domingo, 2 de dezembro de 2012

 

RedeTV! e Luciana Gimenez devem pagar R$ 60 mil por pegadinha com Ronaldo Esper


 
 
 
Por FAMOSIDADES
 
 
 
SÃO PAULO - Por essa, Luciana Gimenez e a emissora onde trabalha, RedeTV!, não esperavam.
 
 
A apresentadora e o canal de Osasco terão de pagar R$ 60 mil de indenização a dois policiais que atenderam a uma ocorrência na casa do estilista Ronaldo Esper. Tudo porque o chamado às autoridades não passava de uma pegadinha.
A apresentadora Luciana Gimenez: ela deixará de ir à balada para pagar policiais
 
 
Tudo começou quando os policiais atenderam ao chamado de Esper, que ficou desesperado ao perceber que estava sendo impedido de entrar em sua residência, em Pinheiros, São Paulo, por um homem. O tal ator da pegadinha dizia que tinha comprado a casa do estilista.
 
 
No entanto, a emissora deixou Esper ligar para a polícia sabendo que eles iriam descobrir, ao chegar no local, que tudo não passava de uma brincadeira.
 
 
A Justiça da capital paulista determinou que tanto a RedeTV! quanto a apresentadora do programa 'Superpop', na época, eram culpados porque não pediram autorização de exibição de imagem para os policiais que mantinham sua profissão em segredo.
 
 
E ainda tem mais: os PMs alegaram, inclusive, que passaram por humilhação e constrangimento diante da família e da corporação. 
 
 
Com voto livre, voluntário e secreto, 8,6 mi de cubanos vão às urnas
 
 
Por Robson Ceron, Solidários
 
 
O governo cubano anunciou nesta quarta-feira, 28, que as votações gerais do país estão marcadas para o dia três de fevereiro de 2013, quando milhões de eleitores irão escolher os delegados das assembleias provinciais e os deputados daAssembleia Nacional do Poder Popular (ANPP) pelos próximos cinco anos.


Segundo comunicado divulgado pela agência estatal AIN, no dia 16 de dezembro as assembleias municipais devem se reunir em seção extraordinária para discutir a nomeação de candidatos a delegados para as assembleias provinciais e para a ANPP, respectivamente.


No pleito, será definida também a Presidência dos conselhos de Estado e de Ministros, ocupada desde 2008 por Raúl Castro. De acordo com dados divulgados pelo governo, a expectativa é de que 8,6 milhões de cubanos deverão comparecer às urnas, já que o voto no país é livre, secreto e voluntário.

 
 
 
 
 
Matéria enviada por Josivaldo Corrêa, do Testemunho Municipal.


 

HOWL

A produtora Luminária Filmes e a banda Goldenground têm a honra de apresentar HOWL - videoclipe musical com superprodução independente estrelando Rebecca Sharp.

Com direção de Luciana Fac e produção impecável, utilizando recursos como projeções, figurinos extravagantes e efeitos especiais, Howl é a manifestação visual e sonora, de tirar o fôlego, dos uivos dos seres das profundezas.

Banda Goldenground: videoclipe oficial estourado em São Paulo
 
A banda começou em 2010 com a gravação do single Bigsky Girl e seguiu com o disco de estréia, Hello Again For The First Time. Lançado recentemente e já aclamado pela crítica em matérias de jornais como Estadão e Copacabana, o disco é destaque e pode ser ouvido no Oi Novo Som. Escolhida para realizar o projeto internacional Sofar Sounds em sua edição brasileira, a Goldenground também já se apresentou no SESC, em seu projeto Garimpo.
Rebecca Sharp, artista anglo-brasileira que vem compondo desde os treze anos, escolheu músicas mais recentes em inglês para este trabalho, e já tem planos para um disco cantado em português em 2013. Estudou Artes Dramáticas em Londres onde morou por cinco anos, e trabalhou em Barcelona como produtora de música eletrônica por 3 anos.


Matéria enviada por Assessoria de Imprensa da Luminária Filmes.

 

Ronda Rousey: 'Tento fazer sexo
tanto quanto possível antes de lutar'

 

Campeã do peso-galo do Strikeforce também fala que não pode se contentar com o contrato do UFC e quer treinar duro para ter o cinturão

 

Por SporTV.com



Medalhista olímpica no judô, atual campeã peso-galo do Strikeforce e primeira mulher a assinar um contrato com o UFC na história, Ronda Rousey aumenta sua popularidade a cada dia que passa. Na noite desta quarta-feira, ela participou do programa "Jim Rome on Showtime" e mais uma vez mostrou a personalidade forte de sempre. Sem perder o bom humor, falou de temas tabus, como sexo antes das lutas. Há atletas que evitam a atividade antes de competições importantes, mas a loira prefere fazer exatamente o contrário: quanto mais próximo da luta, melhor.
Ronda Rousey: sexo, muito sexo antes das lutas

- Para as meninas, o sexo aumenta a testosterona, então eu tento fazer tanto quanto possível antes de eu lutar - disse ela.

Rousey também comentou a polêmica com Georges St-Pierre. Durante o treino aberto do UFC 154, o campeão meio-médio do UFC disse que se sentiu feliz pelas lutadoras por causa da chegada do MMA feminino à organização, mas que por outro lado tinha uma mentalidade diferente, da "velha escola", e que é difícil para ele conseguir assistir aos duelos entre mulheres. Miesha Tate respondeu ao canadense, e Ronda apoiou a sua última adversária.


Sexo antes das lutas


"Para as meninas, o sexo aumenta a testosterona, então eu tento fazer tanto quanto possível antes de eu lutar. Não com todo mundo, eu não coloco isso em anúncios ou qualquer coisa, mas, se tenho um parceiro constante, vai ser algo ser como: "Ei, a luta está chegando" (risos)."

Chegada ao UFC


"Há muito mais que eu quero fazer. Uma vez que como isso aconteceu, eu era como: "Sim, isso é incrível"! E, em seguida, eu já pensei: "Agora tenho que lutar, agora tenho que fazer isso". Estou muito, muito animada, mas eu realmente não posso perder tempo apenas comemorando porque há muito o que se fazer. Eu preciso me preparar para a luta que vai vir. Não posso simplesmente me acomodar com o contrato assinado, tenho que ganhar a minha luta."

Polêmica com Georges St-Pierre


"Inicialmente, a maneira como ele (St-Pierre) disse isso me lembra muito quando você ouve os fãs de boxe sobre o MMA. Eles dizem que são bons atletas e talentosos, mas que não gostam de assistir a caras transando no chão, que não é um esporte de homens de verdade... esse tipo de preconceito contra o esporte. St-Pierre parece ter o mesmo tipo de preconceito em relação às mulheres no MMA. Ele disse com a maior delicadeza possível, mas não é uma coisa delicada de se dizer."


Reação dos fãs no Twitter

"As pessoas estavam ficando com raiva de mim, dizendo que eu estava errada. Mas se há uma ausência de debate, acho que praticamente significa a aceitação da mesma. Essas meninas, quando vão à luta, estão dando seus corações, elas merecem ser celebradas e não apenas meramente toleradas."

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:

(98) 9 8767-7101

E-mail:

agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com



Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB