segunda-feira, 3 de junho de 2013

 
SINDIGUARDA tem 15 dias para decidir quem será o novo presidente do sindicato


Por Fernando Atallaia
Editor da Agência Baluarte
atallaia.baluarte@hotmail.com


Uma representação judicial inesperada vem deixando os guardas municipais de São José de Ribamar em estado de atenção permanente. Tudo por conta de uma nova eleição que deverá ser realizada daqui a 15 dias com a finalidade de decidir se o atual presidente do SINDGUARDA, Mauro Sérgio Pereira Correa permanecerá no cargo ou se será subistituído pelo presidente da Associação dos Guardas de São José de Ribamar-AGM, Raimundo Nonato da Silva Pires, autor da investida pela titularidade da instituição.

 
A ação movida por Pires objetiva a presidência do sindicato dos guardas e corre na 5ª vara trabalhista de São Luís. Segundo apurou a equipe de reportagem da Agência de Notícias Baluarte, o reclamante alega arbitrariedades no exercício de trabalho do SINDGUARDA, e propõe assim ocupar o cargo que tem à frente o atual presidente. Em contato com nossa Redação, o presidente do SINDGUARDA, esclareceu o imbróglio e ainda se mostrou surpreso com a decisão de Pires.


Raimundo Pires, presidente da Associação dos Guardas de São José de Ribamar-AGM
'' Sinceramente a categoria ainda não entendeu o porquê do empenho dele(Pires) em querer a presidência do sindicato justamente num momento onde estamos pleiteando várias conquistas para os guardas, estranho, muito estranho, uma vez que se a diretoria mudar agora todas as negociações em favor da categoria feitas até aqui voltarão à estaca zero diante de uma nova gestão, estranha essa decisão dele'',afirmou Correa.
Prefeito Gil Cutrim está sendo acusado pelo SINDGUARDA de interferir no processo sindical de São José de Ribamar

A reportagem entrou em contato com o presidente da Associação dos Guardas de São José de Ribamar, logo após as declarações de Mauro Sérgio Correa. Pires disse à ANB Online que a ação movida por ele não tem motivação pessoal, visa tão somente aparar incorreções na atuação da atual gestão do sindicato. '' Não é nada pessoal, não tenho nada contra meus companheiros de luta, estou simplesmente usando meu direito de poder pleitear a um cargo a que todos os guardas tem direito e ainda mais agora diante de alguns acontecimentos com os quais não concordei, isso no âmbito das ações praticadas pelo SINDGUARDA aqui em Ribamar'', alegou Pires.

Envolvimento político- Roberval Sousa, diretor do SINDGUARDA, vê o fato como uma possível inclinação política aparente e cita dados que poderiam justificar o envolvimento do Governo Municipal, que segundo ele, estaria embasando e fornecendo logística à ação do presidente da associação dos guardas.'' De um ano para cá o SINDGUARDA conseguiu ganhos significativos à categoria e continua no debate por melhores condições de trabalho junto ao governo Gil Cutrim, causou um certo impacto saber que o advogado que está trabalhando nessa ação de Pires é do escritório do prefeito Gil Cutrim, qual seria o interesse do governo nessa questão? Indadou Sousa.

A equipe de ANB Online sob a coordenação do repórter-fotográfico Ivan Morais teve acesso com exclusividade à defesa do SINDGUARDA elaborada para a causa. No tópico '' Do restabelecimento da verdade'', o texto enfatiza que a AGM não conseguiu até aqui representar a categoria dos guardas a contento dos mesmos, não enviando sequer- até hoje- um ofício que objetivasse a valorização dos direitos dos guardas ao Executivo da cidade. Correa tenta explicar a razão da ação de Pires.

'' O SINDGUARDA é respeitado hoje dentro e fora da cidade, no Maranhão e em outras cidades do estado, resultado de uma luta constante, ter um sindicato passivo num município é o desejo de todo governo e de todo prefeito, está cheirando armação, Pires já foi candidato a vereador na base aliada do atual prefeito Gil, para o governo é bom ter um aliado como presidente do sindicato, mas vivemos numa democracia e uma nova eleição será feita, vamos trabalhar duro para continuar nossa atuação, agora quem decide é a categoria'', explicou o sindicalista.

ANB Online tentou contatar o prefeito Gil Cutrim para obter possíveis esclarecimentos sobre a denúncia de que o seu governo estaria envolvido na ação movida pelo presidente da AGM, mas não obtivemos êxito. Em seguida tentamos contatar o vice-prefeito de São José de Ribamar, Eudes Sampaio mas os telefones sinalizavam desligados ou fora de área. A eleição para presidente do SINDGUARDA deverá ser  realizada em assembleia geral ainda este mês em Ribamar.
 
 

 

Uso de heroína faz Philip Seymour Hoffman procurar clínica de desintoxição


Do Folha de São Paulo


O ator Philip Seymour Hoffman, 45, que ganhou um Oscar em 2006 por sua atuação em "Capote", deixou a clínica de reabilitação onde ficou por dez dias, na costa leste dos EUA, segundo o site "TMZ".

O ator Philip Seymour Hoffman interpreta Truman Capote em "Capote", filme que lhe rendeu um Oscar
O ator Philip Seymour Hoffman interpreta Truman Capote em "Capote", filme que lhe rendeu um Oscar

Hoffman, que estava sem usar drogas havia 23 anos, disse ao site que teve uma recaída há cerca de um ano, quando começou a tomar remédios controlados. Mais recentemente, havia começado a usar heroína.


Segundo o ator, ele consumiu a droga por cerca de uma semana e logo percebeu que precisava de ajuda, o que o levou à internação. Liberado na última sexta (24), Hoffman está filmando na Europa.


Ele é casado com a figurinista Mimi O'Donnell, que conheceu em 1999 e com quem tem um filho de dez anos e duas filhas, de seis e quatro anos. No fim deste ano, vai estar nos cinemas com "Jogos Vorazes: Em Chamas" e "A Most Wanted Man".

IPVA 2017

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB