segunda-feira, 22 de julho de 2013


Construído pelo Ministério da Cultura, “memorial do funk” custa 4 milhões e causa polêmica


A inauguração, na tarde de hoje(22) do “Memorial do Funk”, obra que custou 4 milhões de reais aos cofres públicos, gerou revolta nas redes sociais em todo país.

Parlamentares da oposição proferiram discursos inflamados no plenário contra o que disseram ser “a celebração da putaria nacional”.
O “memorial” conta, além da obra fixada na entrada (foto) na qual “as funkeiras de bronze” exibem suas nádegas, com exposição permanente de fotos – entre as quais a do falecido dançarino Lacraia – vídeos e, claro, músicas.

Segundo o porta voz do Ministério da Cultura, “o memorial tem objetivo de divulgar e promover a cultura da periferia, vítima de tanto preconceito Brasil a fora”.
"Memorial do funk custou 4 milhões ao erário"
Os popozões do memorial já estão preparados para descer até o chão

Não é de hoje que o Ministério da Cultura flerta com o funk. Em 2008, na gestão do então ministro Gilberto Gil, o MinC patrocinou viagens da funkeira Tati quebra barraco para a Europa.

“Pretendemos levar para dentro das escolas de todo o país a cultura da periferia, tanto ensinando as crianças a compor como dançar funk, rap e hip hip”, conclui o porta voz do Ministério.



Ministro maranhense do TCU ‘rejuvenesce’ para adiar aposentadoria

 

Nomeado há seis anos para o Tribunal de Contas da União (TCU), o ministro Raimundo Carreiro envelheceu, sem truque de beleza ou matemática, só quatro de lá para cá. Depois de assumir o cargo, conseguiu na Justiça mudar sua data de nascimento de setembro de 1946 para setembro de 1948 e, assim, esticar em dois anos a permanência na corte, tida como o “céu” de políticos e servidores públicos em fim de carreira. A manobra adia a aposentadoria do ministro, obrigatória aos 70 de idade, e lhe assegura a posse na presidência do tribunal no biênio 2017-2018, escanteando colegas de plenário.

O comando do TCU é definido anualmente numa eleição pró-forma, que ratifica acordo de cavalheiros previamente costurado. O presidente exerce mandato de um ano, renovado sempre por mais um. Pela tradição, o escolhido é sempre o ministro mais antigo de casa que ainda não exerceu a função. O próximo da fila é Aroldo Cedraz, que tomou posse em janeiro de 2007, dois meses antes de Carreiro, e sucederá a Augusto Nardes no período 2015-2016. Em seguida, será a vez de Carreiro, que, com nova certidão de nascimento, tirou a cadeira de José Múcio Monteiro. “Pode ser consequência (assumir a presidência), mas não que o objetivo seja esse”, diz Carreiro.

Com medo de perder mamata, Carreiro ficou dois anos mais jovem

A decisão que o “rejuvenesceu” foi obtida na Comarca de São Raimundo das Mangabeiras, município do interior do Maranhão em que cresceu, foi vereador e se tornou influente. Para remoçar dois anos, Carreiro mostrou à Justiça certidão de batismo da Igreja de São Domingos do Azeitão, lugarejo vizinho a Benedito Leite, onde veio ao mundo. Preenchido à mão e de difícil leitura, o documento registra o nascimento de “Raimundo”, filho de Salustiano e Maria, em 6 de setembro de 1948, e não nos mesmos dia e mês de 1946, como no registro civil original do cartório.

Antes de migrar para o TCU, em março de 2007, Carreiro se aposentou no Legislativo usando a idade antiga, ou seja, aos 60 anos contados de 1946, e salário integral. Deixou a Secretaria-Geral da Mesa do Senado para ser empossado no TCU. A remuneração bruta alcança hoje R$ 44 mil, mas, segundo o Senado, não é paga por causa dos proventos do TCU, não acumuláveis.

Em 2008, já aposentado, Carreiro recorreu à Justiça para “corrigir” a confusão. Desta vez, lhe interessava comprovar a data de nascimento de 1948.
A sentença da Justiça maranhense saiu em março de 2009. Antes de concordar com a troca do registro, o Ministério Público rejeitou duas vezes os documentos juntados por Carreiro. Foi preciso o ministro viajar para São Raimundo e levar à audiência o padre de São Domingos, com livro de batismo e tudo. “Sabe quantos dias ele ficou para dar esse parecer? Contei: 43″, recorda Carreiro, reclamando do promotor Cássius Guimarães Chai: “Ele é muito conhecido lá, porque é muito ‘cri-cri’”, acrescentou o ministro.

Reforçaram o conjunto probatório os depoimentos da mãe biológica, Maria Pinheiro da Silva, que corroborou a data, e os de dois conhecidos da época de menino. Questionado se o registro de batismo é 100% certo, o padre atual, José Edivânio de Lira, explica: “Aqui é comum dar os dados de cabeça. É um pouco mais preciso, apesar da dúvida”.

Origem do problema - Embora nascido nos anos 1940, Carreiro só foi registrado em cartório em junho de 1965, em São Raimundo, o que era comum no passado. Na versão dele, foi por pressão dos políticos da época, interessados em qualificá-lo para votar, que o cartório marcou 18 anos de idade, e não 16. Com a fraude, sustenta, a irmã Floracy passou a ser, no papel, apenas três meses mais velha, ou seja, sem o intervalo de uma gestação. “Ficou por isso mesmo”, diz Carreiro. Na ação, ele argumentou que, embora transcorrido tanto tempo, era alvo de chacota dos familiares e, nas consultas médicas, obrigado sempre a reiterar a idade “de fato”.

No TCU, a notícia da retificação provocou críticas. “O poder rejuvenesce”, ironizou fonte graduada do tribunal. Além de administrar a estrutura da corte, com um orçamento anual de R$ 1,5 bilhão, o presidente não relata e julga processos, cumprindo, a seu critério, agenda recheada de negociações políticas e viagens internacionais.



(As informações são do jornal O Estado de S. Paulo).

 

Atrizes mostram os seios em protesto contra o papa e são vaiadas


Grupo protestou contra práticas da Igreja Católica e recebeu vaias de peregrinos no Largo do Machado

 

Do Jornal do Brasil


Um grupo de atrizes de rua, junto a outros grupos que repudiam a visita do papa Francisco, já em solo brasileiro para a realização da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), protestou no Largo do Machado, zona sul do Rio de Janeiro, contra o que consideram práticas retrógradas por parte da Igreja Católica. 

Formado por 12 integrantes, o grupo promoveu um ato mostrando os seios em frente à uma igreja, no Largo do Machado, ponto de concentração de manifestantes contra a vinda do Papa – que se encontrará, mais tarde, com a presidente Dilma Rousseff, o governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), e o prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes (PMDB), no Palácio Guanabara. O local fica a cerca de 500 metros da sede do governo fluminense.
No peito, atrizes protestam contra vinda do  papa Francisco ao Brasil

 As atrizes foram vaiadas por peregrinos que estão no local, em fila, a espera de uma van para visitar o Cristo Redentor – o local é um dos pontos de partida rumo ao monumento. Por mais que não se declarem feministas, elas vão de encontro a algumas práticas representadas pelo megaevento católico. 

De acordo com Luciana Pedroso, 27, uma das atrizes de rua, “o cristianismo representou o massacre ao sagrado feminismo”. “Queremos relembrar às pessoas que a Igreja Católica queimou muitas mulheres na fogueira.”
“Queremos restaurar este encontro com todas as camadas da opinião pública”, completou, devidamente fantasiada. As atrizes se juntam a um grupo LGBT (Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais) que vai promover um “beijaço” coletivo no local. 

Outros grupos de manifestantes, alguns com ligação partidária, também se concentram no local e devem partir por volta de 18h rumo ao Palácio Guanabara, onde um forte efetivo de segurança (cerca de 1 mil homens) fazem o cerco de proteção a chegada do papa Francisco.

MPMA denuncia ex-prefeito de Formosa da Serra Negra


A Promotoria de Justiça da Comarca de Grajaú ofereceu, em 19 de julho, Denúncia contra Cláudio Vale de Arruda, ex-prefeito do Município de Formosa de Serra Negra (a 632km de São Luís), por não ter realizado licitação para a compra de material e para a execução de obras e serviços de engenharia na área da Educação. As despesas foram pagas com recursos do Fundo Municipal de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e somaram R$ 1.077.961,47.

A manifestação foi oferecida pelo promotor de justiça Carlos Róstão Martins Freitas. Formosa da Serra Negra é termo judiciário da Comarca de Grajaú.

Consta nos autos, que o Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE), no exame da prestação de contas do exercício financeiro de 2008 do Município de Formosa da Serra Negra, detectou uma série de graves irregularidades, algumas tipificadas como crime.

Durante aquele período, o município adquiriu combustíveis, carteiras escolares, material de construção e de expediente, e executou obras e serviços de engenharia, entre outras. Segundo o TCE, as despesas, realizadas entre janeiro e dezembro, não apresentam vinculação a nenhum processo licitatório. "Conclui-se, assim, que o ex-gestor, na condição de servidor público e ordenador de despesa, desobedeceu ao comando legal que impõe o procedimento licitatório, incidindo em figura delituosa", afirmou na Denúncia o promotor de justiça Carlos Róstão Martins Freitas.
 
Dia da Mulher Negra será comemorado com ação social na Pindoba

Em comemoração do Dia Internacional da Mulher Negra (25 de julho),  a Prefeitura de Paço do Lumiar convida as mulheres luminenses para participar da ação social, com o tema: “Mulheres Negras em Destaque”, nesta quinta-feira, 25 de julho, no Clube das Mães da Pindoba.

Serão apresentadas palestras educativas e serviços de saúde como: preventivo, vacinas, teste rápido de HIV, teste de glicemia e aferição da pressão arterial.

Promoção:   Secretaria Extraordinária de Políticas para as Mulheres  
Apoio:  Secretaria Municipal de Saúde de Paço do Lumiar

Dia: 25 de julho de 2013
Local: Clube das Mães
Rua Tia Bia    S/N - Pindoba
Horário: das 14:00 às 17:00 horas
 
 
 
 
Matéria enviada por Coordenação de Comunicação da prefeitura de Paço do Lumiar.
 
 
Começa hoje (22) a Jornada Mundial da Juventude
 
 Ministério do Turismo vai promover roteiros religiosos durante o evento na capital fluminense

 
 
Brasília (DF)A Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que começa hoje (22) com a chegada do Papa Francisco, promete atrair milhares de pessoas ao Rio de Janeiro. Somente nos aeroportos, cerca de 700 mil pessoas são esperadas em dez dias, segundo a Infraero. O ponto alto será a passagem do papa pela praia de Copacabana, no dia 25, quando mais de 1 milhão de pessoas devem assistir ao desfile e aos shows. O evento católico deve gerar impacto da ordem de R$ 1,2 bilhão na economia brasileira.
“Esse é um evento grandioso. O Rio de Janeiro receberá jovens de todo o mundo e, nos próximos dias, veremos as estradas e aeroportos movimentadas por essa população. O brasileiro, sem dúvida, está preparando uma recepção calorosa para o encontro”, afirmou o ministro do Turismo, Gastão Vieira. Mais de 300 mil peregrinos estão inscritos no evento, com uma participação expressiva de estrangeiros, totalizando 40% desse público. Já os voluntários somam mais de 60 mil pessoas. Nesse caso, 90% são brasileiros.
 
Os aeroportos Antonio Carlos Jobim e Santos Dumont, no Rio, terão aumento de 30% no número de funcionários para atender ao incremento da demanda, segundo a Infraero. A estimativa é que os dois aeroportos tenham, em média, uma circulação adicional de 70 mil visitantes por dia, um aumento de 60% em relação ao mês de junho. Assim, em dez dias, 700 mil pessoas devem pousar na capital fluminense.
 
ITINERÁRIOS DA FÉ - Os itinerários da fé entraram na programação de boa parte dos visitantes da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). A igreja organizou passeios para cidades como Natividade, cuja principal atração é uma réplica da casa de Nossa Senhora, e Itaboraí, a cidade das cavalhadas. Há também atrações gratuitas como visitas guiadas a igrejas e trilhas organizadas por escoteiros.
 
As viagens motivadas pela fé ocupam um espaço cada vez mais importante no turismo brasileiro. No ano passado, foi o principal motivo de turismo para 1,17 milhão de brasileiros e trouxe para o país 16,3 mil visitantes estrangeiros, de acordo com pesquisa do Ministério do Turismo. Atento ao desenvolvimento desse segmento, o MTur investiu cerca de R$ 1,4 milhão em uma área de 3.323 metros quadrados na maior feira católica do país, a ExpoCatólica, evento que ocorre paralelamente à JMJ. “Aproveitamos o evento para apresentar aos turistas os destinos consolidados de turismo religioso”, disse o secretário nacional de Políticas do Turismo, Vinícius Lummertz.
 
Segundo estudo da Embratur, autarquia vinculada ao Ministério do Turismo, a JMJ deve gerar impacto da ordem de R$ 1,2 bilhão na economia brasileira. “A Jornada vai fazer o Brasil ser ainda mais conhecido no mundo todo. Os jovens turistas que chegam ao país vão perceber que somos muito mais que sol e praia”, afirma o presidente da Embratur, Flávio Dino.
 
De acordo com a organização da Jornada Mundial da Juventude, serão gerados cerca de 20 mil empregos temporários. A última JMJ, realizada em Madri em 2011, movimentou cerca de R$ 1 bilhão na economia espanhola.
 
No mês passado, o ministério liberou R$ 625 mil para projetos que fortaleçam o Turismo Religioso no Brasil. As cidades contempladas são Nova Trento (SC), Aparecida (SP), Trindade (GO), Santa Cruz (RN) e Bragança (PA).
 
 
 
Matéria enviada por Ministério do Turismo-Governo Federal.



 
Vereadora protocolou mais de 30 proposições entre indicações e projetos de lei


Fernando Atallaia
Direto da Redação


A vereadora Sílvia Inácio(PRP), teve uma atuação marcante no primeiro semestre do mandato legislativo em Paço do Lumiar. Pontuadas pelo compromisso e por posicionamentos enfáticos e pertinentes, as ações da vereadora na Câmara Municipal se fizeram ecoar por toda cidade.

Mais de 30 projetos de alta envergadura voltados para as principais áreas da gestão pública de Paço foram colocados pela parlamentar em plenário. Contemplando setores como Saúde, Infraestrutura, Educação e Cultura, a progressista conseguiu emplacar um mandato popular que, de acordo com os luminenses, teve grande relevância para o município nos seis meses que se passaram.
 
Vereadora Sílvia Inácio vem se destacando no Legislativo de Paço do Lumiar
''Ela fez por merecer cada voto recebido e está de parabéns, sua atuação foi realmente marcante nesses primeiros seis meses de mandato, hoje o povo de Paço pode dizer que tem uma vereadora à altura de suas necessidades'', afirmou a comerciante Leide Gonçalves, residente no bairro Maiobão.

Sílvia Inácio é conhecida em Paço do Lumiar por suas duras críticas ao líder do Governo na Câmara e por cobranças constantes ao prefeito municipal. A vereadora que é identificada por seus eleitores como uma pessoa simples e ordeira vem se destacando no município desde que assumiu a uma cadeira no Legislativo da cidade.

''Gosto dela e não só eu, o povo sabe da luta de Sílvia e de seu compromisso com a população, fala o que pensa e para defender nossos interesses não mede esforços, é uma mulher guerreira, é a unica vereadora que eu vejo cobrando do prefeito as melhorias dia e noite '', reconhece a estudante Flávia, moradora do Paranã 2.

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB