quarta-feira, 5 de março de 2014


POESIA SEMPRE

Leia o poema ‘’ Amores à parte’’ da obra inédita Ode Triste para Amores Inacabados de  autoria do poeta e escritor ribamarense Fernando Atallaia


Amores à parte 

Para Rafaela Sarney, Roseana Sarney e Jorge Murad



Amores à parte, eu também amei.

Amei com a tempestade à garganta/ com o grito preso aos lençóis

Amei com todos os nós

Entre mim e as tuas mãos a toda solidão da minha vida  


''Dores à parte, eu também amei''


Os palácios as feridas de ontem do hoje e sempre

Dores à parte eu também amei

Com os grilhões de sua fútil arte, a arte fútil de aprisionar donzelas em quadros Ríspidos de paredes

Sereias mal amadas sem nenhum mar.



Amei entrelustres/ ouro na aliança escura; laço sem razão

Amei talvez mais a razão que o coração palpitando sobre a mesa

Amei como quem ama a certeza de ser infeliz à toda eternidade

Como a paisagem de um país que não salva a quem o chama. 

rafaelasarney
''Amei entrelustres/ouro na aliança escura;laço sem razão''


Quem sabe do amor mais que eu que amei de muletas

Que amei a esteta, a burocrata, as anciãs e as mancebas defloradas? 


Amores à parte eu amei negando a ânsia do desejo a negar a liberdade

Meu Deus, o que fiz com toda as idades, o que eu fiz para  gozar à luz da mediocridade

Da minha da sua da tua boca sem palavras?
O que eu fiz?







Fernando Atallaia, São José de Ribamar, março de 2014.
   
A violência foi a marca do Carnaval 2014 na região metropolitana de São Luís. Pelos registros da Secretaria de Segurança, foram 15 homicídios nos primeiros quatro dias do mês de março. Foram nove morte em São Luís, quatro em São José de Ribamar e duas em Paço do Lumiar.

As últimas três mortes registradas ocorreram ontem, terça-feira(04). Ricardo dos Santos Mendes, o 'Cara de cavalo', de apenas 15 anos, foi assassinado a tiros por volta de 11h23, na Avenida João Pessoa, nas proximidades do Mix Mateus/João Paulo. Apesar da pouca idade, a vítima era acusada de praticar vários assaltos na região. O crime pode ter sido um acerto de contas. Por volta de 15h39, a jovem Michele Ribeiro Santos, 23 anos, foi assassinada a tiros nos fundos de uma casa, no bairro Fé em Deus, área da Liberdade. Hiago de Jesus Lopes, de 18 anos, foi assassinado por volta de 20h25, na Vila Itamar.

O mês de março começa com uma média de quase quatro homicídios por dia na região metropolitana de São Luís.
 
Prefeitos aliados do clã Sarney fornecem combustível para atrair público durante visitas de Luís Fernando Silva
 
ICATU (MA) - O Estado de S.Paulo


Desgastado, o clã Sarney tenta promover no vale-tudo o "candidato-poste" que vai disputar a sucessão de Roseana Sarney (PMDB) no Maranhão. O secretário de Infraestrutura, Luis Fernando Silva, de 58 anos, faz minicomícios no interior animados por claques financiadas por prefeituras dependentes de repasses estaduais e federais.

À espera do início oficial da campanha e do reforço das estrelas petistas Lula e Dilma Rousseff no palanque - um trauma para a esquerda -, ele percorre povoados pobres para anunciar asfalto e tentar melhorar nas pesquisas, lideradas pelo presidente da Embratur, Flávio Dino (PC do B).
Luís Fernando(camisa verde listradinha): anunciando asfalto sob litros de gasolina
Do fim de janeiro para cá, Luis Fernando esteve em 41 municípios para assinar ordem de serviço de obras de pavimentação de um programa financiado pelo BNDES, com meta de asfaltar 1.100 quilômetros. Na manhã de 25 de fevereiro, mulheres e crianças carregavam baldes de água retirada de uma bica em Icatu, a 133 km de São Luís, no momento em que funcionários da prefeitura soltavam fogos para anunciar a chegada do secretário. A moradora Maria José Silva, de 49 anos, não se animou com a promessa de quatro quilômetros de asfalto. "Vou continuar carregando água na cabeça cinco vezes por dia", disse.
Combustível. Luis Fernando chegou num Toyota Hilux escoltado por 200 motociclistas. "O prefeito (José Ribamar Moreira, do DEM) vai pagar 3 litros de gasolina para cada um", admitiu Pedro Henrique da Silva, presidente do sindicato dos mototaxistas do município.
A prefeita Roberta Barreto (PMDB), de Axixá, foi mais generosa. Após Luis Fernando anunciar quatro quilômetros de asfalto, os motociclistas tumultuaram o posto de gasolina na entrada da cidade para receber 4 litros de gasolina cada.
Na tarde de sol do dia 26, a prefeita de Rosário, Irlahi Moraes (PMDB), mandou um grupo de idosos fazer ginástica no povoado de São Miguel. Ali, Luis Fernando anunciaria três quilômetros de asfalto. "Só não sei o que a prefeita mandou a gente fazer aqui", disse a aposentada Dayse Teixeira Frazão.
Luis Fernando afirma que as visitas fazem parte do programa de governo itinerante e foram agendadas há tempos. A assessoria do secretário afirma que eventos costumam ser cancelados quando há exageros.
"Aqui, minha agenda é só de secretário", disse ele em Cachoeira Grande, onde poucos atenderam ao apelo do prefeito Francivaldo Vasconcelos (PSD) para prestigiar outra assinatura de ordem de serviço. O evento foi transferido de uma área aberta para um jardim de infância. / L. N., ENVIADO ESPECIAL
Profecia de Guido Mantega sobre crescimento da economia é tão confiável quanto cédula de R$ 3

Faltando peças – Visivelmente sorridente, o ministro Guido Mantega, da Fazenda, não escondeu seu entusiasmo, na última quinta-feira (27), ao anunciar o crescimento da economia brasileira em 2013. De acordo com dados oficiais, o PIB registrou avanço de 2,3% no ano passado, o que pode ser classificado como medíocre, apesar de todas as profecias petistas.

Na entrevista coletiva concedida em Brasília, no prédio do Ministério da Fazenda, o absurdo ficou por conta da declaração de Mantega, que afirmou que a economia nacional está em ritmo de crescimento, mesmo que moderado. Na verdade, o que o ministro chama de moderado é uma vergonha, se comparado com a promessa de Dilma Rousseff, que prometeu que a economia do País, ao final do seu primeiro mandato, teria avanço médio anual de 4%.


Como se sabe, o máximo que o atual governo do PT deve conseguir é um crescimento anual de 2%, número muito abaixo do registrado pelas economias dos países emergentes. Nesse quesito o Brasil está na lanterna da fila dos BRICS. 
Guido Mantega Queimando
Guido Mantega: oráculo desajustado, crescimento econômico do país empacado e nota de ''3 conto''
Como sempre acontece, a declaração de Guido Mantega foi tomada por ufanismo, pois é inimaginável que a economia brasileira avance na esteira de um governo paralisado e que no momento está preocupado com a reeleição da presidente, o que já exige gastos oficiais vultosos para intimidar os adversários, sem que essa estratégia produza algum efeito prático.

Mantega pode falar o que bem quiser, mas os números da economia mostram que os atuais inquilinos do Palácio do Planalto mentem cada vez mais. Para que a economia cresça é preciso que o consumo acelere. Se isso acontecer, a inflação certamente avançará. Prova disso foi a decisão tomada na última quarta-feira (26) pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que elevou a taxa básica de juro, a Selic, para 10,75% ao ano. Isso significa que o consumo precisa recuar ainda mais para que o mais temido fantasma da economia não ganhe força.

Em outro vértice do problema está a questão do consumo por meio do crédito fácil e irresponsável. Essa fórmula foi utilizada pelo governo do então presidente Lula para empurrar is brasileiros incautos na vala do consumismo. A estratégia resultou no endividamento recorde das famílias e na alta da inadimplência. Tal situação se repetiu em janeiro deste ano, quando os bancos registraram preocupante aumento do cheque especial, linha de crédito perigosa e com taxas de juro aviltantes.

A profecia de Mantega tem prazo de validade curto, pois o ano em curso está repleto de eventos que comprometerão o desempenho da economia, como um todo: Carnaval, Copa do Mundo e eleições. Sendo assim, feliz 2015, se é que isso será possível.

Turistas do MA têm casa arrombada no Litoral do PI e prejuízo de R$ 30 mil


Casa foi alugada pelos estudantes na Praia de Atalaia, em Luís Correia
Polícia registrou cerca de 60 ocorrências durante o fim de semana.
 

 

Ellyo Teixeira Do G1 PI, em Luís Correia


 Alguns turistas que escolheram o Litoral do Piauí como destino para o carnaval tiveram aborrecimentos. Um exemplo foi o grupo de 25 amigos que saiu do Maranhão, alugou uma casa na Praia de Atalaia e teve o imóvel arrombado na madrugada desta segunda-feira (3).  Os criminosos levaram 20 celulares avaliados em R$ 2.300 cada um e ainda roupas e dinheiro, um prejuízo de aproximadamente R$ 30 mil. Outras vítimas estiveram na delegacia para registrar boletins de ocorrência.
Delegacia de Luís Correia ficou bastante movimentada nesta segunda-feira (Foto: Ellyo Teixeira/G1)
Delegacia de Luís Correia ficou bastante movimentada nesta segunda-feira
"Agora os amigos vão patrocinar a gente, porque estamos sem dinheiro. Caso contrário iremos para casa só com a cara e a coragem”, falou uma das vítimas, que não quis ter o nome revelado.
De acordo com o delegado José Erisvaldo, de sexta-feira (28) até esta segunda-feira, pelo menos 60 ocorrências já haviam sido registradas na delegacia de Luís Correia, a maioria delas por furtos e arrombamentos a residências.

“Esses criminosos são chamados de ladrões de ocasião, que se dedicam a pequenos furtos. Eles aproveitam o momento de descuido das pessoas e entram nas casas para roubar”, contou o delegado.

Delegado José Erisvaldo alerta turistas para cuidados com os imóveis (Foto: Ellyo Teixeira/G1)
Delegado José Erisvaldo alerta turistas para
cuidados com os imóveis
O empresário Wanderley Junior e a família foram vítimas dos criminosos. Os bandidos levaram a carteira com todos os documentos e dinheiro, além de celulares e notebook. “Nós ficamos na casa de um amigo, quando foi na madrugada os bandidos aproveitaram o muro baixo e entraram na casa. Dentro do imóvel eles fizeram um arrastão, levaram tudo que encontraram”, relatou Junior.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o policiamento no Litoral foi reforçado em 50% . 

O delegado José Erisvaldo faz um alerta para os turistas: “É muito importante que, na medida do possível, apesar do calor, mantenha os vidros fechados e não deixem as bolsas expostas. Sempre deixem as casas fechadas e com poucos objetos de valor”.
“Você me comeu?”, pergunta Ivete Sangalo ao apresentador do SBT
 Por Ronaldo Valentim com TV Foco

A cantora Ivete Sangalo ficou bastante irritada na noite da segunda-feira (03) enquanto passava com seu trio elétrico em frete ao camarote do SBT. Tudo porque o apresentador da TV Aratu (SBT), Casemiro Neto, afirmou que ela estava grávida.

(Foto:Divulgação/ TV Aratu - SBT)
Ivete Sangalo: você me comeu?
Ela botou a mão na cintura e perguntou se ele havia “comido” ela, a baiana também disse que estava ali para cantar e não para dar entrevistas. Ivete fez questão de garantir que não está grávida.
Ninfomaníacas
Inspirada pelo novo filme de Lars Von Trier, Carol Teixeira vai a campo para falar com mulheres que adoram sexo acima de tudo

Da Vip
 
Todos nós já ouvimos sobre celebridades que foram diagnosticadas como viciadas em sexo: Michael Douglas, Tiger Woods, Charlie Sheen e outros tantos nomes que causaram frisson nos tabloides com suas peripécias sexuais. Uma personagem de Gwyneth Paltrow pergunta num filme sobre o assunto: “Mas isso não é a desculpa que os homens dão quando traem?”. Não. O vício em sexo pode ser um problema sério e nem sempre fácil de diagnosticar. Na época do lançamento de Shame, filme de Steve McQueen que tinha Michael Fassbender como o protagonista viciado em sexo, lembro que uma amiga comentou: “Mas todos os homens são assim”. Eu fui contra esse comentário dela e fiquei pensando sobre o quanto a sexualidade humana é ampla e inclassificável. É muito difícil saber onde acaba a tal normalidade e onde começa um estado patológico relacionado a isso.

Esses dias vi o recém-lançado e polêmico A Ninfomaníaca de Lars von Trier e me peguei pensando a mesma coisa. Será que a menina do filme não poderia ser apenas considerada uma pessoa um tanto compulsiva, que buscava novas experiências para se entender sexualmente? Aquela busca era, de fato, um vício? Fiquei fascinada pelo tema, comecei a analisar meu histórico sexual e o dos meus amigos, fui em grupos de viciados em sexo (cheguei a dar depoimento) e decidi escrever sobre isso. Tinha muitas dúvidas: em que ponto exato gostar muito de sexo vira um vício?

VIP-347-ML-NINFOMANIACAS-01
Ninfomaníacas: como a pluma a passear na densidade do desejo...
Saí falando com todas as mi—–nhas amigas para descobrir se elas sabiam de alguém que curtia tanto sexo a ponto de beirar o vício. Depois de ouvir a mesma piadinha de 99% delas (“Você!”), acabei falando com duas mulheres que reconheceram, sim, ter questões relacionadas a is-so. Vamos chamá-las de L. e M.

Antes, um pouco de ciência: “A satiríase e a ninfomania são os termos médicos clássicos para o desejo sexual excessivo em, respectivamente, homens e mulheres, mas não há um consenso se tais quadros devem ser classificados como transtornos dos impulsos, como dependência, ou como um subtipo de transtorno obsessivo-compulsivo (TOC)”, me disse o psiquiatra Eduardo Aratangy, supervisor do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo. Segundo ele, geralmente há o diagnóstico quando os comportamentos sexuais excessivos (frequentes e repetitivos) trazem sofrimento e prejuízos para pessoa. “A percepção de sofrimento surge quando os relacionamentos afetivos mais importantes são comprometidos, quando há consequências sociais e profissionais.”

Este é o caso de L., que foi procurar ajuda no Dasa, grupo de auxílio para dependentes de amor e sexo. Ela me contou que desde a adolescência sempre achou o sexo a forma mais fácil de agradar e ser aceita. “Tinha essa tendência de oferecer sexo em troca de aceitação e achar que as pessoas me amariam por isso. Foi um padrão destrutivo de ação que eu estabeleci muito cedo na minha vida”, diz.

L. é sexualmente compulsiva, tem a necessidade de gozar muito rápido e várias vezes numa relação sexual e quando se masturba diz não ter tempo para ver filmes ou imaginar fantasias elaboradas, quer logo chegar lá para logo ter um outro orgasmo, processo que ela reconhece como completamente mecânico. Vê o sexo como a maneira mais fácil de preencher lacunas e insatisfações de sua vida. L. resolveu mudar quando sentiu que tal comportamento estava afetando de forma significativa seus objetivos em relação a sua vida pessoal. “Tem gente que está feliz da vida dando livremente por aí, mas não é meu caso – então por isso quero tratar essa minha relação com sexo.” L. reconhece que muito do seu comportamento vem também da baixa autoestima que acaba refletindo no que ela considera um mau uso do próprio corpo.

Já minha amiga M. se encaixaria no que L. se referiu como “gente que está feliz da vida dando por aí”. “Sempre tive uma sexualidade muito aflorada. Quando eu era mais nova, era mais descontrolada, já fiz sexo oral em metrô meio vazio, já transei no fundo de um ônibus, já dei numa van de uma banda sem ninguém ver. Sempre fui hipersexualizada e percebia isso quando falava com minhas amigas, que não tinham a mesma ânsia que eu”, diz ela.

M. curte homens e mulheres, dá no primeiro encontro sem culpa caso sinta vontade e diz que algumas práticas sexuais que mulheres em geral fazem só para agradar ao parceiro (tipo deep throat e sexo anal) ela faz com muito prazer. Masturba-se em média seis vezes por semana e diz que sempre gostou de ver filme pornô por curiosidade e para aprender coisas no-vas. “Sexo para mim resolve tudo. Por exemplo: eu teria ciúme de uma menina bonita falando com meu namorado ou dando em cima dele numa balada, mas não teria de vê-la na minha frente dando para ele” (nesse ponto, lembrei da última frase do livro Juliette Society, da ex-porn star Sasha Grey: “Sexo é o grande equalizador”). Quando pergunto se ela já cogitou a hipótese de ser uma viciada em sexo, ela nega: “Nunca me atrapalhou, até meus amigos machistas me respeitam muito, sabem que eu não ultrapasso limite ético, meu grande desejo sexual não atrapalha ninguém”.

O que ficou claro para mim é que geralmente o vício no sexo vem juntamente com outros problemas e compulsões. Quem realmente era considerado ou se considerava viciado tinha vários outros problemas ligados à compulsão – vício em sexo é algo que raramente vem sozinho.

E sobre a piadinha das minhas amigas que eu devia dar depoimento para minha própria matéria? Eu diria que eu me encaixaria mais no perfil de M. e em sua visão leve sobre o assunto. Será que não fui eu que dei esse depoimento? Vocês nunca vão saber.

Carol Teixeira tem o blog aobscenasenhoritac.com.br. Siga-a: @carolteixeira_
Cinegrafista é atingido com três tiros em Pedreiras

HIlton Brito Costa de 36 anos, cinegrafista da TV Atenas, afiliada a Rede Bandeirantes foi atingido com três tiros na frente da emissora em que trabalha na cidade de Pedreiras. Os disparos foram registrados na tarde desta terça-feira (4), enquanto ele esperava para fazer imagens de um bloco de carnaval da cidade que iria passar pelo local.
 (Reprodução internet)
O cinegrafista Hilton Brito Costa: vítima de atentado e tentativa de homicídio
Dois tiros atingiram a perna do cinegrafista e um, o abdômen. Hilton Costa foi encaminhado ao Hospital Nossa Senhora das Graças na cidade, foi submetido a cirurgia e está em estado grave.

A Polícia Civil já começou a investigar o caso e nesta quarta-feira (5) testemunhas devem ser ouvidas.

Freud Com Os Escritores 

"Não posso imaginar que uma vida sem trabalho seja capaz de trazer qualquer espécie de conforto. A imaginação criadora e o trabalho para mim andam de mãos dadas; não retiro prazer de nenhuma outra coisa. Esta seria uma receita para a felicidade, se não fosse a idéia terrível de que a produtividade da gente depende inteiramente de nosso modo de sentir. Que há de ser da gente, quando os pensamentos cessarem de aparecer e as palavras adequadas não se apresentarem? Não se pode deixar de tremer diante de tal possibilidade. É por isso que, embora submetendo-me ao destino como um homem honesto, não deixo de fazer secretamente a minha oração: acima de tudo, que não surja nenhuma doença ou qualquer miséria física que me paralise as faculdades da criação. Como dizia o rei Macabeth: "Morreremos com as armaduras nos ombros"." Sigmund Freud


Sinopse

As leituras preferidas de Sigmund Freud e as relações da psicanálise com a literatura são o tema deste livro. J.-B. Pontalis e Edmundo Gómez Mango se detêm sobre alguns dos mais célebres escritores europeus a fim de refletir sobre o diálogo que Freud estabeleceu com a obra de cada um deles. Meticuloso e apaixonado leitor de Shakespeare, Goethe, Schiller, Hoffmann, Heine e Dostoiévski, o criador da psicanálise também manteve contato pessoal ou se correspondeu com autores de sua época, como Arthur Schnitzler, Thomas Mann e Stefan Zweig. A crítica literária e a genealogia dos conceitos psicanalíticos se entrecruzam nos esclarecedores ensaios de Pontalis e Mango, que também examinam como a tensão entre ciência e literatura marca a escrita e o pensamento freudianos. É essa mesma tensão que faz do autor de A interpretação dos sonhos, além de um decifrador genial da alma humana, um dos maiores escritores de todos os tempos.

Descrição do produto e ficha técnica

Título: Freud Com Os Escritores
Autor: Edmundo Gómez Mango, J.-b. Pontalis 
Tradução: André Telles
Editora: Três Estrelas
Edição: 1
Ano: 2014
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 304 páginas
ISBN: 978-85-6533-922-3
Peso: 390g
Dimensões: 240mm x 140mm

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores