sábado, 29 de março de 2014
AOS QUE VIEREM DEPOIS DE NÓS
Bertolt Brecht


''É verdade, eu vivo num tempo sombrio!
Uma palavra sem malícia é sinal de tolice.
Uma testa sem rugas é sinal de indiferença.
Aquele que ri
Ainda não recebeu a terrível notícia.

Que tempos são esses, quando
Falar sobre árvores é quase um crime
Pois significa silenciar sobre tanta injustiça?
Aquele que atravessa a rua tranqüilo
Já está inacessível aos amigos
Que passam necessidades?

É verdade: eu ainda ganho bastante para viver.
Mas acreditem: é por acaso.
Nada do que faço
Me dá o direito de comer quando tenho fome.
Estou sendo poupado por acaso.
(Se a minha sorte me deixa, estou perdido.)

Me dizem: come e bebe!
Fica feliz por teres o que tens!
Mas como é que eu posso comer e beber
Se a comida que como, tiro de quem tem fome?
Se a água que bebo, faz falta a quem tem sede?
Mas mesmo assim, eu como e bebo. 

 Eu queria ser um sábio.
Nos livros antigos está escrito o que é a sabedoria:
Se manter afastado dos conflitos do mundo
E passar sem medo
O curto tempo que se tem para viver;
Seguir seu caminho sem violência;
Pagar o mal com o bem;
Não satisfazer os desejos, mas esquecê-los.
Sabedoria é isso!
Mas eu não consigo agir assim!
É verdade, eu vivo num tempo sombrio!

Eu vim para a cidade no tempo da desordem
Quando a fome reinava.
Eu vim para o convívio dos homens no tempo da revolta
E me revoltei ao lado deles.
Assim se passou o tempo
Que me foi dado viver sobre a Terra.

Eu comi o meu pão no meio das batalhas.
Para dormir, eu me deitei entre os assassinos.
Fiz amor sem muita atenção
E não tive paciência com a Natureza.
Assim se passou o tempo
Que me foi dado dado viver sobre a Terra.

No meu tempo as ruas conduziam ao lodo,
E as palavras me denunciavam ao carrasco.
Eu podia muito pouco, mas o poder dos patrões
Era mais seguro sem mim, espero.
Assim se passou o tempo
Que me foi dado dado viver sobre a Terra.

As forças eram limitadas.
O objetivo permanecia a uma longa distância.
Era nitidamente visível, mas para mim
Quase fora do alcance.
Assim se passou o tempo
Que me foi dado dado viver sobre a Terra. 

 As forças eram limitadas.
O objetivo permanecia a uma longa distância.
Era nitidamente visível, mas para mim
Quase fora do alcance.
Assim se passou o tempo
Que me foi dado dado viver sobre a Terra.

Vocês, que vão emergir
Das ondas em que nos afogamos.
Pensem, quando falarem das nossas fraquezas,
Dos tempos sombrios de que tiveram a sorte de escapar.
Nós existíamos através das lutas de classes,
Mudando mais de país do que de sapatos,
Desesperados quando só havia injustiça
E não havia revolta.

Nós sabemos:
O ódio contra a baixeza
Também endurece o rosto;
A cólera contra a injustiça
Também faz a voz ficar rouca.
Infelizmente nós,
Que queríamos preparar o terreno para a amizade,
Não pudemos ser, nós mesmos, bons amigos.

Mas vocês, quando chegar o tempo
Em que o Homem seja amigo do Homem,
Pensem em nós
Com simpatia.''

Justiça fixa fiança de R$ 15 mil para doleira presa com 200 mil euros na calcinha

Nelma Kodama, alvo da Operação Lava Jato, da Polícia Federal, foi denunciada por tentativa de evasão de divisas

Fausto Macedo


A Justiça Federal em São Paulo fixou fiança de R$ 15 mil para a doleira Nelma Mitsue Penasso Kodama, presa em flagrante na madrugada de 14 de março quando embarcava para Milão, na Itália, com 200 mil euros escondidos dentro da calcinha.

Uma calcinha como essa não suportaria tantas notas
Se Nelma depositar os R$ 15 mil ela ficará livre do flagrante e terá sua prisão revogada neste caso em que foi denunciada pela Procuradoria da República por tentativa de evasão de divisas.

Mas Nelma não ganhará a liberdade porque contra ela existe outro mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça Federal no Paraná. Nelma é alvo da Operação Lava Jato, missão da Polícia Federal em Curitiba que desarticulou grande esquema de lavagem de dinheiro da ordem de R$ 10 bilhões.

As notas encontradas na calcinha da doleira: tudo leva a crer que a peça era enorme 

A operação foi deflagrada no dia 16. O principal nome da Lava Jato é o doleiro Alberto Yousseff, que teria pago propinas para o ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás, Paulo Roberto Costa. Os dois estão presos.

“Eu já sei, mas vocês não sabem”, diz Roseana sobre seu futuro político

Da Redação 

Com informações do blog do Jorge Aragão 

A governadora Roseana Sarney (PMDB) já decidiu seu futuro político e pelo que se pode compreender, a decisão foi tomada nesta semana, entre segunda-feira (24) e quinta-feira (27). No entanto, a decisão dela só deverá ser anunciada oficialmente no dia 03 de abril.  

A governadora Roseana Sarney: o péssimo hábito de ''tirar onda'' com questões que envolvem o Maranhão
No início da semana, a governadora quando questionada sobre seu futuro político, se seria candidata ao Senado ou se permaneceria no cargo, Roseana afirmava que ainda não havia tomado nenhuma decisão.

“Não tem definição, isso ainda é um incógnita (risos). Política você precisa pensar bem, eu ainda estou pensando e tem as minhas obras que quero entrega-las todas concluídas”, declarou.

Depois de 36 horas a governadora parece ter se decidido. Ontem (27) no Palácio dos Leões, a governadora voltou a ser questionada sobre o assunto, mas novamente não confirmou sua decisão, entretanto deixou claro que a decisão está tomada.
“Eu já sei, mas vocês não sabem (risos)”, afirmou de saída da coletiva, sem dar pistas de qual foi a decisão tomada.


PDT trabalha os nomes do partido para a vaga de vice na chapa de Dino

O Imparcial  

Depois de anunciar o nome de Roberto Rocha (PSB) como candidato de consenso para a disputa do senado, agora é o nome do candidato de vice-governador que deve ser anunciado nos próximos dias. Como acordado em 2012, o PDT deve ser o que irá indicar aquele que irá compor a chapa majoritária com Flávio Dino (PCdoB). Isto parece tão certo, que alguns pedetistas já apontam o dia 9 de abril como a provável data do anúncio.

O presidente do diretório estadual da legenda, Julião Amim, diz que confia no cumprimento do acordo de Flávio e tem certeza que o PDT estará indicando o nome de vice-governador. No entanto ele faz questão de frisar que o ex-prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo, ainda está com sua pré-candidatura ao governo mantida, afinal ele disputará o cargo, caso o acordo não venha a ser cumprido.


Julião Amin, presidente do PDT maranhense: confiante
Sobre os nomes que disputam a indicação da vaga de vice-governador, o presidente contou que são seis nomes: Léo Costa (prefeito de Barreirinhas), Deóclides Macedo (ex-prefeito de Porto Franco), Carlinhos Amorim (deputado estadual), Márcio Honaises (militante da região de Balsas), Rosangela Curada (militante da região tocantina) e Sandra Torres (ex-vice-prefeita de São Luís).

Em relação à indicação, está decidido que será o próprio PDT que apontará o concorrente ao cargo. Diante disto de acordo com o que foi apurado, Márcio Honaiser que é o preferido do deputado federal Weverton Rocha, larga na frente para ser aquele que vai compor a chapa com Flávio. Fontes internas do partido informam, que já existe até um acerto quanto essa decisão.

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB