De novo Chico! Func da calote em corte momesca

Blog do Minard  

O  Presidente da Func, Francisco Gonçalves não tem jeito! A Fundação de Cultura de São Luís (FUNC) simplesmente até hoje não efetuou o pagamento da premiação da Corte Momesca do Carnaval referente ao carnaval de 2014.
 
Revoltava, uma das princesas do carnaval, Marlet Soares, usou sua página no facebook  para protestar contra o calote da prefeitura, que deve um total de 17 mil reais para a Corte Momesca.

Desabafo da princesa do carnaval, Marlet Soares: gestão de Chico segue como as anteriores
São R$10.000,00 reais para o rei e a rainha e outros  R$ 7.000,00 para ser divido entre as duas princesas.
Marlet Sousa publicou em seu facebook a foto com o cheque e mentirinha no valor de R$ 3.500,00.

Nossa já estamos quase entrando no ano de 2015 e até hoje a corte de 2014 não recebeu a premiação, isso é revoltante. Já participei desse concurso em 2008 e 2011 ganhei Rainha e Princesa e essa demora nunca aconteceu nas gestões interiores já se passaram mais de 90 dias e no contrato diz que até noventa dias para pagar. REVOLTADA.M

Enquanto preso é morto em Pedrinhas, Secretário Uchôa recebe homenagem na Assembléia

Blog do Domingos Costa 

No Governo Roseana Sarney(PMDB) acontece de tudo, imaginem que diante de tantas mortes no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, a Assembleia Legislativa concedeu, na manhã de ontem quinta-feira (7), título de cidadão maranhense ao secretário Estadual de Justiça e Administração Penitenciária, Sebastião Albuquerque Uchôa Neto.

1901417_688971444520469_7747650998481436810_n
Sebastião Uchôa recebendo homenagem na Assembleia: você acredita?
O autor da proeza foi o deputado estadual Raimundo Louro (PR), em seu pronunciamento, falou da admiração pela postura que Uchôa ocupa à frente do cargo que lhe foi confiado pela Governadora. ” Homem honrado, íntegro, qualidades quais que me motivaram a oferecer esse título” Disse Louro aparentando está sob efeito de bebida alcoólica.

Coincidentemente no mesmo horário que Sebastião recebia a homenagem, o preso Rafael Alberto Libório Gomes, conhecido como ‘Rafinha’, desparecido da cela 10 do bloco A do Presídio São Luís I, foi assassinado com várias perfurações de chuço pelo corpo, o caso foi abafado e o corpo misteriosamente escondido.

Corpo do preso Rafael Alberto Libório Gomes que está desaparecido dentro do Complexo de Pedrinhas foi reconhecido em imagem de um celular apreendido
O chefe de segurança foi avisado do ocorrido e acionou a direção do presídio, então uma revista foi realizada no local com apoio do Grupo de Escolta e Operações Penitenciárias (GEOP), mas o corpo não foi encontrado. No entanto, celulares foram apreendidos, dessa forma, uma foto que estava no celular de um detendo continha a imagem do corpo de  ‘Rafinha’, acabou vazando.

Em nota, SEJAP diz que não sabe o paradeiro do preso que cumpria pena por homicídio qualificado e informa que investiga o que chamou de “possível desaparecimento” por meio de “diligências internas”.

Município de Bequimão festeja candidatura de Zé Inácio

Neste domingo (03), o candidato a deputado estadual, Zé Inácio (PT), transformou o município de Bequimão, sua cidade natal, em uma grade festa! Milhares de pessoas de vários povoados e prefeitos de diversas regiões do Estado, prestigiaram o futuro deputado estadual.
foto 1
Zé Inácio foi recebido com festa em Bequimão
Até então, nenhum evento desta dimensão tinha acontecido no município..A ocasião contou com as presenças do prefeito de Mirinzal, Amaury de Alcântara, Araken, de Fortuna, Arlindo, de São Raimundo do Doca do Bezerra, de Sítio Novo, João Piqui, Santa Helena, Lobato e de Itiga, Vete Botelho.
foto 1 (1)
Carreata de Zé Inácio reuniu centenas de pessoas em declaração à sua candidatura
Também estiveram presentes, a Coord. Estadual da Campanha da Dilma, Berenice, o secretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Zé Costa e o presidente estadual do PT, Monteiro. Além dos candidatos a Deputado Federal Fabio Godin e Ney Jefferson.
Ministério Público aciona Gil Cutrim por improbidade administrativa. Ex-secretário Rodrigo Valente também entra no escândalo
Do MP
O Ministério Público do Maranhão ajuizou, na última terça-feira, 5, Ação de Improbidade Administrativa contra o prefeito Gilliano Fred Nascimento Cutrim e o ex-secretário municipal de Planejamento, Administração e Finanças, Rodrigo Ericeira Valente da Silva, por se recusarem a nomear aprovados no concurso público do Município de São José de Ribamar e manterem servidores nomeados sem concurso público.

Também foi promovida a execução do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado, em setembro de 2012, com o prefeito Gil Cutrim, em que ele se comprometeu a realizar um diagnóstico sobre os cargos em comissão, ajustando-os à necessidade do Município e nomear os aprovados do concurso realizado em 2011. Além disso, o gestor deveria propor a criação de cargos efetivos por lei municipal. Todas as medidas deveriam ser efetivamente implementadas no prazo máximo de seis meses.

O prefeito de Ribamar Gil Cutrim: improbidade administrativa e Ministério Público na cola
“Não restam dúvidas de que o Município de São José de Ribamar não pôs em prática a redução do quantitativo de cargos em comissão criados irregularmente, a criação de cargos efetivos, bem como a convocação e nomeação dos aprovados no concurso público realizado em julho de 2011″, observa a titular da 1ª Promotoria de Justiça Cível, Elisabeth Albuquerque de Sousa Mendonça.


Por meio da Lei Municipal nº 962/12, foram criados cargos comissionados sem atribuições de direção, chefia ou assessoramento. A promotora enfatiza que, além desta ilegalidade, diversos cargos são preenchidos por servidores contratados temporariamente, sem respaldo legal.

“O prefeito resiste em nomear os aprovados no concurso público, optando por manter a velha e malfadada política de contratos de pessoal sem concurso, ignorando a regra que prevê a aprovação em concurso público como exigência constitucional para acesso ao emprego ou cargo público. Por que o Município de São José de Ribamar ainda não admitiu os servidores selecionados no concurso público? Qual o fenômeno anormal que fez desaparecer a necessidade em admitir servidores?”, questiona, na Ação, Elisabeth Albuquerque.

Rodrigo Valente: acionado pelo Ministério Público, ele juntamente com Gil Cutrim violou a Constituição Federal
Na avaliação do MPMA, Gil Cutrim e Rodrigo Valente violaram a Constituição Federal. O secretário participou ativamente da sanção da lei municipal que criou os cargos comissionados, mantendo os comissionados na gestão dele, enquanto o prefeito tem mantido a mesma estrutura sem tomar providências para extinguir tais cargos.

Pedidos

Em relação à Ação por improbidade administrativa, o Ministério Público pede a condenação dos réus a ressarcir integralmente o dano causado ao erário, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil até 100 vezes o valor da remuneração recebida pelos acusados e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios, direto ou indireto, pelo prazo de três anos.

Quanto à execução do TAC, foi pedido ao Poder Judiciário que determine a suspensão, no prazo máximo de 90 dias, de todas as contratações de servidores públicos municipais sem concurso público para os cargos de guarda patrimonial, enfermeiro, técnico em radiologia, agente de transporte e trânsito, auxiliar de consultório dentário, professor e médico.
Foi solicitado, ainda, que a Prefeitura de São José de Ribamar seja condenada a realizar novo concurso público, no prazo de 90 dias, para provimento de cargos municipais cujos cargos não foram abertos no último certame ou não estejam preenchidos por servidores efetivos.

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:

(98) 9 8767-7101

E-mail:

agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com



Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB