quarta-feira, 24 de setembro de 2014
Wanderlei Silva perde a cabeça, xinga e declara guerra à Comissão Atlética de Nevada
Lutador desaprovou multa de R$ 165 mil estipulada pela entidade 
Mesmo aposentado, embora de forma estranha e impulsiva, Wanderlei Silva é o nome do momento. Depois de punido pela Comissão Atlética a ter que pagar multa de R$ 165 mil, além de ser proibido em atuar em Nevada, o brasileiro perdeu a cabeça e partiu para a ofensiva.

Através de suas contas em redes sociais, o atleta xingou a decisão da entidade, que teria sido tomada por “almofadinhas”, e pediu união de seus fãs para enfrentar a fase conturbada.

Wanderlei Silva com esposa em guerra à Comissão Atlética de Nevada: “Para vocês que querem me derrubar, vem que tem. A guerra só está no começo, seus f... Vão ver que somos nós que mandamos nessa p... Bando de almofadinha”.
“Para vocês que querem me derrubar, vem que tem. A guerra só está no começo, seus f... Vão ver que somos nós que mandamos nessa p... Bando de almofadinha”, postou o atleta.
Deixando claro que pretende travar uma guerra contra o UFC, maior entidade de MMA do mundo, o ex-campeão do Pride já havia criticado a postura do torneio durante seu anúncio oficial de aposentadoria, quando, em vídeo, declarou que estava pendurando as luvas.

Nesta terça-feira (23), Wand agradeceu o apoio dos fãs e voltou a afirmar que se mostra confiante com o apoio recebido daqueles que acompanham sua carreira.

“Não adianta, somos muitos e vamos mostrar quem manda”, finalizou.

A polêmica aposentadoria do brasileiro repercutiu de tal forma que Chael Sonnen, Quinton ‘Rampage’ Jackson e Jon Fitch que o apoiaram e enalteceram a carreira do curitibano.

Ribamarenses não sabem a quem recorrer e pedem paz diante do caos instalado. 
 
Por Fernando Atallaia

Direto de Redação


Não é de hoje que a reportagem da Agência de Notícias Baluarte denuncia in loco a onda de violência e criminalidade que vem assolando a terceira maior cidade do Maranhão. 


Nos últimos dias, os terríveis acontecimentos que nortearam e ainda vem norteando o dia a dia dos habitantes da Grande São Luís aonde São José de Ribamar se insere desencadearam reações da população ribamarense na região da Sede e Vilas. 

Ribamarenses em frente a igreja católica na Sede da cidade: abandonados à própria sorte, eles não sabem a quem recorrer
Desamparada e a mercê da insegurança, a população não sabe a quem recorrer. O contingente mínimo de policias para assistir as mais de 300 comunidades, entre bairros, vilas, povoados e localidades da cidade balneária deixa dúvidas quanto a uma atuação efetivamente positiva em relação ao combate ao crime no município. 

O prefeito de Ribamar Gil Cutrim: insegurança, criminalidade e violência assolam a cidade que ele governa e ele nem aí
De obrigação do Estado, mas de preocupação de todos, os ribamarenses vem denunciando Ribamar afora e nas redes sociais, a indiferença do Governo municipal que tem à frente o prefeito do PMDB Gil Cutrim com a questão. 


Sintomática, a criminalidade em São José de Ribamar é também um retrato da falta de políticas públicas de combate ao desemprego na cidade. Ironicamente, o Governo mostra no link ‘Secretarias’ do portal da Prefeitura servidores em cargos de administração de regiões da cidade. Funções que nada dizem como resposta ao grave problema. 

O presidente da Câmara de Vereadores de Ribamar, Manoel Albertin, o 'Beto das Vilas': Legislativo de Ribamar fechou os olhos para a questão
Na Câmara de Vereadores de Ribamar, os parlamentares fogem da pauta e escondem-se do debate em torno de projetos que visem a inibição do aumento da violência. Recentemente, uma tentativa de incêndio a um ônibus na Campina chamou atenção para o descaso com a Segurança Pública em Ribamar. Um micro-ônibus já havia sido incendiado à luz do dia no último sábado (20). 
O Promotor de Justiça Carlos Henrique da Promotoria de São José de Ribamar: assim como no filme de Stanley Kubrick, de olhos bem fechados
A cruel realidade perpetrada pela falta de vontade política das autoridades competentes locais denuncia o descaso: tanto Vereadores quanto Prefeito Municipal e Secretários de Governo, além de Promotores de Justiça deixaram a população de São José de Ribamar ao ‘deus dará’. Os ribamarenses continuam sem saber o que fazer.
''A rejeição de certos candidatos aqui em Ribamar é gritante'', diz líder político da Sede''. 
 
Por Fernando Atallaia

Direto da Redação 


O líder político ribamarense da região da Sede Antonio Garcês mais conhecido como Pinduca fez um breve balanço na manhã dessa quarta-feira (24) das eleições na cidade balneária. 


‘’ A rejeição de certos candidatos aqui em Ribamar é gritante; principalmente este que o prefeito vem apresentando e sendo vaiado por onde passa, um fulano de Glauber que ninguém conhece aqui na cidade e que Gil Cutrim empurrando para os outros  goela abaixo’’, afirmou Pinduca. 

O líder político da Sede de Ribamar, Pinduca: ''Estou coordenando uma campanha aqui em Ribamar e o que peço a todos é que votem pensando em nossa cidade e não em dinheiro, porque ninguém fica rico com campanha, mas tem gente que em vez de votar consciente faz questão de votar por migalha, pegando dinheiro de um e outro''. 
Antônio Garcês, que já participou de inúmeras campanhas políticas na cidade balneária, resolveu falar em face da acirrada disputa que vem sendo travada atualmente em bairros do Centro de Ribamar entre os candidatos à AL Edilásio Júnior, J. Pinto e Glauber Cutrim.

‘’ O povo de Ribamar precisa de um candidato que represente Ribamar e não de candidato que vá enriquecer sua própria família’’, frisou Pinduca. 


Um dos coordenadores de campanha nessas eleições, Pinduca finalizou as declarações destacando a importância de um voto consciente em prol do município. ‘’ Estou coordenando uma campanha aqui em Ribamar e o que peço a todos é que votem pensando em nossa cidade e não em dinheiro, porque ninguém fica rico com campanha, mas tem gente que em vez de votar consciente faz questão de votar por migalha, pegando dinheiro de um e outro’’, concluiu o líder político.

Delmar Sobrinho contrata três vezes a empresa da noiva por quase R$ 2 milhões 

Parece brincadeira, mas não é! O Prefeito de Nova Olinda do Maranhão, Delmar Sobrinho(DEM) vem mostrando em seus atos administrativos não ter muita preocupação no cumprimento das leis, principalmente, quando se trata dos princípios de legalidade, moralidade e impessoalidade.

De forma ilegal e imoral, o ousado Prefeito Delmar fez a empresa de sua noiva ganhar nada menos que três licitações com a gestão pública municipal, tudo sob seu total controle.
Segundo publicação do Diário Oficial do dia 17 de Fevereiro de 2014, a empresa que leva o nome fantasia Real Engrenharia e denominada empresa Noelia Cutrim Pereira – ME, faturou na soma, nada menos que R$ 1.741.288,10 (um milhão, setecentos e quarenta e um mil, duzentos e oitenta e oito reais e dez centavos).

lll
Cópia do contratozinho milionário: farra de dinheiro público e financiamento da noiva à toda prova
No primeiro contrato, Delmar presenteou a noiva, Noelia Cutrim Pereira, com uma tomada de preço, oriundo de recursos do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação - FNDE, no valor de R$ 903.890,50 (novecentos e três mil, oitocentos e noventa reais e cinquenta centavos). Na finalidade do extrato, conta que seria para execução de obras de construção de Escola Municipal no Bairro do Trator, na sede do Município.

Outro contrato, desta vez, através de um convênio firmado com a Secretaria de estado de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes), e objetivo de serviços de implantação de infra-estrutura em estradas vicinais na Zona Rural, o valor é de R$ 708.779,66 (setecentos e oito mil, setecentos e setenta e nove reais e sessenta e seis centavos).

Delmar Sobrinho e sua esposa, a agraciada.
TUDO EM CASA Prefeito Delmar e a noiva Noelia Cutrim Pereira, proprietária da Real Engrenharia que fatura alto com a Prefeitura de Nova Olinda
O terceiro absurdo, com menor valor de R$ 128.617,94 (cento e vinte e oito mil, seiscentos e dezessete reais e noventa e quatro centavos), diz que o recurso também vindos da Secretaria de estado de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes), seria para execução de serviços de recuperações de estradas vicinais do Povoado Inganzal à Sede, na Zona Rural.

olinda nova
Cadastro do 'noivado' no Ministério da Fazenda: empresa de Noelia já faturou milhões
Os órgãos de controle e fiscalização dos recursos públicos e os de combate aos crimes contra a gestão pública, como Ministério Público do Maranhão; Superintendência Regional Polícia Federal do Maranhão; Seic - Superintendência Estadual de Investigações Criminais; Controladoria-Geral da União (CGU) e Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE – MA), precisam atuar nesse caso absurdo de comprovada corrupção e combater os atos ilegais do Prefeito de Nova Olinda do Maranhão, Delmar Sobrinho.




Blog do Domingos. 

Nº de visitas

Confira a Hora Certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores