quarta-feira, 17 de setembro de 2014
Hélio Soares com medo e Ana do Gás sem dinheiro resolvem trair Lobão Filho

O deputado estadual Hélio Soares, pupilo do empresário Fernando Sarney, nem esperou seu chefe mudar de posição. Ontem (16) tirou fotos ao lado do candidato ao governo do Estado Flávio Dino e anunciou, agora no começo da tarde, o apoio ao comunista.
Soares, na verdade, estava mesmo preocupado com a sua reeleição por causa do abandono ao que ficou relegado pelas suas lideranças no interior.

Ele tentou de todas as formas conseguir recursos financeiros com seu guru Fernando Sarney, com a governadora Roseana Sarney , e por último, com o candidato Lobão Filho. Como sua eleição sempre foi muito cara, mergulhou nas ondas do comunista, que tem apresentado na Justiça Eleitoral, um maior volume de recursos do que o candidato do governo.
TRAIÇÃO Hélio foi bater nos braços de Dino; Ana do Gás também não perdeu tempo
Para Hélio Soares, se for reeleito, foi prometida a Presidência da Assembleia Legislativa. Caso não logre êxito, será o Secretário de Esporte e Lazer, caso Flávio Dino seja eleito governador.

O comunista deve ganhar nas próximas horas uma nova adesão. O prefeito de Santo Antônio dos Lopes, Eunélio Mendonça, começou a sentir entrar água na candidatura da esposa, Ana Mendonça. Como o Ministério Público voltou os olhos para o que exala de podre nas termelétricas do Eike Batista, que opera naquela cidade, começou a faltar gás para a candidata.

Os compromissos por ela assumidos não estão sendo cumpridos e seus aliados e cabos eleitorais terão o prazo até o dia 20 para que os compromissos sejam honrados. Então, marido e mulher deram prazo ao comitê do senador Lobão Filho para que o auxílio seja repassado também até o dia 20 próximo.

Com a campanha sem oferecer dinheiro para ganhar votos, dificilmente o senador do PMDB repassará os recursos desejados pelo casal. O único jeito é levar o cofre vazio ao comitê do candidato comunista e voltar com ele cheio. Aguardem!



Blog do Cardoso.
O que fez a Comissão de Ações e onde estão os R$ 52 mi para novos presídios?

Blog do Clodoaldo

As perguntas que ilustram o título deste post devem ser respondidas pela governadora Roseana Sarney (PMDB). Como o mandato da peemdebista está no final, a troca de secretário da Sejap é muito cômoda, quando o problema carcerário e de segurança que foi a maior tragédia deste mandato, são de responsabilidade da gestora maior do estado.

Em janeiro, Roseana e ministro Cardozo fizeram várias promessas de melhorias no sistema prisional do Maranhão . Nada aconteceu!
Em janeiro, Roseana “revoltada” e ministro Cardozo fizeram várias promessas de melhorias no sistema prisional do Maranhão . Nada aconteceu!
As crises no sistema penitenciário do Maranhão, com requintes de crueldade pelas decapitações de presos, aterrorizaram o país. No início do ano, a violência dentro e fora de Pedrinhas, com a morte da menina Ana Clara, queimada viva, trouxeram ao Maranhão o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

O ministro e a governadora lançaram um Plano emergencial e medidas para conter a crise, incluindo a construção de novos presídios, que já tinham previsão desde 2012. Foram R$ 52 milhões garantidos com recursos do BNDES e até hoje nenhum presídio foi construído. A governadora chegou a prometer a construção de 11 presídios em seis meses.

O comitê de ações integradas que foi instituído à época ficou na mídia por alguns dias e depois caiu completamente no esquecimento. As mortes no presídio continuaram e as fugas se acentuaram de forma muito latente. Cadê o dinheiro dos presídios, Roseana?

Vários candidatos tentam superar uns aos outros na Sede. Entre eles, Edilásio Júnior,  J. Pinto, Glauber Cutrim e Bira do Pindaré. 
 
Por Fernando Atallaia

Direto da Redação

‘O mar parece não tá pra peixe’ na Sede de Ribamar. Composta pelos bairros Panaquatira, Itaguará, São Benedito, Campina, Caúra, São Raimundo, Centro, Moropoia e vilas J. Câmara I e II, a região vem assistindo no decorrer da atual eleição certo desgaste do eleitor local. 
QUESTÃO DE HONRA O prefeito de Ribamar e coordenador de Glauber Cutrim, Gil Cutrim: ele precisa bater todos os demais candidatos na Sede
Uma das razões, conforme apurou ANB Online, é a maneira com qual vem sendo conduzida a campanha dos principais candidatos às proporcionais que disputam votos na área. No espírito de competição e travando a chamada ‘’guerra fria’’, Edilásio Júnior, J. Pinto, Glauber Cutrim e Bira do Pindaré, todos postulantes a uma vaga na Assembleia Legislativa estão em pleno embate pelo alcance da melhor marca eleitoral em outubro. 

Malheiros pretende repetir o feito de 2010 quando quase bateu o candidato do então prefeito Luís Fernando Silva com J. Pinto; dessa vez ele quer mais
Pesa o resultado. Já em face das eleições de 2016 quando os respectivos grupos terão a chance de indicar nomes a Prefeito, a disputa para a AL vem dividindo atenções e interesses.  

Roberto Câmara(foto) não vê a hora de sair na frente com Edilásio
De um lado, nomes como Dr Julinho e Malheiros (J. Pinto) tentam superar Gil Cutrim(Glauber Cutrim) nas principais sessões da Sede naquele que está sendo o esforço para bater o irmão do prefeito na região. Do outro, Roberto Câmara (Edilásio Júnior) tenta unificar grupos que possam confrontar a possibilidade de resultado exitoso de Arnaldo Colaço (Bira do Pindaré) e dos demais coordenadores das já citadas campanhas. 

Colaço também entrou na acirrada disputa da Sede
Cerco fechado, a disputa na Sede prevê, portanto, uma ampla e concorrida articulação onde o que valerá, além do prestígio dos coordenadores, será a grande estrutura de campanha e investimentos financeiros soberbos. Até dia 05 de outubro a tarrafa estará lançada. Tanto para peixinhos miúdos quanto para cardumes. Agora é aguardar os desdobramentos.

POESIA SEMPRE!
LEIA AGORA NA ÍNTEGRA O POEMA INÉDITO ‘BOCAS E CREPÚSCULOS’ DA OBRA INÉDITA ODE TRISTE PARA AMORES INACABADOS DE AUTORIA DO POETA MARANHENSE FERNANDO ATALLAIA

Bocas e Crepúsculos 

Uma boca à janela feriu o último crepúsculo do Caúra
Desferiu vinte golpes de beleza na aurora
Pariu cem filhos de aço semideuses pescadores
Uma boca aberta no ápice do Santo escancarou a igreja às migalhas
Às ofertas do ouro e da prata- aos quinhões de miséria que restaram.


A mesma boca de outrora que feria lenta a rigidez da ternura
Brandia fartura entre ausências inventando cães às madrugadas
A mesma boca que mordia o insustentável da ferida às mãos de toda vida
No passo sempre rente. 


 Mãos e crepúsculos parecidos onde a mente sente o futuro inda não sentido
Pelas pétalas do presente ou na luxúria do passado
Toca a boca e que a boca toque o infinito de um beijo usurpado a cada hora
É nessa onda que se faz a história seus mundos e humanidades
É nessa onda que ela treme ao regozijo do desejo num assombro
A boca que toca o ombro é a mesma que verte o medo e o cansaço? 


Como o sólido das pedras entrelaçados a boca que é dele é  dela na paisagem  
Paredes que falam à consciência agarrando a todos na dormência- espanto na estrada de Edvard
É de todo o ambiente alheio agora feito de pele ideia e anseio  
Ao que ambos se machucarão como animais que sangram em par
Fica a dança na alcova a boca entre os dedos e a alma a sangrar? 


Romance das fêmeas que mordem jugulares – bocas de entraves derretendo liberdades
O olhar dela é como ave. Pousa fundo na alma solitária- cospe o sol a se apagar
Bocas que partem às mãos mordidas- mãos feridas que apontam nortes/sós  
Assim são eles: tenros no concreto.  Feitos de lama e vento como os raros girassóis.


Titular da pasta de Justiça e  Administração Penitenciária, Uchôa faz a pior gestão da Secretaria em ocorrências diárias que transcendem toda humana compreensão.
  
Por Fernando Atallaia

Direto da Redação 


Se há compreensão somente humana dos fatos que se crie uma que transcenda a lógica da realidade para deter alguma explicação concreta que justifique a permanência do secretário de Justiça e Administração Penitenciária Sebastião Uchôa à frente da Sejap.

Desde que assumiu o comando da Secretaria, o delegado vem promovendo um verdadeiro show de ausências, inconsistências e total desconhecimento do que ocorre no maior presidio do Maranhão, Pedrinhas, para se ter um primeiro exemplo. 
Enquanto diretores seus são presos, fugas em massa acontecem e centenas de assassinatos são registrados em Pedrinhas, o secretário Sebastião Uchôa(foto) incorpora o estilo 'Tô nem aí': ele continua à frente da Sejap
As mortes, fugas em massa, motins organizados, apreensão de armas nas dependências internas do sistema, diariamente, revolta e paralisação dos agentes penitenciários e a briga entre facções parecem não fazer a menor diferença a Sebastiao Uchoa que segue sem sequer uma solução à crise instalada em seu gabinete. Há alguns meses, ele foi homenageado na Assembleia Legislativa. 
Diretor de Uchôa preso esta semana: corrupção na Sejap
Pedrinhas virou manchete nacional, internacional e no noticiário local de hora em hora um fato ‘novo’ bate à porta dos maranhenses. A insistência por manter um secretário que dá de ombros com as  cobranças da população do estado por uma definitiva solução ao sistema penitenciário levanta questões: Sebastiao Uchôa é o que se tem de melhor por parte do Governo do Estado nessa área? Seria o servidor mais preparado para conter, prevenir e combater a corrupção nos presídios? Esta semana um diretor seu foi preso por facilitar fugas. 

BANALIZAÇÃO DA VIDA A governadora Roseana Sarney: apresentando o que tem de 'melhor' à população do estado, ela mostra total descaso com o Sistema Penintenciário do Maranhão
A falta de ações estruturais e medidas definitivas no sistema penitenciário do Maranhão denunciam um secretário que nada sabe sobre a conjuntura que gere. Denunciam também como são tratados população, agentes e demais servidores da Segurança Pública no estado. Se depender dos escabrosos e sempre presentes acontecimentos em Pedrinhas, Sebastiao Uchoa, pelo visto, permanecerá. Não fará diferença ao Governo tirá-lo de lá: a banalização da vida é uma das bandeiras de Roseana. E não é de hoje.

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB