segunda-feira, 13 de maio de 2013

 

Amorim busca elevação da Comarca de Imperatriz para entrância final

 

 Da Agência Assembleia 



O deputado Carlos Amorim (PDT) apresentou indicação à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa para que seja encaminhado ofício ao presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Antônio Guerreiro Júnior, solicitando a elevação da Comarca de Imperatriz à categoria de entrância final, a exemplo do que está sendo anunciado para as Comarcas de Raposa, Paço do Lumiar e São José de Ribamar. 



“É preciso demonstrar-se a importância de Imperatriz no cenário regional e notadamente no contexto maranhense, mais ainda por sua influência decisiva a beneficiar os habitantes de aproximadamente 50 municípios circundantes, alcançando algumas cidades situadas nos estados do Pará e Tocantins, e a maioria desses municípios se encontram no Estado”, explicou o parlamentar. 


Deputado Carlinhos Amorim
Deputado Carlinhos Amorim:ações de valorização para cidade de Imperatriz


O deputado disse ainda que não foi à toa que nasceu um forte movimento concebido no seio do povo, levantando a bandeira da emancipação política para criação de um novo estado, com bastante vigor, acrisolando sonhos e projetando planos, tendo Imperatriz como a sua capital. 



Para Amorim, o influxo dessa cidade como prestadora de serviços, o seu dinamismo comercial e também industrial com a instalação da Suzano Celulose, aportando investimentos diretos superiores a quatro bilhões de reais, atraindo outros empreendimentos de relevância, expõem com grandeza considerável sua pujança em todos os âmbitos econômicos. 


“Com a inauguração da Faculdade de Medicina ainda neste ano, resta o curso de Engenharia Civil para que se complete a oferta de ensino superior para uma plêiade de jovens que para lá se deslocam, constituindo-se como um autêntico centro universitário formador de profissionais e líderes que estão transformando o panorama sócio-cultural e profissional da região. É óbvio que os cursos de direito já despontam com grande destaque dentre as demais matérias dedicadas às Ciências Humanas”, contou. 



O deputado ressaltou também que a população, sempre crescente, está a reclamar uma melhor atenção das autoridades, tanto da justiça mediadora de conflitos e garantidora da pacificação da sociedade que precisa estruturar-se para oferecer a prestação jurisdicional com mais agilidade e efetividade, influindo sobre a segurança pública, ainda eficiente em larga monta e demais órgãos sobre os quais se faz repercutir, assegurando a necessária qualidade de vida das pessoas. 



“Assim, mesmo numa visão superficial, sem maiores indagações, pode-se aquilatar que, a elevação da Comarca de Imperatriz trará benefícios imensos à atuação da Justiça, promovendo a tão almejada paz social”, finalizou o deputado Carlos Amorim.




EU TENHO UM SONHO...

Por Renato Dionísio 

Lembrando o grande humanista e guerreiro pelas causas da igualdade, Martin Luther King, reporto-me ao movimento político, deste fim de semana que passou, no Baixo Parnaíba. Sexta-feira em Mata Roma o movimento -Diálogos pelo Maranhão- e no sábado, em Chapadinha, no Clube Aldeota, onde o meu partido PDT, a exemplo do que vem fazendo em todo estado, realizou o encontro “ Planejamento estratégico e gestão partidária” cuja agenda tem seu foco prioritário nas eleições do ano vindouro.

Acompanhado do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, o presidente da Embratur foi à câmara Chapadinhense receber o título de cidadão que os blogueiros e jornalistas Sarneisistas se esbaldaram em noticiar sua não aprovação e cuja entrega se configurou num rotundo repúdio à decadente oligarquia. Consumado o ato, em grande caravana, dirigem-se para o encontro pedetista, onde o presidente nacional da sigla apresenta Flavio Dino, como candidato do partido a governador em 2014.

Para dirigentes partidários de 25 municípios, vereadores, ex-vereadores, ex-prefeitos, Flavio Dino falou de esperança e dos caminhos possíveis para tirar nosso estado do atraso “um outro Maranhão é possível, um Maranhão livre destes terríveis indicadores sociais que nos envergonham e nos humilham, um Estado que respeite e proteja seus filhos e gerador de oportunidades” a euforia toma conta de todos e se fortalece, cada vez mais, o sentimento mudancista.

Para quem, como eu, participou ativamente das últimas eleições para Governador, observará com clareza neste ambiente pré-eleitoral, que este sentimento pró Dino tem ares de convicção. As andanças de Flávio expressam isto. Penso que nestas eleições o povo não dependerá de suas lideranças para a escolha do candidato a Governador. Pelo andar da carruagem a liderança poderá andar em sentido contrário ao trilhado por seus liderados.

Lembro-me de ter ouvido de um velho político, poupo-lhe a revelação, “o que interessa é o vaqueiro não é o gado”. Para ele, para onde o prefeito ou a liderança manda, vai o povo. Apenas para manter-me acobertado pela figura de linguagem creio que o gado por falta de comida, educação, trabalho e oportunidades resolveu se insubordinar e descrente em quem o guiava tomou em suas próprias mãos o destino e em debelado galope acompanha o sonho que Flávio representa.

Eu também tenho um sonho, um sonho que alimento há mais de 40 anos, um sonho que visitou a universidade, ocupou sindicatos, andou por todos os rincões deste estado, nas barrancas dos rios e sentou praça em um número cada vez crescente de mentes e corações, sonho que haverá de ter a capacidade de juntar o povo para a batalha que se aproxima e com certeza libertará nossa gente do inclemente jugo do atraso. Um sonho que será de todos, pois, sonhado por todos. Um sonho como o de Gonzaguinha, que nós ensina a viver sem ter a vergonha de ser Feliz.

 Para que este sonho seja real é necessário que a esperança vença o medo, a ninguém é dado o direito de ter medo, da mesma forma, todos devem abdicar de sua zona de conforto, assim, a ninguém será permitido o gozo á acomodação. As tarefas de juntar os sonhos e vontades, deve ser tão forte para cindir nossa unidade política. Nossa crença na força do povo, nossa força portanto deve estar fundada na certeza de que somente nós poderemos operar esta mudança. Precisamos nos encher da certeza de que outro Maranhão é possível e que como disse Obama “..SIM, .NÓS PODEMOS.






 Renato Dionísio  é articulador político e membro do Partido Democrático Trabalhista-PDT maranhense. 

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:

(98) 9 8767-7101

E-mail:

agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com



Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB