quarta-feira, 28 de novembro de 2012
 
Gil Cutrim reúne-se com Sinproesemma e anuncia benefícios para professores
 
 
Prefeito se comprometeu em implantar, a partir de janeiro, gratificação para locais de difícil acesso e pagamento das referências para aqueles que tiverem direito ao benefício.
 
 
Em reunião realizada com representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Maranhão (Sinproesemma) na noite da última terça-feira (27), o prefeito Gil Cutrim (PMDB) se comprometeu em implantar, já a partir de janeiro de 2013, mais dois benefícios para os professores da rede municipal de ensino de São José de Ribamar.
 
 
Tratam-se da gratificação para os educadores que trabalham em locais de difícil acesso e pagamento das referências para apenas alguns professores, de acordo com levantamento que está sendo feito pelo próprio sindicato e Secretaria Municipal de Educação.
 
 
“Nossa administração sempre estará aberta para dialogar com o sindicato e a categoria, que muito nos ajuda a melhorar a educação do município. Somente nestes últimos dois anos, investimos muito na valorização dos educadores ribamarenses, concedendo a eles, por exemplo, dois reajustes salariais. E a partir do ano que vem continuaremos desenvolvendo ações que irão melhorar, cada vez mais, a educação de nossa cidade”, afirmou o prefeito.
Gil Cutrim: crise contornada e tranquilidade aos professores
 
 
Participaram da reunião, representando a entidade, os professores Júlio Guterres (diretor de comunicação) e Ilza Almeida (coordenadora do núcleo de São José de Ribamar), além dos vereadores Beto das Vilas (PMDB – presidente da Câmara Municipal), Lázaro (PV) e Nonato Lima (PP).
 
 
A exemplo do que aconteceu durante recente encontro com os professores da rede municipal de ensino, Gil Cutrim explicou aos sindicalistas que a administração municipal ainda não efetuou o pagamento do 14º (abono salarial, cujo pagamento, de acordo com a lei municipal nº 939/11, não é uma obrigatoriedade, podendo o município fazê-lo somente quando existir reserva de recursos – seja do Fundeb, do FPM ou do próprio tesouro municipal) devido ao fato dos recursos disponibilizados pelo Governo Federal, através do Fundeb, terem sido utilizados no cumprimento de acordos estabelecidos com a implantação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos Profissionais do Magistério, dentre eles o pagamento das progressões e promoções e de dois reajustes salariais – um de 15% e outro de 22% -- além do pagamento mensal dos salários dos profissionais da área.

“São José de Ribamar, assim como os demais municípios brasileiros, está sofrendo muito com a perda de recursos do FPM. Além disso, o Governo Federal, até o momento, não efetuou nenhum pagamento de complementação do Fundeb. Se isso acontecer até o final do ano, iremos, sim, efetuar o pagamento do abano”, garantiu o prefeito que já encaminhou à Câmara Municipal de São José de Ribamar projeto de lei reduzindo em 30% o valor do seu salário, assim como os vencimentos do vice-prefeito, dos secretários municipais e adjuntos e da gratificação de todos os cargos comissionados (cargo de confiança). “Essa foi mais uma medida que tivemos que adotar para manter a máquina pública funcionando e o pagamento em dia dos servidores”, disse.
Gil Cutrim pediu a Júlio Guterres e Ilza Almeida que levassem o compromisso da administração municipal à categoria que, em assembleia realizada no último sábado, decidiu realizar dois dias de paralisação de advertência. “O que não queremos é que os estudantes sejam prejudicados com dois dias sem aula. Assumi estes compromissos e os educadores podem ter a certeza de que irei cumpri-los”, explicou.
 
 
Júlio Guterres elogiou a disposição do prefeito em dialogar com o sindicato e a categoria. De acordo com ele, os compromissos firmados durante a reunião serão apresentados aos professores ribamarenses durante uma assembleia que será realizada nesta quinta-feira (29), a partir das 8h, na Praça do Cruzeiro, na sede de São José de Ribamar.
 
 
 
 
 
Matéria enviada por Assessoria de Imprensa da PSJR.
 
 
Sétima edição da Balada Literária homenageia Raduan Nassar
 
 
Do Estadão
 
 
Há um ano, Raduan Nassar aceitou ser homenageado na Balada Literária com a condição de que não tivesse que aparecer por lá. Autor de dois clássicos da literatura brasileira, Lavoura Arcaica e Um Copo de Cólera, ele se retirou precocemente da vida literária e virou figura mítica e cultuada, como Dalton Trevisan, que venceu na segunda-feira, 26, o Prêmio Portugal Telecom na categoria conto e crônica e não foi à premiação.
 
 
Na quinta passada, Raduan ligou para Marcelino Freire, o idealizador e curador da festa que começa nesta quarta-feira, 28, e vai até domingo, 2, na Vila Madalena, agradecendo e dizendo que estava feliz com a homenagem. Foi a primeira vez que os dois conversaram. "Mas em nenhum momento fiz pressão para que ele participasse ou pedi um texto inédito. Tenho o maior respeito e cuidado com uma pessoa que decidiu sair da literatura. Agora, ele tem a programação. Se ele se sentir à vontade de ir, será muito bem-vindo", diz.
Raduan Nassar: mítico, ele não comparecerá à homenagem
 
 
A escolha do homenageado da Balada Literária se reflete no tema dos debates. Assim, esta 7.ª edição vai discutir o isolamento - voluntário, como o de Raduan Nassar, ou imposto, como daqueles que, por motivos diversos, foram excluídos e que, de alguma forma, resistem.
 
 
Na abertura nesta quarta, às 18 horas, no Centro Cultural b_arco, será feita uma homenagem a Binho, que viu o local onde realizava seu sarau, no Campo Limpo, fechado pela prefeitura. Hoje, enquanto regulariza a situação do espaço, organiza os encontros em locais variados. Quem for ao b_arco esta noite poderá ver ainda três curtas: O Vestido de Laerte, Filme Para Poeta Cego e Aluga-se. E visitar a feira de livros independentes.
 
 
Os debates começam na quinta, 29, e Raduan será lembrado logo no início da programação, em dois momentos. Às 11h, na Livraria da Vila da Vila Madalena, haverá um bate-papo com Leyla Perrone-Moisés, Roniwalter Jatobá, Wladyr Nader e Ivan Marques.
Logo depois, às 14h, a conversa será centrada no primeiro livro de Raduan, Lavoura Arcaica, de 1975, e no filme que Luiz Fernando Carvalho fez a partir da obra. O cineasta estará lá ao lado do ator Selton Mello e a conversa será mediada por Lourenço Mutarelli.
 
 
Outra adaptação estará em destaque na programação da Balada Literária. Também amanhã, às 20 horas, no Centro Cultural b_arco, o cineasta Hermano Penna conversa com o escritor João Ubaldo Ribeiro e o ator Lima Duarte sobre Sargento Getúlio, filme que completa agora 30 anos e que foi baseado na obra de Ubaldo, cronista do Caderno 2. A mediação será de Claudiney Ferreira.
 
 
Ainda na temática desta edição, na sexta-feira, 30, será realizado o painel O Quarto é o Mundo - A Literatura de Verdade Dentro e Fora dos Presídios, com os ex-detentos e escritores Camilo Blajaquis, da Argentina, e Luiz Alberto Mendes, daqui. Os dois começaram a escrever enquanto cumpriam pena. Fernando Bonassi, que conheceu Mendes quando fazia o roteiro de Carandiru e incentivou sua produção, mediará a conversa nesta sexta-feira, às 14 horas, na Livraria da Vila.
 
 
No sábado, 1º, às 15h, na Biblioteca Alceu Amoroso Lima, Marcelo Montenegro, Martha Nowill, Omar Salomão, Sinhá e Tiago E. e Demétrios Galvão falam sobre poesia. A programação é extensa e se espalha por vários pontos da Vila até domingo. Como o assunto é literatura, estão previstos alguns lançamentos. E na quarta, a tradicional Ressaca Literária recebe Milton Hatoum no b_arco.
 
 
Marcelino Freire estima que o evento custe R$ 300 mil, mas não usa verba pública. Conta com parceiros, como a Livraria da Vila, coorganizadora desde a primeira edição. A entrada é grátis.
 
 
 
LANÇAMENTOS
 
 
Granja
 
 
Antologia organizada por Felipe Valério e Luis Montero brinca com a Granja Jovens Autores e apresenta nomes desconhecidos.
 
 
Assim você me mata
 
 
Contos inspirados no universo brega por nomes como João Carrascoza, Xico Sá e André de Leones. A organização é de Cláudio Brittes.

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores