terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Acusado de lançar rojão trabalha em hospital público do Rio


No final da tarde, a Polícia divulgou foto atualizada de Caio Silva de Souza


Jornal do Brasil 

A direção do Hospital Rocha Faria confirmou que o acusado de ter provocado a morte do cinegrafista da Rede Bandeirantes Santiago Andrade é funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviços à unidade. Caio Silva de Souza, de 23 anos, é auxiliar de serviços gerais, informou a Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro. O hospital fica no bairro de Campo Grande, na Zona Oeste da cidade.
Santiago Andrade fazia a cobertura do protesto na Central do Brasil, na última quinta-feira, contra o aumento da passagem de ônibus, quando foi ferido pelo rojão na cabeça. Levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar, foi submetido a uma neurocirurgia na noite de quinta-feira, mas acabou morrendo nesta segunda (10).
Caio é procurado em todo o estado pela morte de Santiago Andrade
Caio é procurado em todo o estado pela morte de Santiago Andrade
Caio de Souza é considerado foragido pela polícia. Ele mora em Nilópolis, município da Baixada Fluminense.
A Polícia Civil divulgou no final da tarde desta terça-feira (11) a foto atualizada de Caio Silva de Souza. Pela manhã, já tinha sido divulgado o retrato do suspeito. 
Policiais da 17 ª DP, em São Cristóvão, fazem buscas em diversos pontos do Estado para cumprir o mandado de prisão temporária contra Caio Silva.
O mandado de prisão por homicídio doloso qualificado por uso de explosivo foi expedido na noite desta segunda-feira pela Justiça do Rio. 
De acordo com a nota do TJ, "há evidentes necessidades de se resguardar a instrução, a fim de que as demais provas sejam colhidas pela autoridade policial garantindo-se, ao final, a instrução da causa, que é de grande repercussão e que merece integral apuração, dada a lesividade social que os eventos violentos havidos nas recentes manifestações nesta cidade não mais se repitam".


Mau desempenho de Roseana atrapalhará Luís Fernando na corrida eleitoral

Por Fernando Atallaia
Editor de ANB Online

Os fernandistas( a grande maioria temerosa da  perda de seus empregos no governo do estado e em prefeituras de cabide, se porventura Flávio Dino for eleito governador) vem propagando aos quatro ventos que uma suposta perseguição política por parte de Dino estaria impedindo  Luís Fernando de trabalhar pelo estado. 

Invencione e marketing puro, essa tática esconde além do medo da derrota nas urnas, o péssimo desempenho  da governadora Roseana  e de seus secretários em setores fundamentais da administração pública como Educação, Saúde, e hoje principalmente, Segurança Pública. 
Luís Fernando: seu maior obstáculo é o seu próprio governo 

Não há nada de perseguição. O que  há, para se fazer menção a um adágio popular, é o governo Roseana ''queimado e queimando'' Luís Fernando por onde o candidato passa. A crise no Maranhão chacoalhou as estruturas sociais, mas não parou por aí. 


A governadora Roseana Sarney: seu governo conspira naturalmente contra a candidatura de Luís Fernando Silva 
Nos corredores do Palácio dos Leões é voz corrente a fremente preocupação do grupo Sarney com uma candidatura que ainda não decolou. Para superar a lacuna, os ''aliados'' do governo se apoiam em estratégias que intentam convencer o eleitorado. Luís Fernando segue como se nada estivesse acontecendo. É o ''homem-trabalho''. Enquanto que os lamentáveis meandros, as vísceras e os intestinos de seu governo são mostrados mundo afora, através das grandes redes de televisão e da mídia mundial, com odor insuportável. 
Flávio Liderou com folga todas as pesquisas realizadas em 2013
Flávio Dino com a presidenta Dilma Rousseff: com o tempo político a seu favor, ele poderá ser o próximo governador do Maranhão 
A fragilidade de Luís Fernando não vem das ''acusações'' feitas por Flávio Dino. Há uma realidade que aponta para um Maranhão miserável e esquecido pelo Brasil. É contra este Maranhão, construído ao longo de décadas por seu grupo político que ele Luís Fernando terá que lutar pelos próximos meses. Pegou um momento delicado, onde os maranhenses não acreditam mais nas promessas de Roseana, nem tampouco nas mentiras de seu grupo político. Luís Fernando rema contra a maré. Os ares são favoráveis a Flávio Dino. E esta constatação tem sido bem difícil de apagar. 



Toma Lá. Da Cá com Edelvi Cutrim

O administrador ribamarense Edelvi Cutrim, 40, é um dos  expoentes da juventude da cidade balneária, que preocupado com a realidade da terceira maior cidade do Maranhão utiliza as redes sociais para fortalecer o fórum de discussões em torno da situação sociopolítica do município em tempo real.

Edelvi, um ex-membro do Partido Social Democrático-PSD, foi o mais bem votado candidato a Vereador da legenda nas eleições de 2012. Ribamarense com sólida tradição familiar em São José de Ribamar e um pensador perspicaz da política local, o ativista concedeu  breve entrevista à série ‘’Toma Lá. Dá Cá’’ da Agência Baluarte na tarde de hoje(11). Na pauta, o município sob a perspectiva aguda  de quem de fato vive a cidade sob os seus mais diversos ângulos. Confira:

Por Fernando Atallaia
Editor da Agência Baluarte

Agência Baluarte- Você saiu do grupo governista?

Edelvi Cutrim- Saí no final do semestre de 2013. Sou oposição a Gil e Luís Fernando. À toda corja dos Sarneys, também.

Agência Baluarte- Porque você saiu do grupo do atual prefeito? Quais foram as razões?

Edelvi Cutrim- Acreditava que os projetos que discutíamos em campanha iriam de fato ser discutidos pós -eleição. Fui o candidato mais votado do partido PSD, não tivemos espaço na discussão por melhorias em nossa cidade, temos um público que espera por algum benefício em seus bairros. Não podemos ficar em um grupo onde não se tem seriedade e compromisso com as pessoas.

O jovem líder ribamarense Edelvi Cutrim: críticas ao governo Gil Cutrim e aversão ao grupo Sarney  em entrevista à Agência de Notícias Baluarte 
Agência Baluarte- Em sua opinião, como está São José de Ribamar, hoje?

Edelvi Cutrim- A nossa cidade está abandonada, obras inacabadas, ruas sem pavimentação, falta de oportunidade com projetos para os jovens com Geração de Emprego e Renda. Temos um Legislativo sem muita significância. Somos a terceira maior cidade dos Estado, temos um potencial turístico maravilhoso, mas não há investimentos em estrutura, a cidade que não tem indústria, não tem circulação de capital.

Agência Baluarte- Você é uma liderança jovem de nossa cidade. Qual mensagem deixaria a juventude de São José de Ribamar neste ano eleitoral?

Edelvi Cutrim- O futuro quem faz é a gente, nessa próxima eleição o povo deve analisar o currículo profissional e político do candidato, o eleitor não pode mais se iludir com emprego, ou qualquer benefício que lhes oferecerem. Digo isto, porque conheci isso de perto, fui um candidato sem promessas, ou seja, bonificações. O povo é  muito enganado, temos de dar um novo rumo para o nosso cenário político. Minha mensagem é esta.



Morre o cantador do bumba meu boi de Axixá, Donato Alves, aos 82 anos

O músico morreu por causa de um AVC sofrido em maio do ano passado.


Imirante.com
SÃO LUÍS - Morreu, na tarde desta segunda-feira (10), o cantador e compositor do bumba meu boi de Axixá Donato Alves. Em maio do ano passado, ele sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Estava internado havia nove meses no Hospital Carlos Macieira.

Em 2000, Donato Alves havia sofrido um AVC, mas, na época, conseguiu continuar as suas atividades na capital maranhense.
A toada "Bela Mocidade", canção composta na década de 1980, é um dos grandes sucessos do cancioneiro maranhense. Natural de Axixá, o cantor sempre demonstrou a sua forte relação com sua cidade natal.
O cantador Donato foi um dos mais importantes compositores populares do Brasil: morando em São José de Ribamar, sua importância nunca foi reconhecida pelo Poder Público da cidade balneária  
Donato Alves teve a canção imortalizada na voz da cantora Maria Bethânia e, ao lado do amo do boi, Francisco Naiva, compôs dezenas de outras belas toadas que embalam o São João do Maranhão há décadas.
Em nota, a governadora Roseana Sarney lamentou a morte do compositor. “A cultura do Maranhão está triste hoje. Donato Alves era um mestre na arte de compor. Com simplicidade, sabia traduzir em poesia as belezas de Axixá, do Munim e do Maranhão. Donato e sua história de paixão pelo boi estão eternizados através de sua música, cheia de emoção e alegria”, afirmou a governadora Roseana Sarney.
Entre os artistas maranhenses, a morte do compositor também foi muito lamentada. O líder da Tribo de Jah, Fauzy Beydoun, disse que tinha uma grande dívida com Donato desde quando seu grupo foi citado numa de suas composições. Ele lembrou o trabalho do cantador e classificou como "genial" a Bela Mocidade. "Essa é uma das toadas mais brilhantes e, certamente, ele terá um lugar especial no rol dos compositores brasileiros", lamentou Beydoun.
José Pereira Godão, integrante da Companhia Barrica, também demonstrou pesar e disse ser grandiosa a herança cultural deixada pelo artista. "Donato foi e sempre será o compositor de uma das músicas imortais da cultura popular maranhense. Com características singulares, românticas que nos mostra possibilidades muito claras de que a música maranhense pode estar em qualquer lugar do mundo".
O velório do compositor ocorrerá na Igreja de Nossa Senhora da Saúde, na cidade de Axixá. Após o velório, o corpo do músico será enterrado no cemitério Jardim da Paz, na Estrada de Ribamar, às 17h.

Sede da associação dos guardas municipais  foi inaugurada mês passado em grande evento.

Por Fernando Atallaia 
Direto da Redação
Os guardas municipais de São José de Ribamar estão com motivos de sobra para comemorar. Mês passado foi inaugurada a nova sede da associação da categoria num evento que marcou a continuidade das ações já implementadas pela gestão atual à frente da instituição. 

Segundo Raimundo Pires, presidente da associação dos guardas, a nova sede trás no bojo de sua construção sonhos e expectativas para 2014. ''Realmente, é motivo de muita alegria podermos inaugurar já neste começo de ano nossa nova sede, era um sonho de todos os guardas municipais, sonho este, hoje concretizado’’, exultou Pires.

Fundada em 2006, a Associação dos Guardas de São José de Ribamar foi decisiva em conquistas importantes da categoria trabalhista, dentre elas a implantação de direitos como adicional noturno;vale-transporte;hora extra e padronização de fardamento. Atualmente, a instituição fornece aos guardas, serviços de consultoria nas áreas jurídica, médica e assistência social.
Raimundo Pires, presidente da Associação dos Guardas de São José de Ribamar: nova sede para instituição, parcerias e projetos de valorização da categoria
''Temos advogados à disposição de nossos guardas, e ainda prestação de serviços aos associados;a associação disponibiliza também cabeleireiros, barbeiros e outros profissionais de relevante importância na valorização da categoria, estamos sempre buscando mais e mais parcerias que contemplem com assistência os guardas da cidade, somos incansáveis nesse empenho’’, enfatiza o presidente.

A nova sede da associação dos guardas municipais fica localizada no bairro J. Câmara II no centro da cidade, e  conta com uma equipe de trabalho voltada para o bom atendimento da categoria e sociedade ribamarense. ''A sede da associação está sendo toda informatizada e está  de portas abertas a todos quantos quiserem saber mais sobre nossos projetos; para este ano, por exemplo,  estaremos estabelendo convênios para cursos; planos de saúde e programas sociais que visem o fortalecimento da categoria dos guardas municipais em nosso município’’, anuncia Pires.  

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores