quinta-feira, 19 de setembro de 2013
 
Fora de área ou desligado

População de São José de Ribamar reclama do não atendimento dos secretários da prefeitura

Por Fernando Atallaia
Direto da Redação

Quem vê a listagem dos telefones dos secretários do governo Gil Cutrim no portal da prefeitura municipal(http://www.saojosederibamar.ma.gov.br/governo-municipal/secretarias/) com suas respectivas funções pode até se animar se estiver precisando resolver algum imbróglio ou demanda com urgência. Animar-se, somente. Nos últimos meses, a Agência de Notícias Baluarte recebeu cerca de 176 reclamações(via e-mail e telefonemas) dando conta de que os titulares das secretarias em questão não atendem os números lá expostos para ''possível''contato com a população local.

A microempresária Cleide do Rosário, uma das ribamarenses prejudicadas pelo descaso oferecido pela PSJR em contato telefônico com nossa equipe de reportagem, abriu o verbo. '' Não adianta nem ligar, eles não atendem e quando só chama sem ninguem atender, na maioria das vezes ou sempre os telefones dão fora de área ou desligados, é uma vergonha'', constatou Cleide.
 
Prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim: secretariado que ignora  a população e não atende ligações dos ribamarenses
Segundo apurou ANB Online, as pastas que são alvo de denúncias de não atendimento à população são as secretarias de Obras(SEMOSP); Educação(SEMED); Assistência Social(SEMAS); Saúde(SEMUS); Agricultura(SEMAGRI); Receita(SEMREC) e Turismo e Cultura(SEMTUC). As reclamações enviadas ao Blog atestam o fato. '' Eu nem ligo mais, tem secretário que acha que tem o rei na barriga e só procura a gente(população) quando tem algum interesse, principalmente em época de eleição, não adianta nem ligar que eles( secretários) não atendem'', avisa a estudante Vanessa, residente no bairro Panaquatira.

A reportagem tentou contatar alguns secretários da prefeitura de São José de Ribamar para checar a veracidade das denúncias, mas como bem informaram os municípes os telefones de fato só chamam e ninguem os atendem. Em seguida tentamos contato com o chefe do Executivo municipal, Gil Cutrim(PMDB), mas fomos informados que o prefeito também usa da mesma prática para manter o distanciamento da população. Algo que geralmente não acontece em épocas eleitorais, onde os ribamarenses são vistos pelos secretários e pelo prefeito municipal como amigo inseparável. Lamentável!

 
 
 

3 Perguntas para: Vereador Irmão Câmpelo
 

Nos últimos 3 meses o plenário da câmara de vereadores de Paço do Lumiar foi palco de uma enxurrada(ou enxovalhada) de debates com vieses para o governo Josemar e retornos positivos para os oposicionistas de plantão. Nessa ambiência o líder do Governo no Legislativo de Paço, vereador Irmão Câmpelo(PSDB), teve de desdobrar-se para manter o equilíbrio do Governo na Câmara. Tarefa espinhosa para um vereador de primeiro mandato.

ANB Online esteve com Irmão Câmpelo em breve entrevista para série '3 Perguntas para' e obteve algumas declarações que esclarecem-de certa forma-, a confusa realidade daquele Poder, com especial atenção para relação Executivo/Legislativo. O vereador falou também sobre o bloco parlamentar 'Câmara Livre'', uma das consequencias, segundo alguns, da então frágil representatividade do Governo municipal na câmara de vereadores de Paço. Vamos à entrevista:
 
Por Fernando Atallaia
Editor de ANB Online
atallaia.baluarte@hotmail.com

 
Agência Baluarte- Há alguns meses muito se falou na vulnerabilidade da liderança do governo Josemar na Câmara. A que o Sr. atribui esta constatação?
 
Irmão Câmpelo- Num primeiro momento houve muita cobrança em torno das indicações de projetos e mesmo dos PL(Projetos de Lei) postos em plenário pelos vereadores da Casa; o que aconteceu é que se formou uma grande demanda, mas todas foram atendidas no sentido de que o Executivo teve acesso aos pleitos dos vereadores e está encaminhando a contento dos mesmos; após isso, alguns vereadores também cobraram certa solução imediata aos seus pleitos, esquecendo-se que o governo Josemar só tem 9 meses de atuação no município; vejo que houve essa cobrança em demasia e que de certo modo é injustificável e até injusta, mas hoje o clima é de total equilíbrio na Câmara, o que certamente incomoda e sempre irá incomodar aqueles que tentam à sua maneira desestabilizar o Governo(Josemar) e criar uma ingovernabilidade que não existe em detrimento dos interesses da população.
Irmão Câmpelo, líder do Governo na Câmara: governo Josemar segue equilibrado no Legislativo de Paço

Agência Baluarte- Como o Sr. explica a dissenção de alguns vereadores, hoje num total de 8, da base aliada do Governo para a formação do bloco Câmara Livre'', uma vez que também foi apregoado pelo próprio governo Josemar que a governabilidade estaria garantida na Câmara?
 
Irmão Câmpelo- Bem, a meu ver, a governabilidade está garantida em todo município, acontece que os vereadores do Bloco citado seguem suas prerrogativas que são legítimas, e como eles mesmo afirmam são independentes e livres. O governo Josemar no Legislativo vê com bons olhos essa iniciativa(formação do Bloco) e não vê problemas na atuação dos 8 vereadores; certamente, como sua pergunta destaca, o Governo falou muito em união e unidade, em base aliada para bem governar em prol da população, mas o bloco( Câmara Livre) optou por uma forma de legislar que o ampara, e eu acredito que, sendo em prol do povo de Paço, o Governo só tem a agradecer, até porque os colegas e companheiros do Bloco não fazem oposição desastrada e em seu próprio conceito nem oposição eles são, como eles mesmo se definem.

Agência Baluarte- Mas há um certo clima de insatisfação por parte de setores da população com o governo Josemar na cidade. De onde vem esse descontentamento?
 
Irmão Câmpelo- É natural. Quando um governo se elege, e antes de ele ser governo ele era grupo político, há outros grupos, os que não foram eleitos, que logo no primeiro dia de atuação estarão lá a jogar pedras. A população em si não está insatisfeita, sabe que o prefeito só tem 9 meses de eleito, como eu já disse aqui, e que que está empenhado em buscar recursos junto aos governos Estadual e Federal para principalmente pavimentar os bairros do município, uma cobrança antiga do povo de Paço. Então essa insatisfação a qual você se refere vem e se origina principalmente dos grupos políticos que querem conferir a já conhecida ingovernabilidade ao Executivo. Algo que não existe.
 
Sindicato dos Guardas de São José de Ribamar estabeleceu convênio que beneficia a categoria

 
Por Fernando Atallaia
Editor da Agência Baluarte
agencia.baluarte@hotmail.com

 
O Sindicato dos Guardas de São José de Ribamar-SINDIGUARDA estabeleceu no início desse mês convênio para plano odontológico que beneficia a categoria. A conquista é fruto do esforço da diretoria, que incansável, somente nos últimos 2(dois) anos já pleiteou dezenas de reivindicações dos guardas junto aos poderes constituídos na cidade e demais organismos sociais.

Mauro Sérgio Correia, presidente do SINDIGUARDA, por telefone falou à nossa redação. '' O plano odontológico é uma conquista de toda categoria e um benefício que irá contemplar a todos os sindicalizados, estamos felizes com mais essa conquista dos guardas de São José de Ribamar; agora precisamos focar na Data-Base, estamos encampando mais esta luta, a Data-Base não é só um direito dos guardas, é de todo funcionalismo público municipal, não iremos e nem podemos abrir mão deste direito, o SINDIGUARDA irá, se necessário for, às ruas em prol deste benefício'', anunciou Correa.

À semana passada, o sindicato reuniu a categoria para discutir ações que devem ser iniciadas já no próximo mês. Mauro Sérgio explicou a importância da assembleia. '' O Sindicato( SINDIGUARDA) não vê como algo excepcional a luta sindical aqui em São José de Ribamar, estamos pensando nossa categoria diariamente e sempre discutindo entre nós(guardas sindicalizados) novos pleitos e ações, medidas a serem tomadas, a nossa luta é constante'', ressaltou.


 

 

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores