sábado, 30 de junho de 2012





PF deveria mostar a cara dos pedófilos




Do blog do Luís Cardoso




Na operação desencadeada pela Polícia Federal em 12 estados brasileiros para desarticular uma quadrilha que compartilhava material pornográfico infantil na internet, foram efetuados, na quintafeira-passada, 50 mandados de busca e apreensão e 15 de prisão. No Maranhão, dois pedófilos foram presos.





No compartilhamento na rede, a PF detectou fotos de crianças e adolescentes sendo usadas. Na troca de materiais, existem cenas que envolvem até bebês, além de relatos com menção de estupro contra os próprios filhos, canibalismo, assassinatos e sequestros.




As duas pessoas presas em são Luís, com materiais de pornografica infantil, uma no Apeadouro e outra no Planalto Vinhais II, são L.A.A.C, 23 anos, e F.L.D.C.B, de 31 anos.




A PF deveria liberar os nomes complestos, se estudam ou onde trabalham; até porque são de maior idade. deveriam apresentá-los à imprensa, assim como fazem com os traficantes, ladrões de bancos, prefeitos e outros corruptos.




Sim, tem que mostrar a cara dos safados. Qualquer um deles pode ser o seu vizinho e você naão sabe. Pode ser professor de seu filho e ninguém vai ficar sabendo quem são eles. E se algum deles for o namorada da sua filha e você não sabe?




Afinal, pedofilia é crime e o vagabundo precisa ser escancarado.


Reeleição de Gil Cutrim é aclamada em Ribamar
 
 
 
 
Uma grande festa política/partidária marcou, nesta sexta-feira (29), a convenção que homologou a candidatura a reeleição do prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim (PMDB). Ele terá como companheiro de chapa o ex-secretário municipal da Receita, Eudes Sampaio (PT do B), cuja candidatura a vice-prefeito também foi referendada.





O evento político, realizado nas dependências da Unidade Integrada Humberto de Campos, na sede do município, marcou, ainda, a homologação das candidaturas ao cargo de vereador, assim como as coligações proporcionais. Serão 170 candidatos a uma vaga na Câmara Municipal, divididos em cinco coligações.


Gil Cutrim e Eudes receberam o apoio do maior grupo


Gil Cutrim: projeto de reeleição consolidado e apoio conjuntural



A chapa majoritária Gil Cutrim/Eudes Sampaio, cujo nome é “Força Popular Ribamarense”, é apoiada pelo maior grupo político já registrado na história de São José de Ribamar. Além do ex-prefeito e atual secretário-chefe da Casa Civil, Luis Fernando Silva, e de milhares de lideranças comunitárias, Gil e Eudes contam com o apoio de 20 partidos (PMDB, PSD, PV, PHS, PSDB, PR, PTB, PT do B, PMN, PSL,
PSDC, PP, PSC, PRP, PRB, PTN e DEM), sendo alguns deles do chamado campo de esquerda, como PPS, PT e PTC.





Gil Cutrim agradeceu o apoio da classe política ribamarense e, em especial, da população. O prefeito e candidato a reeleição garantiu que, com o apoio do Governo do Estado, São José de Ribamar continuará se desenvolvendo e a sua população tendo muito mais qualidade de vida.





Eudes Sampaio também fez questão de agradecer a confiança da classe política e do povo. O candidato a vice-prefeito disse ter certeza que o grupo político comandado por Gil Cutrim e Luis Fernando já conta com o total apoio do eleitorado ribamarense.
sexta-feira, 29 de junho de 2012






LEIA NA ÍNTEGRA O POEMA INÉDITO ‘BOCAS VULCÂNICAS’ DA OBRA INÉDITA ODE TRISTE PARA AMORES INACABADOS DE AUTORIA DO POETA E ENSAÍSTA RIBAMARENSE FERNANDO ATALLAIA

 


Bocas Vulcânicas








Alguém beijaria um necrófilo depois de amarrados os vampiros?

Nenhuma palavra basta à boca que arde em silêncio

Nenhum movimento aponta para olhos (bem) fechados na janela




Alguém amaria pela última e primeira vez uma única viagem?

Nem todo passo se assemelha ao infinito como que num grito tudo pode se acabar

Há mais que gemidos reclamando esponsais

E além do atrito olhos precisam ser beijados



Bocas Vulcânicas: ao chamado do desejo nenhuma alma resistirá









Há o tempo de abóbodas sofríveis  no parto dos amantes
Há o tempo das vulcânicas da boca insultarem dragões enfurecidos
Toca mais tarde uma ignomínia rejeitada e descobres nela o véu que se se apagou
Nunca é tarde à beleza tímida reinventar itinerários
Escombros recém-gerados são para futuros extinguidos




Alguém enlouqueceria por uma noite sem estrelas?
Ou na vultosa das madrugadas despistaria um circular na Deodoro?
Atravessa solidões e enxerga um mar desapontado
Toca beija sente e nada
Além dos nadas há vestígios de incólumes amores




Dores?
Quais dores são maiores que as profundezas de almas sem alcova?
Amando se aprende a convivência dos vulcões assim como o desamor tem nas dores seus Meandros.







.


 

PC do B lança Júlio Filho a prefeito na presença de Flávio Dino




O diretório municipal do Partido Comunista Brasileiro-PC do B lançou na noite de ontem (28) em convenção realizada na quadra da escola Patronato São José de Ribamar, o filho do ex-prefeito Júlio Matos como candidato do grupo oposicionista; encontro contou com a presença do presidente da Embratur, o comunista Flávio Dino


Por Fernando Atallaia

Da Agência Baluarte



Lideranças políticas locais, estaduais e de municípios vizinhos estiveram presentes ontem à noite (28) na sede da cidade balnearia para homologar a candidatura do comunista Júlio filho às majoritárias deste ano. O encontro que contou com a presença do presidente da Embratur, Flávio Dino, marcou o início da campanha do grupo de oposição capitaneado pelo ex-prefeito Júlio Matos.

Presentes a convenção, o presidente estadual do Partido Trabalhista Brasileiro-PDT e ex-deputado federal Julião Amin, além da candidata a prefeita do município vizinho de Paço do Lumiar, Núbia Dutra(PDT), o deputado Rubens Júnior(PC do B) e o presidente do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro-PRTB, Frazão declararam apoio em conjunto a candidatura de Júlio Filho.

Júlio Filho: discurso propositivo e apoio de Flávio Dino em São José de Ribamar



Diante de pré-candidatos e ex-vereadores da base aliada julinista e ainda de nomes conhecidos do cenário político ribamarense como Riba Soldado, Ricardo ‘Cabeça Branca’ e Deusila, o candidato do PC do B se mostrou
empolgado com a candidatura.''Faremos um trabalho voltado para a população ribamarense onde o povo governará através de nós'', disse o comunista.


Os vereadores pedetistas Artuzinho e Henrique Queen também se fizeram presentes no  encontro. Queen que nas últimas semanas anunciou não ser mais candidato a reeleição prestigiou o evento de forma apartidária.''Estamos acompanhando as eleições em nossa cidade, é de interesse de todos independentemente de siglas e partidos políticos'', afirmou.

A convenção despertou interesse de populares e de ribamarenses atentos às convenções políticas do município e ocorreu de forma pacífica sem os já redundantes e conhecidos discursos inflamados. Júlio Filho no principal pronunciamento da noite afirmou que a campanha oposicionista será propositiva e em alguns momentos chegou a provocar a gestão do atual prefeito Gil Cutrim em discurso comparativo, instigando assim o debate em torno de áreas como Saúde e Educação. Em seguida foi a vez de Flávio Dino abalizar a candidatura do comunista na cidade balnearia.''Estaremos juntos rumo à vitória'', disse Dino.
quarta-feira, 27 de junho de 2012

 


’Tira meu nome dai que eu não quero conversa contigo seu 'moleque' ’’


Vereador Zé Lima do Partido Republicano Brasileiro-PRB de São José de Ribamar, em resposta ao editor de ANB  Online, quando perguntado se iria concorrer à reeleição. Na tarde de ontem(26) por telefone.   

 










Como é de conhecimento da população de São José de Ribamar e da Imprensa do Maranhão, a saber blogueiros, jornalistas, redatores, radialistas e produtores dos meios de comunicação existentes no Estado, estamos atuando desde 2005 na cidade de São José de Ribamar de forma sistêmica na propagação e difusão de informações pertinentes e necessárias aos cidadãos da cidade balnearia, dos diferentes municípios maranhenses e de estados brasileiros além-fronteiras.



Ontem, 26, como é de praxe(leia-se contatar membros do Poder Público do município diária e semanalmente e/ou quando necessário com a finalidade de produzir  matérias e reportagens) mantivemos contato com alguns vereadores para obter e checar informações a respeito das eleições deste ano, dentro de um procedimento rotineiro realizado por nossa equipe desde quando publicamos a primeira edição da ‘Coluna do Fernando Atallaia’ ainda em 2011 no jornal impresso A Tarde. A pauta: renovação dos mandatos no Legislativo Municipal de São José de Ribamar. Tentamos ligação telefônica com o presidente do Legislativo do município, Senhor Beto das Vilas,  mas não fomos atendidos. Conseguimos contato com os vereadores Lázaro e Negão, que gentilmente se dispuseram a fornecer informações sobre a pauta proposta. Mas no prosseguimento de nossas ligações telefônicas aos edis, algo inusitado ocorreu: fomos surpreendidos- num arroubo inesperado de violência-, pelo vereador Zé Lima do Partido Republicano Brasileiro-PRB de São José de Ribamar, que perguntado se iria concorrer à reeleição, assim respondeu: '' Tira o meu nome dai que eu não quero conversa contigo seu 'moleque' ''.




A frase proferida pelo vereador em tom de ameaça causou espanto e repulsa à equipe de ANB Online que procurou buscar as razões para o acinte. Primeiramente, nos remetemos às postagens já publicadas no site e à enquete ‘Qual o pior vereador de São José de Ribamar’ onde o caríssimo vereador Zé Lima da base aliada do Governo Municipal teve votação expressiva. Seriam as postagens e a enquete as razões de tamanha truculência do vereador? Um esclarecimento se faz necessário: todos os artigos, reportagens, matérias, notas e enquetes postadas neste portal, são em sua grande maioria,  sugestões dos leitores ribamarenses, que através de telefonemas, e-mails e comentários enviados sugerem tais pautas. Portanto, o habitante e morador de São José de Ribamar é quem se mostra decepcionado e insatisfeito com alguns setores da política local.

Sabemos todos que posturas como estas investem contra a democracia, tentando enfraquece-la, e ainda incitam a violência contra os profissionais de Imprensa em todo o mundo. Posturas que deveriam ser combatidas por um membro do Legislativo e não patrocinadas gratuitamente por este. Em todo caso, esperamos que esta infame amostragem de retrocesso social e ditadura acentuada não reflita o pensamento dos demais poderes constituídos em nosso município.

Desta forma, também esperamos que o Governo Municipal na pessoa do senhor prefeito Gil Cutrim não comungue de tal postura de seu vereador aliado e que o PRB, um partido que prega os ideais republicanos refute tal procedimento, assim bem, como a Câmara Municipal e seu presidente, senhor Beto das Vilas, não admita ato indigno e vergonhoso aquela Casa. De outra forma, assim não sendo, a população de São José de Ribamar e a Imprensa deste Estado ficarão perplexas diante da conivência de tais instituições e poderes constituídos com ato de natureza execrável e repudiante.

Que o Partido Republicano Brasileiro-PRB e seus diretórios municipal e estadual tenham o cuidado de analisar quais quadros estão compondo suas fileiras em nossa cidade. De outra forma, estaremos caminhando na direção das velhas e maléficas praticas do autoritarismo, da intolerância e de atitudes e gestos inconcebíveis como este do vereador em questão, gerados na dialética do  extremismo e suas cruéis consequências.

Atos como este devem ser banidos por completo do seio de uma sociedade que queremos civilizada e mais precisamente de nossa querida São José de Ribamar, uma cidade ordeira e afeita a boa convivência. Lutemos para que conduta como esta protagonizada pelo vereador republicano não mude esta paisagem. Do contrário estaremos trilhando a passos largos rumo a uma anti-república a se instalar em nosso município.

Fomos orientados por nossos leitores e por alguns vereadores da Câmara Municipal a prestar queixa por danos morais, mais refletimos em profundo: nenhum dano moral nos causaria mais repúdio que um dano contra a Civilidade e a Democracia, bandeiras que levantamos e alimentamos neste blog. Sendo portando desnecessário levar o acontecido para fórum pessoal, particular, uma vez que a gravidade da questão encerra em si mesma alta teor de abuso e sentido de retaliação contra as práticas democráticas como um todo, onde a Imprensa se insere e está contextualizada de forma soberana.

Somos cônscios de nosso ofício e a população ribamarense- a quem orgulhosamente e de fato prestamos serviços-, sabe que quando um membro do Legislativo se nega a prestar informação agindo de forma indiferente e alheia a visibilidade de suas ações não atinge o veículo de comunicação que o procura, mas sim o povo que o elegeu. A Imprensa é único mediador entre Poder Público e População. É a voz  responsável pela manutenção e fortalecimento das sociedades democráticas em Estado de Direito. Não foi este editor que recebeu a ofensa- a qual nem sentiu-, a população ribamarense sim, esta foi ofertada com a ofensa da obscuridade e o sigilo de seu representante no tocante ao seu interesse, o interesse público. Mas o sigilo que beneficia alguns detentores de cargos públicos não interessa aos moradores de São José de Ribamar, temos esta certeza. A clareza sim, esta interessa. Particularizar um cargo que foi dado pelo povo, não prestando contas a ele, através da mediação midiática não deixará de representar um ultraje aos ribamarenses, que por sinal são sérios, trabalhadores, honestos e jamais 'moleques'.


Sabemos que posturas como estas partem do bojo existencial de indivíduos afetados, invejosos e incompetentes, ao que prontamente respondemos solicitando aqui a prevenção e o acompanhamento deste ato pelas autoridades de fato competentes(Polícias Civil, Militar, Federal e Ministério Público) justamente por não saber ao certo do que indivíduos de natureza duvidosa são capazes de fazer em sinistro com profissionais da Imprensa. Recentemente tivemos um colega de profissão vitimado por posturas antidemocráticas e truculentas, o companheiro Décio Sá. Devemos extinguir e banir tal ato de intolerância sob pena de que se não o fizermos estaremos sendo cúmplices de bárbaries que iniciam-se a partir do desrespeito.

Curioso é saber que o caríssimo vereador é da base aliada de um governo que prega a democracia e a liberdade de expressão no município. Será que este Governo concordaria e  compactuaria  com tal ato de cerceamento, ultraje e violência a profissionais da comunicação que trabalham em São José de Ribamar?

E a Câmara Municipal, onde o vereador tem assento, apoiaria e embasaria este ato reprovável? A legenda republicana, PRB, a qual o vereador integra, abonaria essa conduta  desonhosa com a Imprensa da cidade?

A equipe de ANB Online na pessoa do seu editor repudia o ato do vereador Zé Lima(PRB) em São José de Ribamar e deixa aqui exposto que continuará a lutar por dias melhores no município, atentando para os valores substanciais da Democracia, da Liberdade de Expressão e, sobretudo para as reivindicações do povo ribamarense em suas reais perspectivas, diferentemente do vereador republicano.








Fernando Atallaia
Editor responsável –ANB Online. Ex-colunista e repórter dos jornais impressos A Tarde, Portal do Maranhão, Tribuna do Nordeste, A Tribuna, JP Turismo(Jornal Pequeno) Extra, Tribuna Luminense  e Revista Caminhos do Maranhão. Articulista e colaborador de diversos jornais, sites e blogs na região da Grande São Luís e Estado do Maranhão.







terça-feira, 26 de junho de 2012





Assembleia reage e sai em defesa do deputado Cutrim




Do blog do Luís Cardoso




O presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo, informou agora, às 11h, que determinou à Procuradoria Jurídica da Casa que faça um documento para mostrar a posição do Poder em relação as acusações que estão sendo lançadas contra o deputado Raimundo Cutrim.



“Queremos que a investigação se aprofunde, mas temos a plena convicção da inocência de Vossa excelência”, disse o deputado Arnaldo Melo, após deixar claro que não aceita que um membro do Legislativo seja execrado publicamente como vem sendo feito com Cutrim.

Arnaldo-Melo

Arnaldo Melo: presidente da Assembleia Legislativa 


Manoel Ribeiro, que também já foi presidente da assembleia, lembrou que desde quinta-feira que o colega Arnaldo Melo havia lhe informado sobre as providências que estava tomando em defesa de Cutrim. Ele também foi solidário com o ex-secretário de Segurança Pública.



Tatá Milhomem, que já dirigiu a Casa, saiu também em defesa do colega parlamentar e lembrou que a folha dele como policial mostra sua seriedade.




A reação da Assembleia Legislativa pode gerar uma crise com o Executivo, pois ficou bem claro que o parlamento não aceitará que um membro seu seja atingido ou colocado sob suspeição.




O Palácio dos Leões ainda não se manifestou a respeito, mas a governadora Roseana Sarney deve reunir nas próximas horas com o presidente Arnaldo Melo e as lideranças da base aliada.




A quem interessa o sigilo?




Do blog do Marco D'Éça





Se a polícia conseguisse o seu intento de manter as investigações e os documentos do caso Décio Sá às escondidas, a população maranhense saberia que, dentre os acusados do assassinato do jornalista estaria um deputado estadual?





Se um jornalista não tivesse visto o agiota Gláucio Alencar no Tribunal de Justiça, a população iria saber que há um juiz maranhense envolvido com suas picaretagens?






E se não houvesse jornalistas e blogueiros, o povo do Maranhão saberia o nome deste juiz, e teria condições de revelar outras coisas relacionadas a ele?





Secretário de Segurança Pública Aluísio Mendes



Este blog entende que o segredo de Justiça e o sigilo de determinadas investigações policiais só interessam aos bandidos.



Foi graças aos blogs que se soube a existência de uma quadrilha de agiotas liderada por Gláucio Alencar. Foi graças aos blogs que se soube que, na rede de relacionamentos destes agiotas na Internet, haviam deputados e outras autoridades.



A polícia pode continuar tentando esconder as investigações do caso Décio.
E a imprensa – pelo menos a parte da imprensa não-submetida – vai continuar cavando o que interessa o povo saber.





Por que nenhum sigilo interessa ao povo…
segunda-feira, 25 de junho de 2012

A vida, a obra e a morte de um astro

Há três anos o mundo recebia a notícia da morte do rei do pop, o cantor Michael Jackson, que deixou órfã uma legião...



Do Estadão




Há três anos o mundo recebia a notícia da morte do rei do pop, o cantor Michael Jackson, que deixou órfã uma legião de fãs. Morto em decorrência de uso excessivo de remédios, indicados por seu médico, o artista recebeu sua primeira homenagem nesta segunda-feira (25): inúmeras mensagens carinhosas no Twitter, que teve a hashtag RIP Michael Jackson como uma das mais citadas pelos usuários da rede social.





Caçula de uma família de nove irmãos, seu pai Joe Jackson sempre desejou ver os filhos no mundo do entretenimento. Operário, tentava emplacar algum astro nas horas vagas. Rapidamente percebeu que poderia lançar as crianças na carreira musical. Com apenas cinco anos de idade Michael entrou para o "Jackson Five" ao lado dos irmãos Jackie, Tito, Marlon e Jermaine.


Michael jackson: emblemático, ele fundiu todos os ritmos em um só estilo


O sucesso só veio no final da década de 60 quando o grupo foi contratado pela Motown, gravadora que nos anos 60 se especializou em lançar artistas negros como Diane Ross e Steve Wonder. No começo dos anos 70 o "Jackson Five" lançou diversas músicas que se tornaram bastante populares como "ABC" , "I want you back" e "Ben". Apesar do sucesso, a infância teve momentos traumáticos. O pai controlava os garotos de maneira severa, chegando a ser cruel com ameaças e castigos físicos.




Nessa época, Michael já se destacava dos demais membros da banda, tanto por sua voz quanto pela desenvoltura no palco. Paralelamente ao conjunto, começou a se aventurar em carreira solo. Chegou a participar de algumas gravações e programas, mas só se destacaria em 1979, quando junto com o produtor Quincy Jones lançou "Off the Wall". O primeiro álbum solo vendeu 11 milhões de cópias.


Rei do Pop: solidariedade, inventividade e exigência conceitual eram os seus fortes


Com o sucesso, as transformações começaram. Michael passou pela primeira cirurgia plástica, que lhe afinou o nariz. A mudança pode ser conferida no clipe que revolucionou o gênero, "Thriller". Com um cenário cinematográfico a produção ajudou na divulgação do segundo álbum solo de Michael Jackson, de mesmo nome da faixa. Com composições como "Billie Jean" e "Bet it" o disco vendeu 50 milhões de unidades. O trabalho foi premiado com oito Grammys e ficou 37 semanas no topo dos mais vendidos nos Estados Unidos.



A excentricidade de Jackson começou a vir à tona. A pele do astro ficava cada vez mais branca e seu rosto cada vez mais distante dos traços característicos dos negros. Além disso os problemas na infância começaram a vir à tona do grande público. Michael era considerado uma criança em corpo de adulto Construiu em sua mansão um parque de diversões, zoológico e cinema, além de salas recheadas de brinquedos de todos os tipos. Passou a receber jovens em seu rancho chamado de "Neverland" ("Terra do Nunca", em uma alusão a localidade do clássico inglês "Peter Pan", um garoto que não queria crescer).


Aristocrático: Michael era referenciado e influenciava a todos os setores da sociedade, das classes mais pobres aos governos

Seu terceiro disco, "Bad", de 1987 tirou as atenções de seus hábitos e os levaram para seu trabalho. Além da faixa título o trabalho apresentou outros sucessos como "I Just Can't Stop Loving You", "The Way You Make me Feel" e "Dirty Diana". No mesmo ano estrearia seu primeiro trabalho no cinema, no curta "Captain EO", dirigido por Francis Ford Coppola e concebido para integrar uma atração nos parques da Disney.



Dois anos depois continuaria trabalhando no cinema com "Moonwalker", desta vez um longa que chegou aos cinemas, mas não foi bem recebido pela crítica. Novamente o que chamava a atenção era sua aparência, agora totalmente disforme dos traços originais do garoto que cantava "ABC" ao lado dos irmãos. O cantor afirmou posteriormente que era o vitiligo que lhe causava a brancura. Entretanto, o rosto era deformado por constantes cirurgias plásticas.


Espontaneidade: desde o início da carreira até sua inusitada morte, o Rei do Pop foi  simples e espontâneo


Em resposta aos que criticavam Michael como um "ex-negro" veio "Black and White", primeira faixa do novo álbum "Dangerous" a ganhar um clipe. O álbum foi o primeiro fruto de um contrato multimilionário com a Sony. Os problemas continuaram em 1993, quando foi acusado de abuso sexual contra um menino. No mesmo ano se apresentaria no Brasil.




Em 1994 se casaria com a filha de Elvis, Lisa Marie Presley. A união só duraria dois anos.



Em 1995 lançaria "History", um cd de comemoração com canções de toda sua carreira. Teve três filhos com Deborah Rove, enfermeira da dermatologista do cantor (posteriormente soubesse que os bebês nasceram de inseminação artificial). Seu último álbum foi "Invencible", lançado em 2001 e considerado um fracasso. Seu último projeto em vida seria uma turnê de despedida que nunca foi realizada. Ele faleceu devido a um coquetel de medicamentos dado por seu médico dias antes da estreia.










Com informações de ANB Online.





Agência Comunitária dos Correios será instalada no Parque Jair ainda este ano



Projeto de instalação de agência comunitária dos Correios no Parque Jair beneficiará mais de 17 mil habitantes de São José de Ribamar; de concepção do ativista e pré-candidato a vereador Marco Aurélio , projeto será implantado em parceria com o Executivo Municipal e a empresa de telégrafos


Por Fernando Atallaia

Da Agência Baluarte



O certame realizado pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos e o Executivo Municipal para definir prazos e local de instalação de uma agência comunitária dos Correios no bairro Parque Jair em São José de Ribamar já foi devidamente protocolado na última quinta feira (21) na sede da instituição federal.



O secretário de administração da prefeitura, Rodrigo Valente, representou o Governo na audiência que marcou a definição das etapas que serão trabalhadas para a execução do projeto como um todo. A reunião com o diretor dos Correios Sr. José Lima Brandão foi sugerida pelo empresário Marco Aurélio e seguiu o organograma de implementação da agência, a ser gerido nas próximas semanas.



Em sentido horário: Marco Aurélio(autor do projeto), José Lima Brandão(diretor dos Correios) e Rodrigo Valente, secretário de administração da prefeitura municipal de São José de Ribamar: agência comunitária dos Correios será uma realidade no Parque Jair




De acordo com Marco Aurélio, o projeto já está em operacionalização e em muito pouco tempo a população do município já poderá desfrutar dos serviços de utilidade pública fornecidos pela agência. ’’ A parceria com a prefeitura foi fundamental em todo processo, agradeço a sensibilidade do Governo Municipal na pessoa do prefeito Gil Cutrim, nosso parceiro nessa empreitada e de todo seu secretariado’’, agradeceu Aurélio.

Processo de implantação- O projeto de implantação da agência comunitária dos Correios no Parque Jair assistirá a várias etapas, dentre elas: mapeamento e cadastro dos moradores locais e aumento da caixa postal já existente no bairro. Num segundo momento, a prefeitura municipal juntamente com os Correios promoverá uma campanha de conscientização visando uma maior compreensão dos serviços a serem oferecidos pela agência. Nessa etapa, o Governo Municipal disponibilizará mão de obra e a empresa de telégrafos treinamento de pessoal.




Já durante o andamento das etapas definidas, será posto para aprovação na Câmara Municipal, um projeto de lei que eleve o Parque Jair à condição de distrito no sentido de consolidar por definitivo a agência comunitária dos Correios no município. Outros bairros da cidade como Parque Vitória também serão contemplados com agências locais dentro do projeto maior de criação do Centro de Distribuição (CD) de Correspondências de São José de Ribamar. Uma prova de que o Poder Público e os órgãos de alcance social, unidos aos bons ideais e a projetos de alta envergadura podem contribuir para o bem-estar da população. E a contento!





"Temos de barrar o apetite avassalador do PT em São Paulo", diz senador tucano






Do Uol






Na convenção que marcou o lançamento da candidatura de José Serra (PSDB) à Prefeitura de São Paulo, lideranças tucanas dispararam críticas ao PT e à administração do candidato petista Fernando Haddad (PT) no Ministério da Educação (MEC), em discursos que defenderam o caráter nacional da disputa em São Paulo e que deverão dar o tom da campanha eleitoral.



“Não há dúvida de que essa é uma eleição de repercussão nacional, não pelo sentido estreito de disputa entre partidos, mas porque seu resultado poderá significar muito para a saúde das instituições democráticas. Trata-se de barrar, aqui em São Paulo, o apetite avassalador do PT, que não respeita nenhuma barreira”, afirmou o senador Aloysio Nunes (PSDB-SP), que discursou representando o diretório paulista do partido.




O senador Alvaro Dias (PSDB-PR), que falou em nome da Executiva Nacional do partido, também defendeu a tese do caráter nacional da disputa. “O confronto com o candidato do oficialismo é visível. Não há como não considerar este um pleito nacional, pela presença de uma liderança nacional como José Serra e pelo interesse maior do governo federal na eleição em São Paulo”, disse Dias, que também fez críticas à gestão de Haddad no MEC.



 "É a experiência administrativa fracassada, um Ministério da Educação que deixa um legado dramático. Legado de mentira, de falsificação e de incompetência, de lambanças na gestão da educação", afirmou Dias.



 Nunes também foi enfático ao criticar a escolha do candidato pelo PT. “[O PT] impõe um candidato artificial que passeia por aí como se fosse um urso adestrado levado pela coleira”, afirmou.



 Em seu discurso, Nunes ainda fez menção ao “mensalão” e à suposta atuação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para pressionar o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Medes sobre o julgamento do caso.



“[O PT] não hesita em macular o Congresso Nacional com o mensalão, não titubeia em tentar intimidar os ministros do Supremo, [o PT] se utiliza de uma CPI para perseguir adversários políticos, contrata criminosos aloprados para produzir dossiês difamantes contra oposicionistas e não hesita em ameaçar constantemente a liberdade de imprensa”, afirmou o senador.
domingo, 24 de junho de 2012

 

 

LEIA NA ÍNTEGRA O POEMA ‘PRATELEIRA’ DA OBRA INÉDITA ODE TRISTE PARA AMORES INCABADOS DE AUTORIA DO POETA E JORNALISTA RIBAMARENSE FERNANDO ATALLAIA


 


 

Prateleira


 

 

Para Bjork, Ana Cristina César, Vera Fischer  e Luma de Oliveira.


 

 


Junte duas pitadas de sal de palavras


Una-as em demasia pelos  toldos do pensamento


Escoradas as penas da memória inicie o exercício:


Uma existência nua sob olhos encostados


Insinuação de dúvidas na prateleira e um sussurar entre paredes


Eis aí o mundo a ser tocado   






Do passado tire a prova das ideias


E mexa nas paráfrases dos significados


A pedra renomeie para pão e ao pão dê mais bocas que todos os glutões


Uma língua ensoberbada funda seus becos precipícios


Assim como o amor cava seus instantes em bocas tão opacas


Poeta ribamarense pergunta a Vera Fischer: cabe a mim desvendar os enigmas do desejo?



 

Avizinhe-se das gatas dos novelos e das madrugadas

E abasteça-se de cílios para ver além dos olhos

Uma topada na escuridão faz nascerem vagalumes embriagados

 Cuidado ao atravessar músculos nervos e embriões

Assim como um amor exasperado reclama sua leveza

A queda no amar extingue humanidades inspira palavrões



Do cálculo às raízes do sentir vão com tudo estradas vórtices e fantasmas

Cabe a mim desvendar os enigmas do desejo?

Nenhum pelo irrompe por acaso

Assim como a pele tem seus condomínios e vertigens

Melhor ser imagem na parede que vultos frios a derredor

O fogo lânguido em seus vulcões nunca buscou além de si somente água

E umbigos nascidos relvas tocam mais que vulvas nos quintais da virgindade

Cabe a mim de fato comungar das reentrâncias do desejo?

 

 

2012

 


 


 

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB