quarta-feira, 2 de abril de 2014
Médica é presa por mandar cortar o pênis do noivo

Crime foi cometido em MG; Myriam Priscilla de Rezende Castro, de 34 anos, foi localizada no interior de São Paulo 

 

Do Estadão 

 

A médica Myriam Priscilla de Rezende Castro, de 34 anos, foi presa na noite desta terça-feira, 1º, em Pirassununga, no interior paulista, quando deixava o condomínio de luxo em que morava rumo a um hospital onde trabalhava como clínica geral. 

 

a-medica-myriam-priscilla-de-rezende-castro-34-condenada-por-mandar-corta-o-penis-do-ex-noivo-1396452991057_300x420
A bela aí da foto não é de brincadeira

Myriam pegou 6 anos de cadeia em regime fechado por mandar cortar o órgão genital do noivo após ele romper o casamento, em 2002, faltando apenas três dias para a cerimônia em Juiz de Fora (MG). Ela foi condenada em 2009 e conseguiu, por meio de recursos, seguir livre até o ano passado, quando a decisão foi mantida em última instância e passou a ser considerada foragida.


Para cometer o crime, ela teria contratado dois homens que arrancaram o pênis da vítima na frente de seu irmão, que desmaiou. Myriam foi condenada por lesão corporal gravíssima, sendo mandada para uma penitenciária feminina de Belo Horizonte de onde será transferida para cumprir a pena no presídio em Juiz de Fora.
Mais de 100 assassinatos na região metropolitana só no mês de março

Os números da Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão, de acordo com informações do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), Instituto Médico Legal (IML) e Sistema Integrado de Gestão Operacional (Sigo), são 79 homicídios registrados durante todo o mês.

aluisio mende na tv Sanatório Geral: Tudo é culpa do ECA
Aluísio Mendes, secretário de Segurança do Estado do Maranhão: sua atuação no mês de março rendeu mais de 100 assassinatos
Mas, nesta segunda-feira 31/03, quatro homicídios foram registrados na Região Metropolitana de São Luís. Na conta de assassinatos, soma-se também sete jovens que foram assassinados, no último fim de semana.

A bem da verdade, a SSP-MA esconde os reais números de homicídios para minimizar o clima de insegurança instalado nos últimos anos nos quatro municípios que compõem a Ilha de São Luís.



A governadora Roseana Sarney - 04/06/2009
Foto: Roberto Stuckert Filho/Agência O Globo
A governadora Roseana Sarney: ela afirma que este é o melhor governo de sua vida...imagine se fosse o pior
O resultado é que foram 95 mortes violentas registradas no período, contando homicídios dolosos, latrocínios, lesões corporais seguidas de morte, mortes em presídios, intervenções policiais e mortes a esclarecer.
Isso, sem contar os casos que não foram registrados, se colocados na soma, superam 100 (cem) mortes violentas na Grande Ilha somente no mês que acabou na segunda-feira passada. 

IPVA 2017

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB