quinta-feira, 13 de março de 2014

Casa onde morou Aluísio Azevedo pode virar estacionamento


Informação é do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão.

Instituto fez denúncia na noite de terça-feira (11) pelo Facebook.

Clarissa Carramilo Do G1 MA

 
A casa onde morou o escritor Aluísio Azevedo em São Luís pode virar um estacionamento, segundo denúncia feita na noite de terça-feira (11) pelo Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão (IHGM) na página da instituição no Facebook. A postagem diz o seguinte:
"Veja o estado de deterioração que se encontra a casa onde residiu o escritor Aluísio Azevedo, fundador do naturalismo no Brasil e autor de vários obras clássicas da nossa literatura. Nesse mirante ele escreveu 'O Mulato'. A casa está localizada à Rua do Sol, Centro, São Luís - Maranhão. Segundo informações, colhidas no local, está sendo preparada para funcionar um estacionamento de carros".

Um texto assinado pelo vice presidente do instituto e professor de História Euges Lima, publicado no blog do instituto, explica que a postagem foi um meio encontrado pelo IHGM para iniciar um movimento para reverter a situação. Ele critica o fato da casa ainda pertencer a particulares e nunca ter se transformado em um museu.

Casa onde Aluísio Azevedo morou em São Luís (Foto: Divulgação/IHGM)
Casa onde Aluísio Azevedo morou em São Luís
(Foto: Divulgação/IHGM)
"Além do atual estado avançado de deterioração do imóvel, existe ainda a suspeita de que a casa estaria sendo preparada para em breve servir de estacionamento, prática que vem ocorrendo sistemática nos últimos anos no Centro de São Luís, onde casarões, moradas inteiras e meias moradas de propriedade de particulares vão sendo demolidas ou desfiguradas para dar lugar a estacionamentos e nada é feito pelos órgãos 'responsáveis'. Será que a casa onde Aluísio Azevedo escreveu “O Mulato” também terá o mesmo fim?", acrescenta (leia a íntegra do texto aqui).

Postagem feita pelo Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão em rede social (Foto: Reprodução/Internet)
Postagem feita pelo Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão em rede social (Foto: Reprodução/Internet)
A casa fica localizada na Rua do Sol, na esquina com a Rua da Mangueira, no Centro Histórico da capital maranhense. A morada, segundo o IHGM, fica em meio ao conjunto histórico e arquitetônico intitulado como Patrimônio Histórico e Cultura da Humanidade pela Unesco há 17 anos.

O maranhense Aluísio Azevedo é considerado um dos maiores escritores do realismo e naturalismo brasileiro, autor de clássicos da literatura como 'O Mulato' e 'O Cortiço'. Nascido em São Luís, foi na capital maranhense que ele escreveu parte de suas obras.
Ao G1, a Superintendência do Patrimônio Cultural (SPC), do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), informou que a área está sob a custódia do Departamento de Patrimônio Histórico Artístico e Paisagístico (DPHAP/MA) da Secretaria de Cultura do Maranhão. O Iphan esclareceu ainda que todos os estacionamentos que funcionavam em áreas federais já foram fechados e acionados judicialmente.

Secretária de Cultura do Estado, Olga Simão: casa de escritor para estacionamento
Em nota, a Secma disse que reconhece e aimportância do casarão, e que a obra de recuperação do prédio foi embargada porque os proprietários não estavam seguindo as especificações do projeto de restauro aprovadas pela SPC.

Leia a íntegra da nota:
 
A Superintendência do Patrimônio Cultural (SPC), órgão vinculado a Secretaria de Estado da Cultura (Secma), reconhece a importância do casarão da Rua do Sol, esquina com Rua da Mangueira, onde morou o escritor Aluísio Azevedo.

Esclarece que a obra de recuperação do prédio foi embargada porque os proprietários não estavam seguindo as especificações do projeto de restauro aprovado pela SPC, através do seu Departamento de Patrimônio Histórico, Artístico e Paisagístico do Maranhão (DPHAP/MA).

Diante dos fatos supracitados, o Governo do Estado tomou todas as providências administrativas referentes ao caso, sendo a documentação encaminhada, posteriormente, aos órgãos competentes - Delegacia de Meio Ambiente e ao Ministério Público - para que fossem tomadas as medidas judiciais cabíveis.

Biografia
 
Aluísio Tancredo Belo Gonçalves de Azevedo nasceu em São Luís, em 14 de abril de 1857, e foi um romancista, contista, cronista, diplomata, caricaturista e jornalista brasileiro; além de bom desenhista e discreto pintor.

Irmão do dramaturgo e jornalista Artur Azevedo, seguiu carreira como diplomata, indo servir na Espanha, Inglaterra, Itália, Japão, Paraguai e Argentina. É fundador da cadeira nº 04 da Academia Brasileira de Letras e autor de vários romances de estética naturalista, como 'O mulato' (1881), 'Casa de pensão' (1884), 'O cortiço' (1890) e outros. Morreu em Buenos Aires, em 21 de janeiro de 1913.

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB