quarta-feira, 29 de maio de 2013

Do blog do Marco D'Éça 
O líder da oposição na Câmara de São Luís, vereador Fábio Câmara (PMDB) vai entrar hoje com uma Representação no Tribunal de Contas do Estado pedindo a anulação do contrato da Prefeitura de São Luís com a empresa Higienizadora São Luís.
O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) firmou contrato de R$ 4,5 milhões com a  empresa, especializada em aluguel de banheiros químicos e limpeza de fossas, para aluguel de máquinas pesadas a serem usadas na operação tapa-buracos em São Luís.
Vereador Fábio Câmara está no encalço das irregularidades de Holandinha 
Para Fábio Câmara, não faz sentido que, com tantas empresas qualificadas para atuação na recuperação de ruas e avenidas – e muitas com know-how no aluguel de máquinas – a prefeitura dispense licitação para contratar justamente uma empresa que tem histórico em locação de banheiros.
O contrato entre a prefeitura e a Higienizadora São Luís foi publicado no portal da prefeitura. Caberá à empresa, fornecer “máquinas pesadas” para operação tapa-buracos e desobstrução de bueiros e galerias.
Para Fábio Câmara, o contrato é irregular, já que a empresa não tem registro na Junta Comercial do Maranhão que lhe habilite ao tipo de serviço contratado.
O vereador vai entregar os documentos pessoalmente ao presidente do TCE, conselheiro Edimar Cutrim.

Com edição de ANB Online. 




Itinerário



Poesia de Fernando Atallaia para putas, camélias e primeiras-damas. 



Onde elas estão? 
Embrenhadas nas alcovas de nossos pensamentos. 


Quando aparecerão?
Quando os reis exaustos, frios, castros adormecerem em seus dinheiros. 


Quem elas são?
As putas-primeiras das primeiras damas em seus apelos. 



Que cheiro tem?
Suas púbis-tristes exalando algum veneno. 



O que escondem?
O desejo de trepar a cada mesa.



Como riem?
Gozando solitárias em seus vestidos.



O que querem?
Oceanos invadindo suas saias indefesas. 



E o que oferecem?
As muitas bocas que querem preenchidas. 



Por quem tecem? 
Pelos pelos esquecidos nos invernos do silêncio. 



E quando quentes?
Bebem do amor de um príncipe-sapo na penumbra. 



Para quem são?
Para os poetas vagabundeados de aurora. 



Quando voltam?
A cada madrugada que a noite lhes convence da aventura.



E se amam?
Continuam a fingir em seus castelos.





2013 

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB