terça-feira, 18 de outubro de 2011

Vereador de Paço do Lumiar é suspeito na participação de assassinato de empresário

Por Udes Cruz
Do  Atos e Fatos
A justiça mandou a polícia soltar o empresário e corretor de imóveis Elias Orlando Nunes Filho, acusado como mandante do assassinato do empresário Margeon Lanyere Ferreira Andrade. Por outro lado, um vereador de Paço do Lumiar e três policiais do Serviço de Inteligência da Polícia Militar do Maranhão, segundo investigações da polícia, estariam envolvidos no assassinato do empresário de 45 anos, ocorrido na manhã da última sexta-feira (14), na Rua Bonanza, Araçagi (São José de Ribamar).
Ele foi executado com um tiro na nuca, pelo caseiro Roubert Sousa dos Santos, a mando de Elias Orlando Nunes Filho. O caseiro prestou depoimento, aceitando ser incluso no Serviço de Proteção a Testemunha e deu o nome de todos os envolvidos. O delegado Sebastião Uchôa, que preside o inquérito afirmou, ontem, que não poderia dar os nomes dos envolvidos, para não atrapalhar as investigações, mas não negou quando foi indagado sobre o vereador e os PM’s.
Delegado Sebastião Uchôa: nome de vereador não revelado para não atrapalhar investigações
Um experiente corretor de imóveis informou, ontem, ao jornal  ATOS E FATOS, que qualquer pessoa que pretenda fazer negócios com terrenos na área do Araçagi, deve ter muita cautela e investigar bastante a procedência do imóvel, já que ali existem muitas falcatruas, como é o caso de terrenos vendidos para mais de uma pessoa, o que ocorreu no caso do assassinato de Margeon Andrade.
Embora o delegado não tenha revelado, o ATOS E FATOS apurou que o vereador que estaria envolvido no assassinato atua no município de Paço do Lumiar e teria ligações com o bairro Mojó, localizado naquele município da Grande Ilha de São Luis. Soube-se, também, que o vereador de Paço do Lumiar seria sócio do mandante Elias Nunes. Quanto ao suposto envolvimento de policiais militares, não foi possível apurar os nomes do acusados.








Série Debates: Zé Lima
O vereador Zé Lima vem passando por maus bocados desde a perda da presidência do Partido Socialista Brasileiro-PSB em Ribamar para o jovem ativista social Gledson Pinheiro. Nas últimas semanas, Lima sofreu as conseqüências do desgaste junto ao município e as críticas feitas a ele em relação a sua conduta ‘oposicionista’ vem se acentuando, de forma a deixar claro que o ex-líder da oposição na Câmara, segundo ribamarenses, não realizava o que grande parte da população esperava ser feito: o direito à imparcialidade e ao contraditório a partir de denúncias, questionamentos e cobranças direcionados ao Poder Executivo local. O hiato gerado pela ausência de oposição partidária na cidade, ao que tudo indica, catapultou a saída do vereador da sigla socialista. Uma decisão do diretório estadual. Nessa breve entrevista, ANB Online procurou elucidar à opinião pública as razões dos impasses e imbróglios que norteiam a questão. A entrevista será publicada sem as respostas do vereador, uma vez que Lima não respondeu às perguntas propostas pela equipe de jornalismo de ANB Online. Fica aqui em aberto o espaço para as possíveis respostas. Vamos à entrevista.

Por Fernando Atallaia
Da Agência Baluarte

ANB Online - A população espera que parlamentares de oposição direcionem suas inquietações e cobranças também para o plano externo. O senhor tem sido cobrado em relação a esse governo, a levar suas denuncias às ruas?
Prefeitura realiza Conferências do Idoso e da Segurança Alimentar
Na surdina: vereador Zé Lima, o segundo à esquerda, ladeado por Ribamar Dourado, Frédson Fróz e Nonato Lima, políticos da base aliada do Governo; ele agora estar em casa  

ANB Online- São José de Ribamar tem uma administração que corrobora dos anseios populares e a eles presta contas?

ANB Online- Quais foram as razões e motivações que culminaram com a sua saída da presidência do PSB em São José de Ribamar?



Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores