quinta-feira, 4 de julho de 2013
 
 
Lava-Bois agita Ribamar neste fim de semana
 
Tradicional festa que, este ano, chega a sua 60ª edição, reunirá milhares de brincantes que irão se despedir da temporada junina neste sábado e domingo.
 
O período junino no Maranhão será oficialmente encerrado neste fim de semana no município de São José de Ribamar. Trata-se do tradicional Lava-Bois, evento organizado pela administração do prefeito Gil Cutrim (PMDB) e que, este ano, chega a sua 60ª edição.
Ao longo dos dois dias de festa – sábado (06) e domingo (07) – a previsão é de que mais de 100 mil brincantes participem do tradicional evento. A programação completa do Lava-Bois 2013 de São José de Ribamar está disponível no www.saojosederibamar.ma.gov.br
 

Parceiro musical do editor da Agência Baluarte, o cantor e compositor Allysson Ribeiro também está na programação do Lava-Bois
 
A festa terá início na noite de sábado no Parque Municipal do Folclore Therezinha Jansen, localizado na orla marítima da Sede do município. A partir das 19h, a animação ficará por conta das apresentações da Dança de Boiadeiro Forasteyro Country, Boi Meu Tamarineiro e Allysson Ribeiro e Banda.
 
A partir das 23h, a Banda Forró Estourado colocará o público para dançar. A programação será encerrada com o show de Alesandra e Banda.
No domingo, durante todo o dia, dezenas de grupos de Bumba- Boi, de todos os sotaques, irão se apresentar na Avenida Gonçalves Dias (principal via da sede da cidade) e no Parque Municipal do Folclore Therezinha Jansen.
 
Esquemas nas áreas da segurança, trânsito e saúde foram montados pela Prefeitura para oferecer comodidade e tranquilidade aos brincantes. Mais de 180seguranças privados contratados pelo governo municipal estarão trabalhando nos dois dias da festa. Cerca de 300 homens da Polícia Militar, além de integrantes do Corpo de Bombeiros, estarão na cidade durante todo fim de semana. É importante ressaltar que no Lava-Bois do ano passado nenhuma ocorrência grave foi registrada pela Polícia Militar.
 
O Centro de Saúde Honório Gomes, localizado no santuário religioso, funcionará em regime de plantão 24h com equipes médicas reforçadas e ambulâncias. O Hospital Municipal, também localizado na Sede da cidade, estará preparado para oferecer atendimento médico para casos mais graves.
 
No domingo, a partir das 5h, o trânsito na sede do município sofrerá algumas intervenções. Os coletivos que estiverem trafegando no sentido São Luís/Ribamar deverão seguir o seguinte itinerário: Avenida Clodomir Cardoso, Avenida Garrastazu Medice até o terminal da Campina. O retorno para a MA-201 deverá ser feito pelo seguinte trajeto: Rua Humberto de Campus, Praça do Cruzeiro até a Avenida Clodomir Cardoso.
 
As vans que estiverem trafegando no sentido São Luís/Ribamar deverão seguir o seguinte itinerário: Avenida Clodomir Cardoso, Avenida Garrastazu Medice, Rua Humberto de Campus até a Praça do Cruzeiro. O retorno para a MA-201 deverá ser feito pela Avenida Clodomir Cardoso.
 
Carros de passeio e automóveis de órgãos de comunicação, devidamente identificados, poderão utilizar as vias paralelas à Avenida Gonçalves Dias.
 

A história do Lava-Bois
 

São poucos os relatos históricos dando conta da origem do Lava-Bois. A versão contada por moradores mais antigos de São José de Ribamar revela que a festa teve início na década de 50.
 
O Lava-Bois surgiu de um ritual promovido por boieiros que foram até o município pagar uma promessa de São João. Os primeiros batalhões que chegaram à cidade foram os de orquestra. Eles vieram a convite de brincadeiras locais, mas também com o objetivo de pagar promessas.
 
A concentração das brincadeiras acontecia em frente a Igreja Matriz. Os primeiros Bois que participaram da festança foram os batalhões de Axixá, Rosário, Peri-Merim, Santa Rita e São José de Ribamar.
 
O evento começou a ganhar maiores proporções com as participações de representantes dos Bois de São José dos Índios e Sítio do Apicum. “Zé Camões, de São José dos Índios, Luis da Navó, da Maioba, e Lucas, do Sítio do Apicum, começaram a convidar outras brincadeiras para participar da festa. A partir daí, o evento ganhou grandes proporções e tornou-se essa grande manifestação cultural vista nos dias atuais”, explicou o historiador ribamarense, Antônio Miranda.
 
O nome Lava-Bois foi dado devido ao fato do evento encerrar oficialmente a temporada junina no Estado.
 
 
 
 
 
Matéria enviada por Assessoria de Imprensa da PSJR.
 
Juíza destaca importância do recadastramento
eleitoral em Ribamar
 
Processo é obrigatório e está sendo feito no Fórum Eleitoral da cidade e no salão de eventos da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura.
 
 
A juíza da 47ª Zona Eleitoral de São José de Ribamar, Ticiany Gedeon Maciel Palácio, voltou a destacar a importância do eleitorado do município participar do recadastramento biométrico que está sendo realizado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE/MA).

“O recadastramento visa, tão somente, garantir mais segurança aos mais de 91 mil eleitores ribamarenses e muito mais lisura no pleito eleitoral. Sendo que é uma ação obrigatória”, afirmou a magistrada nesta última terça-feira (02), ocasião na qual recebeu a visita do prefeito Gil Cutrim no posto de recadastramento instalado no salão de eventos da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura de Ribamar (SEMTUC).
 
Gil Cutrim elogiou a iniciativa da Justiça Eleitoral. Além da SEMTUC, onde foram instalados nove terminais, o recadastramento eleitoral biométrico em São José de Ribamar está sendo feito no Fórum Eleitoral do município, de segunda a sexta-feira no horário das 8h às 17h.
 
Juíza Ticiany Gedeon está conclamando os ribamarenses ao recadastramento eleitoral
O eleitor deve apresentar obrigatoriamente o original e cópia de documento de identidade (RG, carteira de trabalho, carteira funcional, certidão de nascimento); comprovante de residência (conta de água, luz, telefone, correspondência oficial, entre outros contidos na lei); e de quitação militar (para homens nascidos até 31.12.1995, que irão requerer a primeira via do título). O eleitor de outro município, que queira transferir o seu domicílio eleitoral para São José de Ribamar, deve comprovar que reside no município há mais de 3 meses. Se for alterar a profissão para trabalhador rural ou pescador: carteira do sindicato e comprovante do último pagamento.
 
O eleitor pode agendar o dia e horário em que quer fazer seu recadastro biométrico. Basta acessar o site do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (www.tre-ma.jus.br) ou ligar para o Disque Eleitor (0800 098 5000).
 
Quem não atender ao chamado da Justiça Eleitoral terá seu título cancelado, o que impede a solicitação de passaporte ou cartão do CPF, bem como inscrever-se em concurso público, renovar a matrícula em estabelecimentos oficiais de ensino e obter empréstimos em caixas econômicas federais e estaduais.
 
A Constituição Federal prevê que o alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios a partir dos 18 anos completos e para os menores de 70 anos. Fora dessa faixa etária o voto é facultativo.
 
 

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB