quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Quase oito milhões dizem “sim” a uma constituinte pela reforma política

Ao todo, 7.754.436 brasileiros expressaram sua opinião no plebiscito realizado entre os dias 1º e 7 de setembro; Desses, 97% são favoráveis à convocação de uma constituinte para a reforma do sistema político
Por Jorge Américo,
De São Paulo (SP)
As 477 organizações populares que estiveram envolvidas no plebiscito constituinte pela reforma política comemoram o sucesso da campanha. Em coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (25), na capital paulista, os organizadores anunciaram que 7.754.436 brasileiros expressaram sua opinião na votação realizada entre os dias 1º e 7 de setembro.
Ao todo, 97% dos participantes da consulta pública disseram “sim” à pergunta: “Você é a favor de uma constituinte exclusiva e soberana sobre o sistema político?”.
Quase oito milhões de brasileiros dizem ''sim'' à reforma política 
João Paulo Rodrigues, da direção nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), se mostra otimista diante da possibilidade de mudanças na configuração do Congresso Nacional.
“O Congresso brasileiro é muito importante para ficar na mão somente daqueles deputados escolhidos pelas aquelas empresas que estão lá. Ele precisa de mudanças feitas com a participação popular, que não seja simplesmente nos votos de quatro em quatro anos.”
O País exige mudança 
Mais de 6 milhões de pessoas foram às urnas instaladas pelas entidades em mais de 4 mil municípios. Outros 1,74 milhões votos foram feitos pela internet, sendo que a página virtual do plebiscito teve mais de cinco milhões de acesso.
O presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, considera os resultados “um grande feito”, devido às dificuldades enfrentadas. Ele lamenta que a campanha tenha sofrido boicote dos grandes meios de comunicação, principalmente das emissoras de televisão.
A Juventude Brasileira também quer a reforma 
“No momento em que você tem uma ideia constituída por uma parcela grande da sociedade, da mídia, de uma parcela conservadora, tentando não incentivar a participação política da juventude, dizer que a participação em partidos políticos, sindicatos e movimentos sociais é ruim, você tem um movimento extraordinário, espontâneo, de militantes de homens e mulheres que conseguem quase oito milhões de votos.”
Entre os dias 14 e 15 de outubro, as organizações sociais envolvidas no processo realizam uma Plenária Nacional em Brasília. A expectativa é reunir cerca de 2 mil pessoas que, na sequência, entregarão o resultado final a representantes do poderes executivo, legislativo e judiciário.
Movimentos Populares não aguentam mais esperar 
Paola Estrada, da secretaria operativa da campanha, faz a ressalva de que o plebiscito é um instrumento de pressão política, mas que ainda depende de mais mobilização para que ocorra uma convocatória oficial por parte do Parlamento.
“Alterar profundamente a Constituição, o sistema político e todos esses processos, ainda que dependa legalmente do decreto legislativo, vai depender muito mais da pressão das ruas e da ação popular que a gente seja capaz de construir nesses próximos períodos.”
Os organizadores do plebiscito chamaram atenção para a legitimidade do processo, visto que teve adesão de candidatos à Presidência da República. Entre eles, Marina Silva (PSB), Luciana Genro (PSOL) e o Pastor Everaldo (PSC). Como chefe de Estado, Dilma – que concorre à reeleição – optou por não manifestar sua opinião.
Ex-deputado e candidato a Deputado Estadual, Luís Pedro destacou importância do trabalho realizado pela Agência na terceira maior cidade do Maranhão.

Da Redação

O ex-deputado, ex-presidente da Func e ex-secretário de Estado e candidato a Deputado Estadual Luiz Pedro destacou na tarde dessa quinta-feira (25) em contato com a redação de ANB Online o trabalho realizado pela Agência de Notícias Baluarte em São José de Ribamar e na Grande São Luís.

Luiz Pedro
O ex-secretário de Estado e candidato a Deputado Estadual, Luiz Pedro: ‘’Ligando para parabenizar pelo excelente trabalho realizado pela Agência de Notícias Baluarte em Ribamar e na Grande São Luís; uma linha editorial séria,  isenta e independente que é digna de aplausos e todo reconhecimento por dá espaço, vez e voz a todos’’. 

‘’Ligando para parabenizar pelo excelente trabalho realizado pela Agência de Notícias Baluarte em Ribamar e na Grande São Luís; uma linha editorial séria,  isenta e independente que é digna de aplausos e todo reconhecimento por dá espaço, voz e vez a todos’’, disse o candidato. 

O candidato, que é também jornalista, classificou o trabalho comunicacional da Agência como sendo um demonstrativo do exercício do bom jornalismo. Aquele que prima pela valorização da cidadania, pluralidade de opiniões e fortalecimento da democracia. ‘’ Acesso sempre o Blog e, além de termos acesso a matérias de grande utilidade pública, temos um mosaico de informações em todas as áreas, da Política à Cultural’’, destacou Luiz Pedro.  

Preso confirma que recebeu proposta de dinheiro e regalias para acusar Flávio Dino

Em depoimento prestado junto à Superintendência Estadual de Investigações, Criminais na noite da última terça (23), o presidiário André Escócio de Caldas confirmou que recebeu promessas de regalias para gravar vídeo contra Flávio Dino. André figura em vídeo veiculado nos últimos dias pela TV e pela rádio Difusora, blogs ligados ao grupo Sarney, portal iMirante e o jornal O Estado do Maranhão, de propriedade da família Sarney, de propriedade da família Sarney.

Ouvido pelos delegados da Polícia Civil Tiago Mattos Bardal na noite de terça, André Escócio afirmou que o vídeo foi gravado há cerca de oito dias na sala do diretor da Central de Custódia de Presos de Justiça de Pedrinhas, Carlos Aguiar.
 Vídeo com bandido acusando Flávio Dino não é parte de nenhum inquérito, segundo secretaria de segurança
Em depoimento, André Escórcio disse quer recebeu promessas de regalias para fazer vídeo acusando Flávio Dino
Para gravar o vídeo, o presidiário teria recebido “promessa de conseguirem um Alvará de Soltura e mais uma boa quantia em dinheiro, além do declarante (André Escócio) ficar ‘blindado’ (protegido) no sistema”, caso apontasse Flávio Dino, Patrícia e Weverton Rocha como mandantes do assalto ao banco do campus da UEMA. A declaração consta no termo de declaração emitido pela SEIC.
Flávio Dino(foto) foi vítima de armação em farsa que mostrou o desespero de seus adversários 
André Escócio afirma que não participou do assalto ao banco, data em que estava detido em um presídio. O enredo para tentar incriminar Flávio Dino foi criado após conversas do presidiário com o diretor da CCPJ de Pedrinhas, Carlos Aguiar, que também prestou depoimento à Seic, na manhã desta quarta (24).

Divulgação do vídeo
O vídeo que foi veiculado pelo sistema de Comunicação e também pela campanha de Edinho Lobão foi gravado, segundo conta Escócio, por Nilson, identificado como chefe de Segurança. O presidiário conta ainda que se surpreendeu quando o vídeo foi veiculado em um dos programas da TV Difusora.
Ao assistirem o depoimento forjado no ar, os presos teriam começado a gritar “vai morrer, vai morrer”! O preso já está sob custódia, em sala separada, após os acontecimentos.
Depoimento do diretor
Apontado como responsável pela produção do vídeo, Carlos Aguiar diz que o caso foi gravado na presença de Nilson e com o agente penitenciário conhecido como “Robson”. No depoimento ele confirma que gravou o vídeo, porém ele não teria acreditado no depoimento em que, segundo o próprio Aguiar, o presidiário “queria ser o bonzão”. O diretor nega responsabilidade pela divulgação do vídeo.
Após confirmar a autoria do vídeo, o notebook de Carlos Aguiar foi apreendido pelo delegado Tiago Bardal
Investigação Federal
O vídeo foi postado originalmente de uma conta do youtube (canal para reprodução de vídeos) hospedada no Chile. Considerado crime eleitoral, ele passou a ser investigado pela Polícia Federal a pedido da coligação Todos pelo Maranhão, de Flávio Dino. A Polícia Federal e o Ministério Público vão apurar as responsabilidades pela criação e divulgação do vídeo em diversos meios de comunicação – incluindo a TV Difusora do candidato Edinho Lobão.

Blog do Garrone. 
O CANDIDATO DA GRANDE SÃO LUÍS

Raimundo Filho é um dos nomes mais bem cotados à Câmara de Deputados. Candidato a Deputado Federal, o ex-prefeito de Paço do Lumiar quer representar a Grande São Luís em Brasília.

Por Fernando Atallaia
Editor-Chefe da Agência Baluarte

O único candidato a por o nome à disposição da Região Metropolitana para representar a Grande São Luís (Raposa, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e São Luís) na Câmara de Deputados, o ex-prefeito de Paço do Lumiar e candidato a Deputado Federal Raimundo Filho ganhou definitivamente a confiança de centenas de lideranças locais naquela que é a campanha mais animada da Ilha.

O candidato a Deputado Federal Raimundo Filho em caminhada na área Itaqui-Bacanga: único nome a representar a Grande São Luís em Brasília 

Raimundo, que nas últimas três semanas assistiu ao crescimento do trabalho que vem realizando em grandes áreas da Região como é o caso da área Itaqui-Bacanga e Parque Jair (São José de Ribamar)em contato com a reportagem da Agência de Notícias Baluarte esta semana, declarou que se sente entusiasmado com as adesões espontâneas que vem ganhando ao longo da campanha.
NOVAS ADESÕES População se une em torno do ex-prefeito de Paço do Lumiar rumo à Câmara dos Deputados 

‘’ São centenas de lideranças que nos procuram para declarar apoio ao nosso projeto de forma espontânea; sou o único candidato que pôs o nome para representar a Grande São Luís em Brasília, é por esta razão que sou candidato a Deputado Federal, candidato pela Grande Ilha’’, frisa o ex-prefeito.
Raimundo Filho com lideranças da Grande São Luís: um dos nomes mais bem cotados para Deputado Federal, campanha do candidato caiu na graça popular 
Um dos melhores quadros do PROS, partido da base aliada de Flávio Dino a Governador, Raimundo Filho  faz uma campanha ideológica na Grande São Luís pautada no compromisso com as demandas e reivindicações das cidades que constituem a Região. Fato que vem chamando atenção até mesmo de seus principais concorrentes.

O candidato reafirmou o compromisso com as cidades da Região Metropolitana em reunião recente: população aposta em representatividade na capital do País 
‘’ Nossa campanha não é feita à base de grandes recursos; mas em contrapartida, temos grandes projetos e compromisso para além dessas eleições com São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar e São Luís; nosso candidato a Governador Flávio Dino é um de nossos maiores entusiastas e apoiadores e assim estamos caminhando juntos rumo à vitória’’, destacou o candidato.
Raimundo Filho em caminhada na Grande São Luís: ''São centenas de lideranças que nos procuram para declarar de forma espontânea apoio ao nosso projeto; sou o único candidato que pôs o nome para representar a Grande São Luís em Brasília, é por esta razão que sou candidato a Deputado Federal, candidato pela Grande Ilha''. 
Na reta final para as eleições do dia 05, o candidato ainda pretende empreender ações que visem a unidade do grupo político que o apoia nas quatro cidades. Uma maneira de aglutinar os apoios recebidos nas últimas semanas.

‘’ Teremos ainda várias atividades de campanha, entre caminhadas e carreatas, faremos também um grande encontro com Flávio e nossas lideranças de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar e São Luís, estamos no caminho certo, unidos por um Maranhão melhor e o eleitorado da Grande São Luís já reconheceu que o nosso nome é o mais acertado em propostas, objetivos e projetos para a região metropolitana’’, finalizou Raimundo Filho.


TCU encontra superfaturamento em refinaria da Petrobra
Problemas envolvem obras da refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco.
Do JB
Uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU) encontrou indícios de superfaturamento de R$ 242,8 milhões em quatro contratos da Refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco. Os ministros do TCU pedem explicações sobre a fórmula de reajuste adotada, considerada incompatível com as características da obra, o que acarretou indícios de pagamento indevido de reajustes contratuais.

No mar da corrupção, superfaturamento de R$ 242,8 milhões em quatro contratos da Refinaria Abreu e Lima
Segundo o TCU, além dos R$ 242,8 milhões pagos, outros R$ 124,9 milhões previstos para pagamento também são considerados em condições inadequadas de reajustes. 
O montante apresentando indícios de superfaturamento, em razão de condições de reajustes inadequados, é de R$ 367,8 milhões.

De acordo com o relator do processo, ministro José Jorge, a auditoria analisou 52 contratos de obras em cinco refinarias da estatal. Em quatro foram encontradas irregularidades, todas elas referentes a Abreu e Lima. A estatal deverá suspender o repasse dos valores devidos e recalcular os reajustes contratuais. O tribunal aprofundará o exame de todos os contratos com indícios de superfaturamento.

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB