domingo, 3 de fevereiro de 2013

 
 
A cobrança conveniente


Posando de oposicionista de última hora, Alderico Campos protocolou mais de 12 requerimentos junto a procuradoria de Paço do Lumiar ''buscando'' soluções para problemas sociais da cidade, mas quando do caos e do assalto aos cofres públicos patrocinado pela gestão Bia Venâncio, o nobre vereador fechava os olhos e ainda defendia ferrenhamente a administração criminosa

 
Por Fernando Atallaia
Da Agência Baluarte
atallaia.baluarte@hotmail.com

 
A sessão que marcou o início dos trabalhos legislativos na câmara municipal de Paço do Lumiar foi também aberta pelas contradições discursivas do vereador Alderico Campos(DEM), um fiel defensor da gestão Bia Venâncio/Tiago Aroso.  

Na sua fala inaugural em tom sugestivamente sério e isento( para não dizer risível)Campos tenta chamar atenção do procurador do município Bruno Leonardo para os mais de 12 requerimentos enviados por ele a procuradoria da cidade e ''enfático'' mostra-se um protetor nato da população de Paço do Lumiar.

Uma população que ele à época da gestão Bia Venâncio fazia questão de ignorar por está mais empenhado em blindar  no Legislativo Municipal  os membros da quadrilha responsável por entregar ao atual prefeito Josemar Sobreiro(PR) um município sucateado, abandonado e em reais  condições de esfacelamento.




O vereador de Paço do Lumiar Alderico Campos: cobrando pelo que não pode


 






Alderico Campos é um político adaptável. Por vezes durante o seu pronunciamento faz questão de ressaltar  o direito de cobrança que lhe é concedido pela legitimidade do mandato  com a clara intenção de ''provocar'' o Executivo recém-eleito. Em muitos momentos tenta uma aproximação com o Poder e se disponibiliza a ''colaborar'' para a gestão republicana em Paço. Ainda se aventura a dá dicas eleitorais e cita uma suposta  fórmula para uma reeleição vitoriosa. O vereador se sobressai em todas as investidas do discurso falacioso, inegavelmente.  

No entanto, Alderico Campos aliena-se de uma realidade inconstestavel: os problemas citados por ele em sua fala surgiram, se consolidaram, ganharam projeção e proporções gigantescas quando Campos era o presidente da câmara de veredores do município e o ''escudeiro-mor'' de Bia Venâncio em Paço. Ou seja, ele foi um dos responsáveis diretos pelo caos e desordem que o governo Josemar hoje terá que reverter. Alderico Campos é um dos culpados  pelo quadro social  crítico que aí está. E a população de Paço do Lumiar sabe disso.

O pronunciamento do vereador ''oposicionista'' vergonhosamente reeleito poderia ganhar alguma coerência se Alderico insinuasse ao menos se arrepender da cidade que ele mesmo  concebeu do alto de sua conveniência politiqueira. Uma cidade projetada pelos péssimos políticos, onde ele também  se inclue. Seria minimamente  razoável. Mas o ex-presidente do legislativo de Paço do Lumiar insiste em cobrar aquilo que não pode. Cobra do Executivo por algo que ele mesmo ajudou a construir através da corrupção. Imperdoável!

 

 

 

 

 

 

 

 

Pezão destrói Overeem, Minotouro e Demian brilham no UFC 156

 
Brasileiros conquistaram vitórias contundentes em Las Vegas



Da Agência Fight



No co-main event do UFC 156, Rogério Minotouro e Rashad Evans fizeram um primeiro round muito estudado com ligeira vantagem para o brasileiro, que dominou o centro do octógono e encontrou a melhor distância. Na etapa seguinte, ficou mais evidente o domínio do baiano, que acertou bons chutes e soco no ex-campeão. A única tentativa de queda de Rashad foi bem neutralizada por Minotouro, que mostrou que está com o werstling em dia. A etapa final repetiu a história dos rounds iniciais, com o brasileiro dominando Rashad no boxe. Desde quando nocauteou Tito Ortiz, há mais de um ano atrás, Minotouro não entrava no octógono por conta de uma lesão, apesar disso o que se viu nesse sábado (2) foi um atleta em excelente forma física.


Após perder dois rounds, Pezão ‘destrói’ Overeem


Alistair Overeem fez um primeiro round estratégico e seguro contra o brasileiro Antônio Pezão, pressionando-o contra a grade e desferindo suas temidas joelhadas. O paraibano pareceu um pouco assustado, enquanto o holandês o chamava para a luta com a guarda baixa. No segundo round, Alistair colocou o brasileiro para baixo e passou praticamente os cinco minutos dentro de sua guarda no ground and pound, mas no finalzinho Pezão reagiu.



O brasileiro Antonio Silva, o Pezão: ele destruiu o gigante holandês Alistair Overeem no terceiro período da luta


No round final, o brasileiro voltou com uma postura completamente diferente e literalmente espancou o holandês, que acuado na grade sucumbiu e tomou uma surra, caindo sem reação. Overeem, que havia dito que iria destruir o paraibano, deixou o octógono cabisbaixo.
“Luta se ganha dentro do ringue e não fora e ele falou muita besteira”, disse Pezão após o “nocaute da noite”.


Carrapato’, Demian Maia faz Fitch provar do próprio veneno


Demian Maia veio decidido a fazer o que sabe de melhor: botar seu jiu-jitsu em prática. O paulistano derrubou o wrestler com facilidade, pegou as costas e, quando Ficth se levantou, Maia ficou mochilado trabalhando a finalização durante quase cinco minutos do round inicial, cabendo até um 10 a 8 para o brasileiro. O segundo round foi bem parecido com o inicial e Demian conseguiu a queda e por diversas vezes quase finalizou o americano no mata-leão. Fitch apenas se defendeu, com o adversário com o triângulo fechado nas suas costas buscando a finalização.


O americano mostrou no combate por que nunca foi finalizado e o round final seguiu o mesmo panorama dos rounds anteriores: Demian Maia nas costas de um americano que não conseguiu lutar. O brasileiro fez Fitch provar do próprio veneno, usou um excelente jogo de quedas e não lhe deu espaço, faturando uma vitória maiúscula na decisão unânime dos juízes, a segunda na categoria dos meio-médios.



Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores