quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Notas Rápidas
Por Fernando Atallaia
Da Agência Baluarte
atallaia.baluarte@hotmail.com
De olhos bem abertos
Cresce a expectativa em torno das eleições de 2012. Nos bastidores já se comenta uma possível articulação em torno dos grupos de Oposição, hoje representados por Júlio Filho, Roberto Câmara e Arnaldo Colaço, rumo a uma integração de forças na cidade. Por outro lado, o secretariado do prefeito Gil Cutrim(PMDB), trabalha duro para participar do processo eleitoral: Rodrigo Valente é o presidente pára-quedas do Partido Republicano Progressista-PRP e Eudes Sampaio continua no Partido Trabalhista do Brasil-PT do B manobrando em prol de Cutrim.
PTC de Irmão Domingos se fortalece em Ribamar
O combativo Partido dos Trabalhadores Cristãos-PTC está com a bola cheia no município. Filiou grandes quadros visando às eleições proporcionais de 2012. Por lá agora já se vê nomes como Riba Salgueiro(Tijupá Queimado, Vila Operária e adjacências), Frank Senna( Tijupá Queimado, Vila São Luis, e circunvizinhança),Pastor Paulo(Vila Operária e adjacências)Flávio das Vilas( Vila Cafeteira) e ainda Roberto Câmara. Todos pré-candidatos  nas próximas eleições.
Câmara de Vereadores no debate das eleições
Continua a corroboração na Câmara de Vereadores, em torno da composição para vice na chapa do atual prefeito Gil Cutrim em 2012. O presidente da casa, Beto das Vilas, afirma ser candidato à reeleição, entretanto alguns de seus pares, como é o caso do vereador Negão, da base aliada do prefeito, insistem na idéia da Câmara pôr um nome à disposição do Executivo. Os vereadores Nonato Lima, Arthuzinho e Zé lima são os mais entusiastas da idéia.
Júlio Filho poderá ter vice da Região das Vilas
O pré-candidato a prefeito de Ribamar pelo PC do B e representante do Grupo Júlio Matos já anunciou articulação descentralizada. Júlio Filho poderá ter como vice uma liderança da Região das Vilas, com a qual poderá compor no intuito de dá maior abrangência e adesão à sua candidatura. O nome escolhido, guardado a sete chaves, continua em off mas já foi definido, afirmam coordenadores do político.

 Vereador de Paço do Lumiar pode estar envolvido em morte de empresário


Por Wellington Rabelo
Do Jornal Pequeno
O vereador por Paço do Lumiar, Edson Arouche Júnior, o “Júnior do Mojó”, de 42 anos, pode ter participado da trama que culminou na morte do empresário Margeon Lanyere Ferreira Andrade, 45, na manhã da última sexta-feira (14). Júnior do Mojó foi citado pelo caseiro Roubert Sousa dos Santos, conhecido como “Louro”, 19, em depoimento à Polícia Civil, como uma das pessoas que estaria fazendo ameaças a Margeon Lanyere junto com o corretor Elias Orlando Nunes Filho, 57.
Na noite de ontem, o parlamentar prestou depoimento na Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC). De acordo com o delegado Sebastião Uchoa, Júnior do Mojó negou seu envolvimento na morte do empresário e na falsificação de documentos para a venda do terreno onde Margeon foi morto e enterrado.
Entretanto, como disse Uchoa, o vereador confirmou que conhece o corretor Elias Orlando e que os dois trabalham juntos faz algum tempo, com transações imobiliárias. O delegado disse que Júnior do Mojó já responde por um processo na comarca de Paço do Lumiar por conflitos de terras, o que o deixaria em uma situação bastante delicada. “Nesta quinta-feira, vamos pedir a folha corrida dele à comarca daquele município e daremos sequência às investigações”, afirmou Sebastião Uchoa.
Júnior do Mojó: em depoimento, o vereador negou envolvimento na morte do empresário
Ameaças de bandidos – Em seu depoimento à polícia, o caseiro Roubert dos Santos afirmou que ouviu Margeon dizer que estava sendo ameaçado de morte por um grupo de bandidos, citando como supostos responsáveis Elias Orlando e o vereador Júnior do Mojó. Roubert informou ainda que o corretor foi várias vezes ao terreno lhe ameaçar, ordenando para que o rapaz saísse do local ou então ele iria usar uma carregadeira para destruir o muro do terreno.
O caseiro disse ter sido procurado duas vezes por Elias Orlando, e que este ofereceu dinheiro para Roubert matar o empresário, mas ele não teria aceito. Em uma das ocasiões, o corretor teria ido ao local em uma SW4 prata, com mais três pessoas que não saíram do veículo, tendo dito que o terreno era dele e oferecido R$ 5 mil para Roubert assassinar Margeon.
Ontem, um casal de Imperatriz procurou a SPCC para denunciar que teria sido a quinta vítima a comprar o terreno que pertencia ao empresário assassinado. Segundo o delegado Sebastião Uchoa, o homem e a mulher disseram ter comprado parte das terras do corretor Elias Orlando pelo valor de R$ 53 mil, no dia 27 de julho deste ano. “Essas pessoas não sabiam que o lugar já havia sido vendido. A descoberta aconteceu somente quando Margeon percebeu algo errado devido ao casal ter pagado uma pessoa para limpar o terreno, que era dele. Foi, então, que ele mostrou seus documentos de escritura e registro de imóvel ao casal”, revelou Uchoa.
Diante dessa situação, de acordo com o delegado, foi constatada a falsificação de documentos envolvendo corretores e cartórios. E por esses fatos, Sebastião Uchoa disse que existe a possibilidade de se estar perante uma grande quadrilha de grileiros na Ilha de São Luís.


PACIENTES SOFREM COM FALTA D’ÁGUA EM HOSPITAL
Do Icatunet com informações de ANB Online
O novo Secretário de Saúde, José Raimundo Cantide, assumiu o cargo há alguns dias e logo começou presenciar a calamidade da saúde pública municipal.O hospital recém-reformado, através de um convênio Estadual e executado pelo município de quase MEIO MILHÃO de reais, já vem apresentando o primeiro problema.
Secretário José Raimundo Cantide: mal assumiu a pasta, a água já faltou
Segundo relatos de pacientes e funcionários, o hospital está funcionando sem água há alguns dias. As gestantes estão sendo transferidas para a cidade de Morros, aproximadamente 12 km, para atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Governo do Estado.
Juarez Lima: gestão marcada por corrupçao faz do prefeito um dos piores do País
De acordo com os funcionários, falta água até para lavar material cirúrgico. A pergunta que fazemos é: porque uma reforma de quase MEIO MILHÃO de reais não priorizou uma necessidade tão essencial? Icatu é um dos municípios maranhenses que mais sofre com as conseqüências da corrupção no Estado, ao lado de Paço do Lumiar, que lidera o ranking.

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB