sábado, 21 de setembro de 2013

Toma Lá. Da Cá com Rodrigo Valente


Nas redes sociais, as ações da Secretaria de Saúde da prefeitura municipal de São José de Ribamar chamam atenção pela promoção de uma política de humanização que visa, em tese, democratizar a Saúde a população ribamarense nos mais variados aspectos.

Desde a organização de encontros e palestras às visitas aos postos e Unidades Básicas de Saúde-UBS do municipio a pasta tenta manter-se presente. Com uma demanda no atendimento superior ao seu quadro de profissionais e as instalações clínicas, a SEMUS vem apostando em sua equipe e num planejamento voltado para o enfrentamento da precariedade do setor na cidade, além da implementação de programas modernos que contemplam a realidade atual.

Rodrigo Valente, 32 anos, é um administrador e economista que há quase um ano dirige a pasta. Estendendo-se sobre aspectos importantes de sua gestão à frente da SEMUS, Valente falou à série de entrevistas ''Toma Lá. Da Cá'' da Agência Baluarte. Foi elucidativo e veemente em acreditar que para os próximos anos, a secretaria já terá cumprido um papel social definitivo na terceira maior cidade do Maranhão. Vamos ao bate papo:
 
 
Por Fernando Atallaia
Editor da Agência Baluarte
 
Agência Baluarte- Como vai a Saúde de São José de Ribamar?

Rodrigo Valente- O prefeito Gil Cutrim tem plano gigantesco para a Saúde. Estamos construindo 6 novas unidades de saúde e ampliando 2(duas). Nesta semana do aniversário da cidade vamos entregar duas unidades. Uma na Vila São Luis e a da Nova Aurora, e ainda temos mais unidades que em alguns meses serão licitadas como a do J. Câmara, um dos bairros mais populosos de São José de Ribamar. Além disso, ainda na política da atencão básica, está sendo implementado o Programa de Melhoria e Acesso e Qualidade em todas as equipes de saúde da família. Um trabalho extremamente importante que vai melhorar o atendimento, o acolhimento, e as referências do usuário do sistema único de saúde.

O secretário de Saúde da prefeitura de São José de  Ribamar, Rodrigo Valente, durante evento promovido pela pasta: entrevista à Agência Baluarte e esclarecimentos necessários


Agência Baluarte- Sabemos que a Saúde é uma área emblemática para Gestão. Como você convive com as milhares de demandas da populaçao, diariamente?
 
Rodrigo Valente- Exatamente por isso é que estamos implementando o PMAQ nas unidades e todos os servidores estão passando por capacitação em Acolhimento e Humanização. Esse programa é uma espécie de ISO da saúde. Passaremos por auditorias de qualidade e quem vai avaliar são os trabalhadores da saúde e a população usuária do SUS. Dessa forma, em seis meses, teremos a auditoria realizada pelo Ministério da Saúde, através da UFMA e o que é mais gratificante nesse processo é o envolvimento dos servidores da Saúde. Como teremos os quadros do Sistema da Qualidade, teremos uma competição saudável entre as equipes e ninguém vai querer estar no vermelho.
Agência Baluarte-São José de Ribamar, em sua opinião, não necessitaria de um hospital municipal de alta complexidade para atender aos quase 200 mil ribamarenses que buscam pelos serviços da SEMUS?
 
Rodrigo Valente- A política pública da Saúde é a mais complexa de gerenciar. Falo isso porque as decisões são tomadas em comissões técnicas a nível regional e estadual. Refiro-me as Comissões de Integestores Regional e Bipartite e Tripartie. Então a decisão em ter hospital de alta complexidade não é a política do ministério da saúde. Atualmente estou coordenando a CIR Sao Luis e as pactuações estao sendo desenhadas. O hospital e maternidade de SJR é mantido em quase 80% pela prefeitura. O nosso teto deste bloco de financiamento do SUS ainda não permite aumentarmos a complexidade do hospital, além de não ser pactuado na REDE do SUS.

 
Agência Baluarte- Para os proximos 3 anos, o que a população de nossa cidade pode esperar da gestao Gil Cutrim para área da Saude?
 
Rodrigo Valente- Para os próximos três anos temos muitos desafios. O prefeito está articulando a implementação de 4 academias da saúde no município. Construção de novos centros de especialidades nas Vilas e nas áreas limítrofes. Ou seja, novos CEO e CED. Além da ampliação dos atuais aumentando o número de consultórios e vagas para a população. Além disso, haverá mais construções de unidades ja existentes para dar mais conforto à populacão. Outro projeto do prefeito Gil Cutrim é o aumento dos serviços de exames laboratoriais. Hoje temos exames em todos as unidades de saúde e o prefeito pretende colocar também de forma estratégica, postos de coleta permanente para que haja o atendimento imediato. O prefeito Gil está determinado a fazer a diferença na Saúde. Até o final do seu governo, teremos quase dez novas unidades, entre aumento de cobertura e novas unidades prediais. Teremos um acolhimento diferenciado nestas unidades. E além disso tudo, lutaremos nas câmaras técnicas para que o Governo do Estado, Ministério da Saúde, possam nos entender cada vez mais.O quanto que estamos realizando aqui com recursos próprios nos mostra que precisamos de pactuações. E sempre.
 
Ordem de serviço foi assinada ontem pelo secretário Luis Fernando Silva, da SINFRA.

Por Fernando Atallaia
Direto da Redação

O prefeito de Paço do Lumiar, Josemar Sobreiro(PR) tem desapontado a quem imaginou que ele teria uma conduta sóbria à frente do Executivo municipal da cidade. Ontem(20) por ocasião de uma ordem de serviço assinada pelo secretário de Infraestrutura do governo Estadual Luis Fernando Silva, Josemar cometeu mais uma de suas gafes. E mais: mostrou não ter uma postura à altura do desafio de gerir uma cidade importante para região da Grande São Luis.

Enquanto Marconi Lopes, o vice, assina a ordem, Josemar é visto atrás dele a espiar: aí ele é o ''jeca coitadinho''
Como é notório, quando não incorpora a condição de ''jeca coitadinho'' o prefeito segue como um vislumbrado a mostrar os documentos da ordem em questão. Fato não isolado, Josemar é conhecido em Paço do Lumiar por designações nada incomuns. O prefeito já foi chamado de ''bocó''; ''porfessor'' e tantos outros adjetivos que testemunham da revolta da população que o elegeu. A esperançosa em ter um gestor dinâmico, inteligente e afeito ao conhecimento. Na ausência de tais atribuições, Josemar Sobreiro busca nos sorrisos à esmo preencher a lacuna.

Num segundo momento, Marconi Lopes já por trás de Josemar, o ''vislumbrado'' se esquiva em zombaria da ação de seu prefeito. Já o vice- prefeito de Ribamar Eudes Sampaio observa Josemar, assustado; Luis Fernando mantém-se enquanto que os demais presentes ficam sem entender nada
Não foi diferente nesta sexta. Na presença de vereadores da cidade e de edis de municípios vizinhos e ainda na presença do vice-prefeito da cidade vizinha São José de Ribamar Eudes Sampaio, entre outras autoridades, Josemar comemorou o que não era necessário comemorar. Espantou a alguns. Seu vice, Marconi Lopes, é visto em uma das fotos(clique em cima para ampliar) se distanciando em desdén declarado( um misto de zombaria com vergonha)enquanto o próprio prefeito como um ''bocó'' mostra uma folha aos presentes. Por mais essa Paço do Lumiar não esperava.

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB