quinta-feira, 13 de março de 2014

Casa onde morou Aluísio Azevedo pode virar estacionamento


Informação é do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão.

Instituto fez denúncia na noite de terça-feira (11) pelo Facebook.

Clarissa Carramilo Do G1 MA

 
A casa onde morou o escritor Aluísio Azevedo em São Luís pode virar um estacionamento, segundo denúncia feita na noite de terça-feira (11) pelo Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão (IHGM) na página da instituição no Facebook. A postagem diz o seguinte:
"Veja o estado de deterioração que se encontra a casa onde residiu o escritor Aluísio Azevedo, fundador do naturalismo no Brasil e autor de vários obras clássicas da nossa literatura. Nesse mirante ele escreveu 'O Mulato'. A casa está localizada à Rua do Sol, Centro, São Luís - Maranhão. Segundo informações, colhidas no local, está sendo preparada para funcionar um estacionamento de carros".

Um texto assinado pelo vice presidente do instituto e professor de História Euges Lima, publicado no blog do instituto, explica que a postagem foi um meio encontrado pelo IHGM para iniciar um movimento para reverter a situação. Ele critica o fato da casa ainda pertencer a particulares e nunca ter se transformado em um museu.

Casa onde Aluísio Azevedo morou em São Luís (Foto: Divulgação/IHGM)
Casa onde Aluísio Azevedo morou em São Luís
(Foto: Divulgação/IHGM)
"Além do atual estado avançado de deterioração do imóvel, existe ainda a suspeita de que a casa estaria sendo preparada para em breve servir de estacionamento, prática que vem ocorrendo sistemática nos últimos anos no Centro de São Luís, onde casarões, moradas inteiras e meias moradas de propriedade de particulares vão sendo demolidas ou desfiguradas para dar lugar a estacionamentos e nada é feito pelos órgãos 'responsáveis'. Será que a casa onde Aluísio Azevedo escreveu “O Mulato” também terá o mesmo fim?", acrescenta (leia a íntegra do texto aqui).

Postagem feita pelo Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão em rede social (Foto: Reprodução/Internet)
Postagem feita pelo Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão em rede social (Foto: Reprodução/Internet)
A casa fica localizada na Rua do Sol, na esquina com a Rua da Mangueira, no Centro Histórico da capital maranhense. A morada, segundo o IHGM, fica em meio ao conjunto histórico e arquitetônico intitulado como Patrimônio Histórico e Cultura da Humanidade pela Unesco há 17 anos.

O maranhense Aluísio Azevedo é considerado um dos maiores escritores do realismo e naturalismo brasileiro, autor de clássicos da literatura como 'O Mulato' e 'O Cortiço'. Nascido em São Luís, foi na capital maranhense que ele escreveu parte de suas obras.
Ao G1, a Superintendência do Patrimônio Cultural (SPC), do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), informou que a área está sob a custódia do Departamento de Patrimônio Histórico Artístico e Paisagístico (DPHAP/MA) da Secretaria de Cultura do Maranhão. O Iphan esclareceu ainda que todos os estacionamentos que funcionavam em áreas federais já foram fechados e acionados judicialmente.

Secretária de Cultura do Estado, Olga Simão: casa de escritor para estacionamento
Em nota, a Secma disse que reconhece e aimportância do casarão, e que a obra de recuperação do prédio foi embargada porque os proprietários não estavam seguindo as especificações do projeto de restauro aprovadas pela SPC.

Leia a íntegra da nota:
 
A Superintendência do Patrimônio Cultural (SPC), órgão vinculado a Secretaria de Estado da Cultura (Secma), reconhece a importância do casarão da Rua do Sol, esquina com Rua da Mangueira, onde morou o escritor Aluísio Azevedo.

Esclarece que a obra de recuperação do prédio foi embargada porque os proprietários não estavam seguindo as especificações do projeto de restauro aprovado pela SPC, através do seu Departamento de Patrimônio Histórico, Artístico e Paisagístico do Maranhão (DPHAP/MA).

Diante dos fatos supracitados, o Governo do Estado tomou todas as providências administrativas referentes ao caso, sendo a documentação encaminhada, posteriormente, aos órgãos competentes - Delegacia de Meio Ambiente e ao Ministério Público - para que fossem tomadas as medidas judiciais cabíveis.

Biografia
 
Aluísio Tancredo Belo Gonçalves de Azevedo nasceu em São Luís, em 14 de abril de 1857, e foi um romancista, contista, cronista, diplomata, caricaturista e jornalista brasileiro; além de bom desenhista e discreto pintor.

Irmão do dramaturgo e jornalista Artur Azevedo, seguiu carreira como diplomata, indo servir na Espanha, Inglaterra, Itália, Japão, Paraguai e Argentina. É fundador da cadeira nº 04 da Academia Brasileira de Letras e autor de vários romances de estética naturalista, como 'O mulato' (1881), 'Casa de pensão' (1884), 'O cortiço' (1890) e outros. Morreu em Buenos Aires, em 21 de janeiro de 1913.

Maranhão Avante!

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB