equipe da Ronda Tática Móvel (Rotam) da Polícia Militar do Maranhão (PM-MA) e fez um sinal de luz para que os policiais percebessem que havia algo errado. As adolescentes foram apreendidas.

Gil Cutrim vai se desfiliar do PMDB

O prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim, revelou hoje ao jornalista Diego Emir que irá pedir desfiliação do PMDB.

Filho do presidente do Tribunal de Contas do Estado, Edmar Cutrim, os dois estiveram envolvidos em uma polêmica com o senador Lobão Filho (PMDB), durante a campanha eleitoral. Na época, eles foram acusados de usarem as estruturas públicas para favorecer a campanha de Glalbert Cutrim. 

O prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim: desfiliação do PMDB visa maior  proximidade com Flávio Dino; gestor quer que o governador apoie seu candidato nas eleições de 2016 na cidade 
Diante do fato, a família Cutrim, incluindo aí o Glalbert Cutrim (PRB) - eleito deputado estadual - declararam apoio na reta final a Flávio Dino (PCdoB).

Gil Cutrim diz: "não há mais clima para permanecer no PMDB", por isso ele já tomou a decisão de deixar a legenda. No entanto o gestor municipal não informa qual será o seu destino, ele disse que ainda irá pensar para qual partido irá se filiar.

Perguntado sobre o que fará, após concluir seu mandato, Gil Cutrim declarou que voltará advogar e que não tem planos futuros para a política.

Edmar Cutrim foi procurado para comentar o assunto, porém ele diz desconhecer o tema e afirmou que não pensa em política e nem pode atuar, afinal ele é conselheiro do TCE-MA.



Fonte: Blog do Diego Emir. 
Deputado J. Pinto fez balanço de mandato e lembrou votação expressiva em Ribamar 

Após fazer prestação de contas do mandato, com apartes de vários colegas de plenário, que destacaram sua atuação parlamentar, o deputado J. Pinto (PEN) anunciou, em conversas com jornalistas que deverá retornar ao plenária da Assembleia Legislativa em abril de 2015 e adiantou ainda que tenciona disputar a prefeitura de São José de Ribamar em 2016. Jota Pinto disse que realizou grande produção graças a cooperação e a colaboração dos colegas deputados e dos assessores. No total, durante quatro anos, foram 113 requerimentos, 194 indicações, 42 projetos de lei, 7 projetos de resolução e 3 projetos legislativos. Contou que também nesse período assumiu por dois anos a Segunda Secretaria da Mesa Diretora e no terceiro ano, foi líder do segundo maior bloco da Casa, o Bloco do Governo.



O deputado J. Pinto: balanço do mandato atuante e lembrança da segunda maior votação de Ribamar nas eleições passadas
No seu discurso, Jota Pinto afirmou que volta para casa tranquilo. “Volto para casa e tenho certeza que vou dormir tranquilamente. Quero desde já desejar sucesso a todos os que estão retornando a esta Casa e esperar que os deputados que estão chegando também deem continuidade ao trabalho. Eu tenho orgulho de fazer parte dessa legislatura e esta Assembleia foi uma boa Assembleia, que discutiu e teve momentos importantes. Tenho certeza de que, se falar da história da política do Estado do Maranhão, com certeza vai estar nos escritos, desta legislatura”, finalizou.

Sobre o futuro político, ele não quis adiantar qual deputado cederá vaga para ele assumir, mas garantiu que as negociações estão bastante avançadas. Sobre a possibilidade de disputar a sucessão de Gil Cutrim em Ribamar, lembrou que foi o segundo candidato a deputado mais votado na cidade balneária, portanto acha que tem cacife para se viabilizar daqui a dois anos.
Anderson já foi ex-presidente do PTC ribamarense. Ele agora é pré-candidato a vereador em 2016

Por Fernando Atallaia
Direto da Redação

O ex-presidente do PTC de Ribamar, Anderson Galvão, declarou na tarde dessa quarta-feira (17) que é pré-candidato a Vereador na cidade no pleito de 2016.

Galvão afirmou que alimenta o sonho de tornar-se Vereador há anos e que sua decisão faz parte de uma  articulação local que visa renovar a Câmara com a ida de  novos nomes ao parlamento ribamarense.

O ex-presidente do PTC ribamarense, Anderson Galvão: ele é pré-candidato a Vereador na cidade balneária 
''Estamos nessa luta pela renovação da Câmara de Ribamar, onde faço parte da nova geração que merece ocupar um lugar no Legislativo, a população pede essa renovação'', disse Anderson.

Afilhado político de Júnior Marreca, Anderson Galvão afirmou também que terá total apoio do deputado federal eleito à sua empreitada rumo à Câmara de Vereadores de Ribamar.

PADRINHO FORTE? Anderson Galvão terá o apoio do deputado federal eleito Júnior Marreca rumo à Câmara de Ribamar 
 ''Meu padrinho político Júnior Marreca com certeza me dará total apoio, homem de fé e luta e que teve grande votação em Ribamar; foi bem votado pelo nosso grupo e é presença forte aqui na cidade'', destacou Galvão. 
Eleita nova mesa diretora do TCE-MA
Jorge Pavão será o novo presidente. Edmar Cutrim deixa o cargo após quatro anos


Foi eleita na manhã desta quarta-feira (17) a nova mesa diretora do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA). Jorge Pavão foi eleito presidente do TCE-MA por unanimidade; Edmar Cutrim deixa a presidência do órgão após quatro anos.

PODERIO À MÃO Edmar Cutrim à direita dá lugar agora a Jorge Pavão. Uma das responsabilidades do novo presidente do TCE é julgar as contas de todos os prefeitos do estado 
Caldas Furtado será o vice-presidente, Nonato Lago será o corregedor e Whashington Luiz, o ouvidor. Álvaro Ferreira, Raimundo Oliveira e Edmar Cutrim não terão cargos no biênio 2015/2016.

Duplo homicídio é registrado na Ponta da Espera, em São Luís 

Dois homens foram encontrado mortos em uma área de matagal, na Ponta da Espera, região do Itaqui Bacanga. O crime aconteceu na manhã de hoje (17).
Os homens foram encontrados amordaçados (Foto: Portal Guará)
Os homens foram encontrados amordaçados (Foto: Portal Guará)
Os homens foram encontrados por policiais que trabalham nas proximidades do terminal hidroviário de São Luís. Eles foram encontrados amordaçados.
Peritos do Instituto Médico Legal (IML) e do Instituo de Criminalística (Icrim) foram destacados para o local para retirada dos corpos e primeiras investigações. 

Fonte: JP

Mulher é presa após tentar enterrar vivo o filho recém-nascido

Uma tragédia quase aconteceu em uma comunidade quilombola, na cidade de Bequimão. Uma mãe foi presa em flagrante após tentar enterrar vivo, o próprio filho recém-nascido. A criança foi salva por uma prima da mulher detida, dentro de uma caixa, ainda com o cordão umbilical.

Mulher afirmou, durante interrogatório, que enterraria a criança pois achava que ela estava morta (Foto: Portal Guará)
“Rosimeire” fez o parto sozinha e colocou a criança dentro de uma caixa de papelão.
De acordo com a polícia, a mulher, identificada como “Rosimeire” fez o parto sozinha e colocou a criança dentro de uma caixa de papelão.
A mulher foi interrogada e afirmou que enterraria a criança pois achava que ela estava morta. A criança sofreu alguns ferimentos e está internado no Hospital Municipal de Bequimão e não corre risco de morte. Rosimeire foi encaminhada ao 1° Distrito Policial de Pinheiro.

Fonte: Jornal Pequeno. 
Justiça afasta juiz Marcelo Baldochi de suas funções e instaura procedimento administrativo
Atitude de Marcelo Baldochi recebeu críticas em todo o Brasil como abuso de poder 
Blog da Silvia
O Tribunal de Justiça do Maranhão afastou de suas funções, na manhã desta quarta-feira, 17, o juiz Marcelo Baldochi, protagonista de uma cena polêmica no aeroporto de Imperatriz, semana passada, quando mandou prender, sem razões,  dois agentes da companhia aérea TAM após chegar atrasado para embarcar em voo.
A apuração foi feita pelo desembargador Bayama Araújo.  Ele apresentou relatório e pediu instauração de procedimento administrativo disciplinar com imediato afastamento das funções judiciais.
Segundo Bayama,  a decisão se deu por diversos motivos. A arbitrariedade das prisões não foram os únicos. Várias instâncias,  como a Ordem dos Advogados do Brasil e a Associação dos Magistrados,  repudiaram a atitude que ganhou repercussão nacional.
Atitude de Marcelo Baldochi recebeu críticas em todo o Brasil como abuso de poder
ABUSO DE PODER O juiz Marcelo Baldochi: ele chamou o despachante de calhorda, vagabundo, pilantra
“Jamais tinha sido humilhado dessa forma. Ser chamado de calhorda, de vagabundo, de pilantra”, comentou o despachante de voo Argemiro Augusto.
Segundo a investigação da polícia, as câmeras do aeroporto mostram o momento da chegada do juiz Marcelo Baldochi ao balcão da companhia aérea, às 20h37. Os funcionários avisam que o check-in do voo para Ribeirão Preto, em São Paulo, havia sido encerrado quatro minutos antes. O juiz discute. “Tem que aprender a respeitar o consumidor”, diz.
Irritado, dá voz de prisão aos atendentes. “Está preso em flagrante”, afirma. Imagens de celular de outro passageiro mostram quando policiais levaram os dois funcionários pra delegacia. “Muito constrangedor. Todo mundo me olhando como se fosse um bandido. Não desejo isso para ninguém”, afirma Alessandro.
Depois da confusão, Baldochi embarcou no avião de outra companhia. O juiz passou a semana inteira no interior de São Paulo, de licença por causa da morte de um parente. Ele ainda não apareceu na delegacia de Imperatriz para prestar depoimento.
Denúncia de trabalho escravo no Maranhão
No ano seguinte, uma fiscalização do Ministério do Trabalho apontou irregularidades em uma fazenda dele, também no Maranhão: 25 pessoas, incluindo um menor de idade, trabalhavam sem as mínimas condições de segurança e higiene. O caso foi mostrado em uma reportagem do Fantástico.
O nome do juiz chegou a ser incluído na lista nacional de fazendeiros acusados de usar trabalho escravo, divulgada pelo Ministério do Trabalho.
Em 2007, Marcelo Baldochi assinou um termo de ajustamento de conduta em que se comprometeu a não maltratar os empregados e pagou R$ 38 mil em direitos trabalhistas. Ao Fantástico, ele negou as acusações. “Creio que se eu não fosse juiz, não teria essa especulação do caso”, disse na época.
Naquela época, o Conselho Nacional de Justiça determinou que o Tribunal de Justiça do Maranhão abrisse processo administrativo contra o juiz, mas uma liminar do Supremo Tribunal Federal suspendeu a decisão.
Representação da OAB
Segundo o CNJ, fora este processo, existem outros seis processos contra o juiz Baldochi que foram arquivados.Esta semana, a Ordem dos Advogados do Brasil entrou com uma representação contra o juiz por causa de denúncias como humilhação e tentativas de dificultar o trabalho dos advogados na região. “Não dá para somar. As reclamações são muitas”, revela o presidente da OAB de Imperatriz Malaquias Neves.
“Tudo aí são antecedentes e talvez tenha outros casos que possibilitem, que nos obriguem a tomar providências legais com a abertura de novas investigações”, afirma o desembargador do Tribunal de Justiça do Maranhão Antonio Bayama Araújo.
Uma delas envolve o tabelião Robson Cordeiro, que recebeu uma ordem de prisão escrita à mão pelo juiz Marcelo Baldochi dias antes do episódio no Aeroporto de Imperatriz. Ele conta que se negou a entregar de graça a cópia de um documento porque o papel estava sem o selo de gratuidade impresso. “Eu sei que ele é um juiz, a gente tem que cumprir as determinações dele, mas não arbitrariamente dessa forma”, diz o tabelião.
Robson foi liberado por falta de provas, mas diz que já encaminhou uma queixa ao Conselho Nacional de Justiça e vai processar o juiz por danos morais.A testemunha dele contra Baldochi é outro juiz. “Eu vou apenas narrar o que eu tomei conhecimento. Não podemos nos furtar a falar a verdade, ainda que seja contra um juiz que é do mesmo tribunal que eu pertenço”, conta o juiz Adolfo Pires.

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores