segunda-feira, 14 de março de 2011
Associação de Moradores do Tijupá Queimado realiza levantamento


Por Fernando Atallaia
Da Agência Baluarte
atallaia.baluarte@hotmail.com

         A associação comunitária de moradores do Tijupá Queimado-ACMTQ deu início na última sexta feira(11) ao levantamento de assinaturas dos moradores das ruas  que  ainda não foram asfaltadas naquela comunidade.Em um número total de sete, as ruas em questão sofrem com a queda de água nos períodos chuvosos e com alagamento parado nos perímetros afetados, além de constantes vazamentos na estrutura hidráulica das encanações.
         De acordo com Ribamar Salgueiro, presidente da associação comunitária, o levantamento se apóia no projeto do ex-prefeito de São José de Ribamar e atual Chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Luis Fernando Silva, que por ocasião do anúncio das obras, afirmou que o bairro será asfaltado por completo em duas fases, sendo que a segunda e última fase deveria iniciar-se este mês(março de 2011),o que ainda não veio a acontecer.”Estamos levantando o montante real de assinaturas dos moradores das ruas que estão sendo prejudicados, ao todo em torno de 2.298 mil habitantes, que pagam impostos para o município de Ribamar e merecem por direito verem suas ruas calçadas adequadamente”, explicou.
         A associação pretende, segundo Ivan Morais da ACMTQ, participar do planejamento e indicação das ruas restantes e acompanhamento da feitura das mesmas, o que de acordo com ele, não aconteceu na primeira fase.”Os trabalhos se iniciaram de forma desordenada aqui no Tijupá, as ruas selecionadas na primeira fase não contemplaram a ordem prioritária crescente, que diz que a primeira rua a ser asfaltada seria a Rua Principal, logo após viria a Rua Nova 1, de fundos a Nossa Senhora das Graças, que na verdade ainda continua incompleta, e por conseguinte as demais, o fato é que não podemos mais pagar caro pelas consequências de um trabalho sem qualidade e pela  demora na execução dos serviços, estamos buscando os nossos direitos junto ao poder público municipal”, finalizou.


 Zeca Barbosa lança álbum de inéditas
 
    Em Essência, segundo disco do compositor, Zeca Barbosa prima por arranjos contidos e letras mais elaboradas;o resultado é um álbum leve e surpreendente, recheado de intenções musicais firmes e  despojadas.

Por Fernando Atallaia
Da Agência Baluarte

     O cantor e compositor Zeca Barbosa, um dos filhos da musicalidade maranhense da geração de 80, passou mais de uma década para encontrar os parceiros de canção que mais se adequassem a sua proposta sonora:o letrista é tão suave quanto o intérprete.
         Só agora passados alguns incansáveis anos, Barbosa pôde lançar um disco que valorizasse a sutileza e a nuances criativas do seu rico caldeirão musical,  gerido na pesquisa e no experimentalismo, frutos de sua inquietação como músico.
        Gravado no N.S. Digital Studio, sob a direção de Renato Dionísio e produção musical de Nonato Silva, Essência traz um Zeca mais antenado com as tendências atuais de uma musicalidade que se quer universal.As letras, a grande maioria em parceria com Dionísio, retratam o social de forma direta, mas não menos metafórica.
        Na perspectiva rítmica, o álbum pode ser apreciado pelos gêneros e estilos musicais  explorados pelo cantor, além dos arranjos que se impôem pela originalidade e busca de uma dicção própria e intransponível.Canções como “Papagaios Faladores”, explicitam essa busca.
       Barbosa, que é regionalista por vocação, optou pela diversidade como bandeira, entregando  ao público um mosaico sonoro repleto de baladas, reggaes, xotes e solos de guitarra.Também é perceptível ataques de  sopros em tons maiores,  dialogando com harmonias embaladas pelo timbre maduro do compositor.Uma prova de que o Maranhão enquanto música não se restringe somente a datas festivas como  Carnaval e São João.


Vereador Negão pede melhorias para São José de Ribamar


Por Fernando Atallaia
Da Agência Baluarte
        
    As dezenas de indicações postas em plenário por Neilson Ferreira Coêlho, mais conhecido em São José de Ribamar como Negão, revelam a preocupação do legislador com os problemas sociais ainda existentes na cidade balneária.
          Nas sessões realizadas semanalmente na câmara de vereadores, Negão têm tido um papel relevante quando o assunto é cobrar do executivo maior participação e presença junto às comunidades carentes do município.
         Em dados concretos, para se ter uma ideia, somente em 2009 o vereador foi autor de 42 indicações referentes a obras voltadas para as áreas do esporte, infraestrutura, saúde e educação.
        Já em 2010 Negão direcionou sua atuação para o campo das reformas de prédios públicos e pavimentação de ruas e logradouros, alcançando a marca de   31 requerimentos oficiais que reivindicam melhorias para a cidade.
        Embora enfrentando problemas de saúde recorrentes, o vereador  têm se destacado entre seus pares e  lideranças comunitárias do município, que veem no legislador  um exemplo de superação visível, haja vista a constância do parlamentar no plenário da casa, mesmo sob as adversidades físicas que o acometem.”Doente ou não, faço questão de está presente às sessões, vereador existe é para trabalhar’’, afirma.

IPVA 2017

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB