quarta-feira, 17 de outubro de 2012

 
Letras e Canções



Leia na íntegra a letra da canção ''O amor de Ana por Onório Crispim'' de autoria do cantor e compositor ribamarense Fernando Atallaia




O amor de Ana por Onório Crispim




Não sei falar de mim nunca tentei embora

A  minha hora enfim é quando o mar implora

Uma biana me contou do amor de Ana por Onório Crispim

 



Um amor de maré jogou um galhinho de flor no mar

O mar sem fim não suportou uma lágrima pra Iemanjá

Pelo amor de Deus por amor a mim faça o meu amor voltar

 
 

Jogou no mar  no mar maré

Jogou no mar

 

Jogou no mar no mar maré

Jogou no mar

 

Jogou no mar no mar maré

De São José de Ribamar

 

O time odiado

 

Guilherme Fiuza afirma que mesmo quem não está envolvido na luta pelo título está contra o Tricolor Carioca e destaca competitividade do time



Do SporTV



Com nove pontos de vantagem para o Atlético-MG, o segundo colocado, o líder Fluminense é a equipe mais odiada do momento no Brasil, para o escritor e jornalista Guilherme Fiuza. Na sua opinião, até os torcedores de equipes que não estão na briga pelo título brasileiro estão contra o Tricolor Carioca.


- O Fluminense é o time a ser batido, todo mundo está torcendo contra. Até quem não está torcendo contra com paixão, está torcendo para o campeonato ficar mais embolado, mais emocionante - afirmou, no "Redação SporTV".
Fiuza: considerações sobre o Flu

Nesta quarta-feira, o Fluminense recebe o Grêmio, às 19h30m (de Brasília), no Engenhão. Apesar de elogiar o trabalho de Vanderlei Luxemburgo no time gaúcho, Guilherme Fiuza não enxerga uma grande ameaça ao Fluminense.


- O Grêmio é um time sólido, mas o jeito do Grêmio jogar não é o que mais ameaça o Fluminense. O Fluminense é um time que se defende muito bem. O Flu foi muito atacado. Virou clichê dizer que o adversário jogou bem, e o Fluminense ganhou sem merecer.


No primeiro turno, no Olímpico, o Grêmio venceu o Fluminense por 1 a 0. Foi a primeira das duas derrotas da equipe de Abel Braga no Brasileirão. O escritor acredita que o grande motivo para a campanha do time das Laranjeiras é a sua competitividade.


- O grande mérito é ter jogadores realmente competitivos em todas as posições. Temos o Diego Cavalieri no gol, os dois laterais alternam altos e baixos, mas correm bastante, o Gum na defesa, o Wellington Nem no ataque.


Guilherme Fiuza também destaca a recuperação do meia Deco como um dos principais fatores para a liderança.


- O Deco está rendendo muito porque tem gente muito competitiva ao redor dele, correndo por ele. Depois de uma volta ao Brasil hesitante, com muitos probelmas físicos, ele se superou. A virada do Deco é ótima. Ele joga muita bola, é muito inteligente, tem uma categoria incrível.

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores